NATAL 2014: APENAS O PRIMEIRO PASSO

2
66

 

  festanatal

 

A escolha de Natal (RN) como uma das cidades-sede da Copa do Mundo de 2014 é apenas o primeiro passo para que os jogos, de fato, se realizem na cidade.

 

Os administradores terão cinco anos para deixarem impecáveis os setores de transportes, rodovias, aeroportos, estádios, energia, comunicação e rede hoteleira.

 

Estudo inicial da FGV mostra que o país precisará investir R$ 36 bilhões em obras de infraestrutura, valor a ser rateado entre os governos municipais, estaduais, federal e a iniciativa privada. O governo federal, por exemplo, já avisou que investirá R$ 6,2 bilhões para recuperar aeroportos. Anunciou também que nos próximos dias lançará o PAC da Copa.

 

Em relação à Natal, os problemas mais visíveis são as rodovias e a comunicação. A BR 304, que une duas cidades-sede, Natal e Fortaleza, deverá ser duplicada e de ótima qualidade. Quanto a internet (comunicação) a velocidade máxima de conexão deverá ser melhorada, e muito, para poder se adaptar aos países de primeiro mundo, além do mais, deve-se disponibilizar conexões gratuitas.  

 

 

2 Comentários

  1. Erasmo, eu não sei qual foi o critério que se usou para escolher Natal e não Mossoró sede da Copa 2014! Em todo o caso, batamos palmas para Natal. Quanto à velocidade de conexão, por experiência própria creio que a nossa é maior e de melhor qualidade do que a americana, embora ainda falte muito para alcançar o nível de satisfatório.

  2. Rosalba poderia ter aproveitado o palanque e repetido o que ela já disse aqui em Mossoró: QUE VILMA ERA A GOVERNADORA QUE MAIS TINHA FEITO POR MOSSORÓ. Em oito meses tinha feito mais do que Garibaldi em oito anos. rsrsrsrsrs

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome