Terça-feira , 20 de Janeiro de 2009

0
66

“É preciso, desde a infância

Ir preparando o futuro;

Para chegar à abundância,

É preciso trabalhar.

Não nasce a planta perfeita,

Não nasce o fruto maduro,’

E para ter a colheita

É preciso semear.” (Olavo Bilac)

01 – SOBRAM VAGAS PARA JUÍZES – Alguém ai quer ganhar R$ 20 mil/mês, ser respeitado, ter status e poder? Por incrível que pareça sobram vagas para este tipo de profissional, sobretudo pela incapacidade dos pleiteantes de passarem nos concursos públicos. No último concurso para juiz de Direito do Tribunal de Justiça de São Paulo, por exemplo, foram oferecidas 183 vagas, mas apenas 76 candidatos foram aprovados, de um total de 5.459 inscritos. Para o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro a situação foi ainda pior. Dos 2.019 candidatos, apenas três foram aprovados, deixando 47 vagas ociosas. O quadro deveria ser diferente, vez que de uns anos para cá o número de cursos jurídicos no país tem aumentado consideravelmente. Tal situação põe em xeque a qualidade desses cursos.

02 – A CIDADE-NOTÍCIA – Ao menos um potiguar estava no Templo Renascer, em São Paulo, quando do desabamento que matou nove pessoas. Adivinha de onde ele é? De lá mesmo: Luís Gomes, a cidade que tem mania de ser notícia. Camilo Figueiredo, conhecido por Camilinho, sofreu ferimentos leves e se encontra em observação do hospital Nove de Julho. Leia mais no site do amigo Alguiberto Morais clicando aqui.

03 – INSEGURANÇA – Ontem à tarde os amigos do alheio entraram na casa do caricaturista Túlio Ratto, da revista Papangu, e de lá saíram com alguns objetos de valor. Ratto estava em casa quando da ação do(s) meliante(s), todavia não notou a presença dele(s). A casa arrombada fica em frente ao Complexo Jurídico mossoroense, que engloba a Justiça Federal e a Justiça do Trabalho. Nossa solidariedade ao amigo Túlio Ratto.

04 – OBAMA – Com um negro na Casa Branca, todos esperam um mundo em arco-íris.

05 – DICA – Apesar de não ser muito chegado em axé music, gostei do novo disco da banda Cheiro de Amor, sobretudo pela viagem no tempo que ele proporciona. O disco, chamado Cheiro de Amor Acústico, traz vários sucessos que se perderam no tempo, como “Arerê”, “Auê”, “Doce Obsessão”, “Cheiro de Amor no Ar” e “Pureza da Paixão”, além do clássico “Poeira Cristalina”, que há muito eu não ouvia. Quem não se lembra dos versos: O aroma deve ser consumido pela ponta do nariz / Teu cangote é uma flor / Exalante essência de patchouli / A primeira coisa quando tenho você / É te cheirar / A segunda coisa quando tenho você / Que bom te amar! (perfume de amor). A nova versão de “Poeira Cristalina” é cantada em parceria com Durval Lélis.

O disco ainda traz versões para as músicas “Janaina” (Biquíni Cavadão), com participação especial de Bruno Gouveia, “Mais uma Vez” (Legião Urbana), “Esperando na Janela” (Cogumelo Plutão) e “Uma Noite e Meia” (Marina). Vale a pena.

 Ouvindo PÓLVORA, com PARALAMAS DO SUCESSO, encerro esse post.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome