Pílulas…pílulas…pílulas…(31dez)

0
40

Mossoró amanheceu hoje com a marca de 249 homicídios em 2017, um número que nos coloca na inglória posição de um dos municípios mais violentos do Brasil em vários levantamentos. Em 2010, quando este espaço havia um contador de homicídios (fomos os pioneiros), foram registradas 118 mortes. Observa-se assim um aumento superior a 100% no número de homicídios num intervalo de sete anos.

Pela Constituição Federal, Segurança Pública é dever dos estados, mas nada impede que os municípios também deem sua parcela de contribuição para diminuir o índice de violência, seja através de programas de capacitação para jovens, incentivo ao esporte, guarda civil estruturada e até mesmo ruas bem calçadas e iluminadas.

A população de Mossoró merece uma maior atenção do estado e um maior esforço da administração municipal. Chega de viver amedrontado, de não querer sair de casa durante à noite. Pagamos altos tributos para ter um mínimo de estado presente em nosso cotidiano.

*

Em entrevista à Veja, o prefeito do Rio de Janeiro, o bispo licenciado Marcelo Crivella, disse que tem pouco contato com o tio, o bispo Edir Macedo. O distanciamento, contudo, tem uma motivação atípica. Segundo Crivella, o bispo Macedo viaja muito, e jamais conversa por telefone. Assim, os dois raramente se comunicam.

*

Ainda na mesma entrevista, o prefeito defende o ex-governador Anthony Garotinho, seu aliado político: “Garotinho pode ter cometido exageros em épocas eleitorais, mas acho que a punição mais pesada deve ser dada a quem pega o dinheiro para enriquecer. Ele é um pobre que acabou na prisão”.

*

No poder desde 2001, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, oficializou sua candidatura à reeleição. Se ganhar, como é previsto, governará até 2024, perfazendo 23 anos no poder.

*

Miguel e Alice, estes foram os nomes mais registrados em meninos e meninas nascidos em 2017. Os dados são a Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen).

*

A empresa aérea Joon, um braço da Air France que opera em condições mais econômicas, começará a atuar no Brasil no segundo semestre de 2018. Inicialmente, serão dois voos semanais entre Fortaleza (CE) e Paris. O voo terá oito horas de duração.

Mais uma vez o Rio Grande do Norte fica a ver navios, in casu, a ver aviões.

*

Mais uma vez o Thermas oferece aos moradores de Mossoró e região, além dos turistas, um Réveillon impecável, que vale à pena cada centavo investido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome