COXINHAS E MORTADELAS, MANTENHAM O RESPEITO.

2
301

20170620_064448

Desde 2013 o país está polarizado entre simpatizantes da Direita e simpatizantes da Esquerda. Em suma, entre coxinhas x mortadelas. São poucos os que mantém uma postura de neutralidade diante deste “Fla x Flu” que se tornou este Florão da América.
E isso não é de todo ruim. Mostra amadurecimento da democracia. É preciso, contudo, por freio em algumas situações.
O fato de seu amigo ou familiar pensar politicamente diferente de você não lhe torna um idiota, imbecil, tapado, mal caráter etc.
O que seria do amarelo se todos só gostassem do azul?
Diante dessa bipolarização o Brasil vem registrando casos de intolerância nos últimos tempos. O mais recente envolveu a jornalista Miriam Leitão, xingada por petistas num voo nacional.
Além desse caso me lembro de outros que também tiveram bastante repercussão, um envolvendo o ex-ministro Guido Mantega e outro envolvendo o cantor e compositor Chico Buarque, nestes casos as agressões partiram de antipetistas.
Redes sociais e grupos de WhatsApp também servem como octógonos para disputas entre “coxinhas” e “mortadelas”, muitas dessas discussões descambam para ofensas pessoais e, consequentemente, intrigas.
Esquecem a premissa basilar para o sustento de qualquer relação, o respeito.
Eu sei que o radicalismo de alguns por vezes incomoda. Nestes casos sugiro distanciamento e silêncio. Ninguém vai convencer ninguém. O mais comum é discutirem até um ponto onde o diálogo não será mais possível, então o melhor é parar no início, ao menos salva a relação, seja esta de qual natureza for.
Caso todos ignorassem os radicais, de um lado e de outro, estes se sentiriam isolados e então talvez mudassem seus comportamentos, talvez, já que estamos falando de quem delegou para o fígado o comando de suas ações.
Só lembrando: não existe ninguém totalmente bom e não existe ninguém totalmente ruim. Esse maniqueísmo só existe em novela.

2 Comentários

  1. Isso acontece porque alguns eleitores adotaram os políticos ladrões como seus bandidos de estimação.

    Muitos chamam os bandidos de heróis e guerreiros do povo brasileiro.

    Outros tantos pedem a volta dos bandidos ao poder.

    Enfim, não há tratamento para o cidadão que passa o dia chupando bila de vidro e cangando rodando em torno de um poste.

  2. João Cláudio, concordo plenamente com você, não existe dois lados, existe só um, e esse um é dos imbecis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome