RELÍQUIA ENCONTRADA EM GOV. DIX-SEPT ROSADO

8
145

DSC02291

No início deste mês, um pedreiro que fazia uma escavação no quintal do fórum da cidade de Governador Dix-sept Rosado, para a colocação da base de uma torre de ferro, deparou-se com um objeto a aproximadamente um metro de profundidade.

DSC02350

Tratava-se de uma garrafa de vidro, de formato retangular e de cor esverdeada, e que continha, na frente, as inscrições “João da Silva Silveira – Chim Pharm – Pelotas”, numa lateral estava grafado “Rio Grande do Sul” e na outra “Brazil”. Atrás apenas as iniciais “SM”.

A “relíquia” virou logo atração no fórum. Todos queriam tocar naquele frasco. Começaram então as suposições. Quanto a mim, notei que os dedos ficavam com cristais de vidro quando pegávamos no frasco, como se este tivesse se desmanchando. Havia ainda profusão de cores quando o colocávamos em contraluz.

O passo seguinte foi tentar descobrir algo sobre o vidro na internet.

Descobri então que o frasco continha o “Elixir de Nogueira, Salsa, Caroba e Guáiaco”, um preparado alcoólico adocicado e aromatizado contendo pequenas quantidades de substâncias medicinais, produzido pelo farmacêutico João da Silva Silveira. Era vendido no final do século XIX como “depurativo de sangue”, mas era empregado no tratamento de sífilis.

O xarope também era usado em rituais religiosos.

Consta ainda que no dia 06 de julho de 1921, o navio Rio Macahuan – que carregava muitos vidros do xarope – naufragou nas proximidades da Ponta do Cairussú, Rio de Janeiro. O navio havia deixado a Guanabara no dia anterior, com destino ao Rio Grande do Sul.

Resta aos historiadores lançarem teorias sobre a origem desta unidade em Governador Dix-sept Rosado.

OBS-1. O farmacêutico João da Silva Silveira aparece em alguns artigos como filho bastardo do filósofo alemão Friedrich Nietzsche, mas a informação carece de elementos de veracidade.

OBS-2. No site de compras Mercado Livre a garrafa citada é vendida a R$ 55,00.

8 Comentários

  1. Encontrei aqui em Cachoeira do Sul, RS no fundo do pátio, uma garrafa de vidro
    branca com 19 cm, 5 de largura quadrada, contendo dados gravado nu dos lados
    do vidro.
    VINHO CREOSOTADO
    JOÃO DA SILVA SILVEIRA
    PELOTAS
    RIO GRANDE DO SUL
    A fabricação da garrafa parece se tipo artesanal, e muito antiga
    pode ser uma das primeiras fabricadas.

  2. Ola encontrei um exemplar dessa garrafa do elixir joao da silva silveira numa escavaçao no parque da redenção em porto alegre. existem muitos exemplares por ai?

  3. Encontrei uma dessa em ótimo estado no fundo do Rio, ela estava encravada na fresta de uma Rocha a uns três metros de fundura.

  4. Bom dia! Tenho uma réplica dessa garrafa, em vidro branco transparente e com idênticos dizeres, exceto o “SM”, substituído pela “marca do fabricante” CISPER e com tampa de alumínio onde foi gravada a marca pH6 cosméticos. Sabe algo sobre isso, por favor? Fiquei curiosa pelo formato, e o material me parece meio artesanal, pois tem algumas marcas um pouco grosseiras, como se de falhas na forma. Não pretendo me desfazer dela, só que apesar de horas de pesquisas não consegui descobrir nada sobre sua origem, e acabei achando esse fato interessante.
    Grata por sua atenção!
    Hilarina

  5. Achei essa garrafa aqui no pátio de casa enterrada a cerca de uns 4 anos, esta sem nenhum detalhe, fiquei interessada, possui quase todas as informações, exceto o SM atrás, gostaria de saber mais informações sobre a mesma.

  6. Comprei uma garrafa identica a citada , em Jureia , distrito de Minte Belo MG,>Me disseram que foi encontrada dentro de um rio , naquela localidade .

  7. Encontrei uma igual em 20/07/2016.uma floresta aqui em porto velho Rondônia, numa floresta aqui.e tem várias quebradas.#relíquia

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome