Juíza determina reintegração imediata dos servidores da UERN

0
178

Em decisão liminar, publicada há alguns instantes, a juíza Kátia Guedes, da 2ª Vara da Fazenda Pública de Mossoró, tornou sem efeito a Portaria nº 0107/2018, assinada pelo reitor da UERN, professor Pedro Fernandes, que rescindiu os vínculos profissionais de dezenas de servidores daquela instituição de ensino.

Na decisão, a juíza determina o retorno imediato de todos os servidores exonerados pelo reitor Pedro Fernandes, e que se abra oportunidade para que cada um deles tenha seu caso analisado de forma particularizada, através de procedimento administrativo, obedecendo ao devido processo legal.

A decisão foi dada dentro dos autos nº 080151-62.2018.8.20.5106, ação protocolada pelo Sindicato dos Técnicos Administrativos da UERN.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome