Arquivo ‘NOTÍCIAS DO BLOG’

segunda-feira, 17 abril, 2017 – 12:47 pm

SURGE UMA NOVA CLASSE SOCIAL NO BRASIL, OS BATALHADORES LIBERAIS.

credito-profissional-liberal

A Fundação Perseu Abramo, ligada ao Partido dos Trabalhadores, fez uma ampla pesquisa na periferia de São Paulo a fim de descobrir os motivos que fizeram os pobres a não votarem mais na sigla.

As respostas revelaram que surgiu uma nova classe no Brasil, a de batalhadores liberais, pessoas que querem emergir na vida pelo esforço próprio, pelo empreendedorismo, pelo trabalho. Elas mostram que estão enojadas da política e dos políticos, que querem dissociar o máximo possível suas vidas do Estado. Querem trabalhar para colocar os filhos em escolas particulares e conseguir pagar um plano de saúde para a família. Cansaram de esperar que o Estado se endireitasse, nos dois sentidos da palavra.

Os batalhadores liberais só querem do Estado que este reduza a quantidade de tributos e que desburocratize o mercado, a fim de facilitar a abertura de novos negócios.

A pesquisa focou na figura caricata do “pobre de direita”, e descobriu, ao contrário do que se propaga, que pobre pode sim ter ideias de direita, como o liberalismo, o sucesso pelo esforço próprio, a mínima dependência do Estado. O mundo está cheio de exemplos de pobres que ascenderam na vida em razão de seu esforço. Temos um aqui bem pertinho, o empresário Sebastião Couto, o Tião da Prest.

O fato de ter nascido pobre não obriga a pessoa a ser para sempre um dependente estatal. A pesquisa apontou que o sonho do pobre não é mais “passar num concurso público”, mas sim obter sucesso no setor privado.

Esta visão é reflexo do total descrédito da população com os representantes estatais, sobretudo os governantes, quase todos envolvidos em maracutaias. O povo quer viver à margem do Estado e dos políticos.

Amanhã, representantes da Fundação Perseu Abramo, da Fundação Fernando Henrique Cardoso e da Fundação Teotônio Vilella, todas mais alinhadas à Esquerda, irão debater o resultado da pesquisa, a fim de procurar um norte para o ressurgimento da Esquerda no país.

Quem quiser se aprofundar mais nesta questão sugiro a edição da semana passada da revista Época, que trouxe extensa matéria analisando os dados da pesquisa, além de uma entrevista com o professor Mangabeira Unger dentro deste tema.

sexta-feira, 14 abril, 2017 – 08:21 am

PREFEITA NOMEIA MAIS 16 CARGOS COMISSIONADOS

cargos-comissionados

O Jornal Oficial do Município (JOM), edições 401, 402 e 403, trouxe as nomeações de mais 16 cargos comissionados para a prefeitura municipal de Mossoró. A maioria para a Secretaria Municipal de Infraestrutura, Meio Ambiente, Urbanismo e Serviços Urbanos. Vejam a lista:

JOM – 401 – 31/03

 408 – João Batista Chaves, Previ-Mossoró; e

409 – Clauderlândia Brazão Viana, comunicação social.

JOM – 402 – 07/04

410 – Luiz Eduardo Lima Moura Falcão, secretário de cultura.

JOM – 403 – 12/04

407 – José Alcântara da Silva, educação e cultura;

408 – Letícia de Moura Felix, desenvolvimento social;

409 – Pablo Arnon de Oliveira, infraestrutura e meio ambiente;

410 – Antonio Roberto Nogueira da Rocha, infraestrutura e meio ambiente;

411 – Ronaldo Clélio de Melo Freire, fazenda;

412 – Arthur Guilherme Silva Ferreira de Souza, fazenda;

413 – Maria Consuelo de Souza Batista, educação e cultura;

414 – Diogo Pereira de Aquino, administração e finanças;

415 – Wellington Costa de Oliveira, infraestrutura e meio ambiente;

416 – Franklin Robson da Costa, infraestrutura e meio ambiente;

417 – Francisco Benedito da Silva, infraestrutura e meio ambiente;

418 – Isis Karinne Fonseca Dantas, procuradoria; e

419 – Ananias Felix da Silva Júnior, desenvolvimento econômico.

OBS. Foram subtraídos três números da lista, isso em virtude de exonerações publicadas na edição 403.

Até hoje, dia 14 de abril, foram nomeados 419 (quatrocentos e dezenove) cargos comissionados do segundo e terceiro escalões.

Somados os 19 secretários, o número de cargos comissionados chega a 438 (quatrocentos e trinta e oito).

quarta-feira, 12 abril, 2017 – 07:14 am

ROSALBA E ROBINSON, ENFIM UNIDOS, POR EDSON FACHIN.

fabio-feirinha-2

As investigações foram motivadas por delações de executivos e ex-executivos da Odebrecht, os quais descreveram vários casos de crimes como corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. Todos envolvendo políticos.

Diante das delações, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, abriu 83 inquéritos, contra 108 políticos. O conteúdo de todos foi enviado ao ministro Edson Fachin, que autorizou a abertura de inquéritos no âmbito do STF.

O inquérito nº. 4.452 PGR tem como alvos o governador Robinson Faria (PSD), o deputado federal Fábio Faria (PSD) e a prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP). Neste inquérito, os delatores foram Alexandre José Lopes Barradas, Fernando Luiz Ayres da Cunha Reis, Benedicto Barbosa da Silva Júnior, Ariel Parente e João Antônio Pacífico Ferreira. Foram eles que entregaram as falcatruas do trio acima.

Segundo os relatos, a Odebrecht Ambiental pagou R$ 800 mil ao trio a título de contribuições eleitorais. Em troca, “venceria a licitação” para conduzir as obras de saneamento básico no âmbito do Rio Grande do Norte. Por atuar como concessionária de serviço público, a Odebrecht Ambiental não poderia fazer contribuições eleitorais de forma legalizada. Os R$ 800 mil foram divididos da seguinte forma: Rosalba (R$ 350 mil), Robinson Faria (R$ 350 mil) e Fábio Faria (R$ 100 mil).

Esta é a acusação, que agora será investigada pelo STF. Os crimes apontados são corrupção ativa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

No departamento de propina da Odebrecht, Fábio Faria tinha os apelidos de “Bonitão” e “Garanhão”, Robinson Faria era o “Bonitinho” e a ex-governadora Rosalba Ciarlini era chamada de “Carrossel”.

O inquérito não fala em data, mas pelo teor sugere que as tratativas se deram nas eleições de 2010, pois diz que Robinson Faria era vice na chapa encabeçada por Rosalba Ciarlini.

Única prefeita citada na lista, Rosalba Ciarlini tratou logo de enviar nota a alguns órgãos de imprensa negando participação no esquema. Fez o que todos os políticos fazem. Até agora não vi nenhum deles confessando os crimes que cometeram.

PITACO DO TIO – De certo, não podemos condenar a prefeita de prima. As investigações vão começar agora, mas o fato de ter o nome citado já é um grande indício de cometimento de crime, isso é inegável.

Rosalba Ciarlini dividirá agora o tempo entre a administração do município e a tentativa de se defender das acusações que lhe são imputadas. É mais um político que dormirá receoso de a campainha tocar às 5h da manhã.

Algumas ações perpetradas pela prefeita também sugerem que ela tem receio do que lhe possa acontecer, uma dessas ações foi a escolha de uma vice-prefeita sem histórico político, alguém que, assumindo a titularidade da prefeitura, deverá atuar sob orientação do ex-deputado Carlos Augusto, esposo da prefeita.

quarta-feira, 5 abril, 2017 – 14:28 pm

SANDRA PEDE ELUCIDAÇÃO DE CRIMES CONTRA MULHERES

Vereadora Sandra na sessão da Câmara - 28.03.17

Em discurso na tribuna da Câmara Municipal, nesta quarta-feira, a vereadora Sandra Rosado (PSB) cobrou elucidação de crimes contra a mulher em Mossoró. Ela considerou inadmissível que recentes assassinatos de mulheres na cidade continuem impunes e pediu providências imediatas.

“Lamentavelmente, assistimos uma violência desregrada em Mossoró também contra mulheres, homicídios de mulheres jovens, que carecem de divulgação de providências das autoridades da Polícia, do Ministério Público e da Justiça. Assassinos e mandantes não podem ficar sem punição”, advertiu.

Castigo, segundo Sandra, é fundamental para coibir violência contra a mulher, e exemplificou casos recentes de repercussão nacional, embora em menor escala de agressão, envolvendo o ator José Mayer e o cantor Victor (da dupla com Leo), que sofreram admoestações oficiais e pressões da opinião pública.

Punição exemplar – “Quando se aponta o responsável e ele é punido, inibe-se que outros pratiquem violência. Mas, em Mossoró, pouco se apura, os crimes não são esclarecidos. Precisamos defender a vida das mulheres. E se homens e mulheres se unirem nessa luta, a criminalidade diminuirá”, comentou.

A vereadora reafirmou que faz a sua parte na Câmara Municipal, lembrando que a mulher sempre foi bandeira da sua atuação parlamentar. Mas, é preciso mais: “Peço que todos nesta Casa exijam que os crimes contra a mulher sejam descobertos do manto da impunidade”, conclamou.

quarta-feira, 5 abril, 2017 – 04:06 am

PACIENTES SOFREM COM FALTA DE INSULINA

3-tipos-de-insulina

Ontem, dezenas de dependentes de insulina foram à sede do Executivo e depois à sede do Legislativo para cobrar providências das autoridades acerca da falta de insulina no sistema público de saúde.

Deixar diabéticos sem insulina é um crime. É condená-los a uma morte lenta e dolorosa. Nossos representantes não possuem sentimentos?

Enquanto isso, o Pingo da Mei Dia 2017 já tem data certa, com folders nas redes sociais e tudo. Muitas curtidas, muitos comentários, compartilhamentos.

Deixando de lado a turma dos trejeitos, voltando aos dependentes de insulina, o Jornal do TCM entrevistou uma paciente que se mostrou totalmente desesperada com a situação. Sem conter as lágrimas, cobrava das autoridades uma solução. Lamentava a inércia da classe política.

O secretário municipal de Saúde, Benjamin Bento, disse que o processo licitatório está em andamento. A previsão é que a situação seja normalizada em 60 (Sessenta) dias.

Situações como está não devem existir na administração pública. O tratamento não pode esperar trâmites burocráticos. A diabetes não espera. A compra deve ser feita de modo a não ter interrupção do fornecimento. Estamos lidando com vidas, com pessoas que têm pais, filhos, amigos…

sábado, 1 abril, 2017 – 11:50 am

MADRUGADA DE SÁBADO SANGRENTA EM JAGUARUANA.

banco1-620

Mossoró acordou com a notícia de um conflito entre bandidos e polícia havido na cidade de Jaguaruana, Ceará. O episódio faz lembrar a invasão de Lampião a Mossoró, em 1927.

Conforme os relatos, os bandidos, em torno de 20, planejavam fazer um “rapa” na cidade, levando dinheiro dos bancos, Correios e de onde mais pudessem.

Para azar deles, e sorte das pessoas de bem e ordeiras, a polícia já estava ligada no que aconteceria, e se preparou, tal e qual os resistentes de Mossoró. Ficaram à espreita dos meliantes.

A bala comeu no Centro…

Dos 20 bandidos, 04 foram presos e 06 foram mortos, consoante matéria do Diário do Nordeste. Do lado da polícia não houve baixa.

Entre os mortos está o mossoroense Ediondas Duarte. Há possibilidade de haver outro mossoroense na lista de mortos, mas ainda não há confirmação formal.

Suspeita-se que o grupo vinha atuando na região, inclusive no Rio Grande do Norte. Dessa vez se deram mal.

Numa passagem da série Designated Survivor, uma policial diz: “Os bandidos precisam ter sorte sempre, a polícia só precisa ter sorte uma vez”. Pois é.

terça-feira, 28 março, 2017 – 06:48 am

DEPOIMENTO DE MARCELO ODEBRECHT PODERÁ DESTRONAR MICHEL TEMER

Na semana passada, o empresário Marcelo Odebrecht prestou depoimento ao TSE (tribunal Superior Eleitoral) dentro de uma ação que visa cassar a chapa presidencial Dilma/Temer. Caso a chapa seja cassada, Temer terá que deixar o cargo, o qual será ocupado por um nome indicado pelo Congresso Nacional, em eleição indireta.

No depoimento, ele disse que 80% dos recursos da Odebrecht para a campanha de Dilma/Temer foram provenientes de “caixa dois”, ou seja, recursos não declarados à Justiça Eleitoral. Fala-se num montante de R$ 50 milhões.

O depoimento, se corroborado com outras provas, tem potencial para expurgar o marido de Marcela da cadeira presidencial. Curiosamente, contudo, a grande imprensa não focou esta questão. Já li as matérias da Veja, IstoÉ e Época sobre o depoimento. Em todas o foco é o mesmo: Dilma e Lula sabiam de tudo. Não fazem nem menção ao que pode acontecer com Temer.

Claro que a parte em que o empresário disse que Dilma e Lula eram cientes de tudo merece destaque, vez que a dupla sempre negou participação direta em irregularidades. O problema é omitir as consequências que o depoimento poderá trazer para Michel Temer.

segunda-feira, 27 março, 2017 – 10:15 am

JÁ SÃO MAIS DE 400 CARGOS COMISSIONADOS.

cargos-comissionados

O Jornal Oficial do Município (JOM) traz na edição 400, datada de 24 de março, a nomeação de mais 32 cargos comissionados para a prefeitura municipal de Mossoró. A maioria para os cargos de diretor de UBS, dentro da Secretaria Municipal de Saúde.

Vejam a lista:

376 – Francisco das Chagas Gomes, saúde;

377 – Erinaldo Olegário da Silva, saúde;

378 – Maria da Conceição Fernandes de Negreiros, saúde;

379 – Rita Alves da Silva, saúde;

380 – Maria do Socorro Cunha, saúde;

381 – Rita Vanessa Cristiane Silva Menezes, saúde;

382 – Keilha Romeika Pereira Silva, saúde;

383 – Tagiane Cortez de Lima – saúde;

384 – Sabrina Beatriz Sinézio Praxedes, saúde;

385 – Amanda Rayanny de Oliveira Cardoso, saúde;

386 – Judilene Dantas Alves, saúde;

387 – Francileide Rosa da Silva Cosme, saúde;

388 – Emanuel Sobrinho dos Santos, saúde;

389 – Evandro Medeiros da Costa Segundo, educação e cultura;

390 – Fábio Walkei do Monte Rebouças, administração e finanças;

391 – Magnos Kelly Domingos Alves, comunicação social;

392 – Mariana Iasmim Bezerra Soares, procuradoria;

393 – Celliana Silvério Rodrigues Tavares, educação e cultura;

394 – Edimaura Vieira de Santana, educação e cultura;

395 – Verlaine Lidiane Morais Holanda, saúde;

396 – Ana Karla da Silva Araújo, saúde;

397 – Sonally Cristina de Macedo Medeiros, agricultura;

398 – Aldenildo Cortez Leite, agricultura;

399 – José Maria Freire de Medeiros, agricultura;

400 – Genival Gomes da Silva, agricultura;

401 – Ana Laura Couto da Escóssia, gabinete da prefeita;

402 – Eneas Negreiros Pimenta, infraestrutura e meio ambiente;

403 – Grecy Brasil Leite Vale de Moraes, saúde;

404 – José Leonardo Pereia, gabinete da prefeita;

405 – Rosineide Rodrigues de Souza, saúde;

406 – Kátia Inocência de Souza, infraestrutura e meio ambiente; e

407 – Andrea Queiroz de Oliveira, saúde.

Até hoje, dia 27 de março, foram nomeados 407 (quatrocentos e sete) cargos comissionados do segundo e terceiro escalões.

Somados os 18 secretários, o número de cargos comissionados chega a 425 (quatrocentos e vinte e cinco).

sábado, 25 março, 2017 – 17:53 pm

JOM 399-A TRAZ MAIS 11 NOMEAÇÕES DE CARGOS COMISSIONADOS

cargos-comissionados

O Jornal Oficial do Município (JOM) traz na edição 399-A, datada de 22 de março, as nomeações de mais 11 cargos comissionados para a prefeitura municipal de Mossoró. A maioria para a Secretaria Municipal da Fazenda. Vejam a lista:

365 – Maria Tereza de Paiva Rego Alves Pereira, fazenda;

366 – Ademir Ferreira de Souza Junior, Fazenda;

367 – Maria Consuelo de Souza Batista, fazenda;

368 – Paulo Breno Gadelha Mascarenhas de Souza, agricultura;

369 – Jandira Alves Rodrigues, saúde;

370 – Francisca Waléria Barbosa Batista, saúde;

371 – Ângela Maria de Freitas Gadelha, fazenda;

372 – Marta Maria Alves Bezerra, educação e cultura;

373 – Renata Danielle Dantas Freitas, educação e cultura;

374 – Evandilma Alves de Andrade, educação e cultura; e

375 – Maria Vera Lúcia Fernandes Lopes, educação e cultura.

OBS. Foram subtraídos três números da lista, isso em virtude de exonerações publicadas na edição em tela.

Até hoje, dia 25 de março, foram nomeados 375 (trezentos e setenta e cinco) cargos comissionados do segundo e terceiro escalões.

Somados os 18 secretários, o número de cargos comissionados chega a 393 (trezentos e noventa e três).

quinta-feira, 23 março, 2017 – 14:09 pm

LEITOR APONTA FALTA DE QUALIDADE DO SERVIÇO DE TAPA-BURACOS EM MOSSORÓ

asf-660x330

Um profissional que conhece o ramo de asfalto procurou o blog para relatar sua preocupação com o material e a forma usados no serviço de tapa-buracos em Mossoró.

Ele começa com uma frase alarmante: “A empresa está fazendo um dos serviços mais sebosos que já vi”. Depois explica os porquês:

O material usado é um PMF (pré-misturado a frio). Tal material exige compactação após a colocação para obter agregação necessária. Ou seja, teria que passar um rolo logo após a colocação do produto.

O material é visivelmente “afarofado”, não sendo necessário nem mesmo teste laboratorial para saber que a densidade da massa não chega nem próximo do que foi contratado pela prefeitura.

O método executivo consiste em cortar o buraco de forma retangular, aprofundar, recompor a base através de compactação de material de primeira qualidade, posteriormente fazer a capa com PMF e por fim passar o rolo. Não é o que está sendo feito.

Ainda segundo o leitor, o trabalho que vem sendo realizado facilmente será desfeito com as próximas chuvas. É dinheiro jogado fora.

Por fim, o leitor acrescenta que a CAERN, em Natal-RN, fez um serviço próximo a UFRN semelhante ao que vem sendo feito em Mossoró. Lá, contudo, o mau serviço gerou protestos. Assim, ele conclui lamentando a passividade do mossoroense, que vê o dinheiro público sendo usado de forma errada e nada faz. Ao contrário, ainda há quem aplauda.

PITACO DO TIO – Nobre leitor, deixe-me eu aumentar sua indignação: o dinheiro usado no serviço de tapa-buracos foi remanejado de outras áreas. Está sendo usado no serviço dinheiro que estava reservado para a construção de um cemitério no Alto de São Manoel, uma ponte na Passagem de Pedras, entre outras obras.

OBS. Foto extraída do portal O Mossoroense.