“Cantar” uma mulher virou uma ação de risco.

0
75

Nos anos 90, numa festa no BNB Clube, um amigo abordou uma moça com uma cantada extremamente sem graça. Chegou para a pretendente e sapecou: “– Mamãe sempre me manda dormir com os anjos. Vamos?”. A moça virou de costas e saiu.

Caso isso acontecesse nos dias atuais, corria o risco desse meu amigo sair preso sob acusação de assédio sexual, isso se se livrasse do linchamento por parte dos outros frequentadores.

Como diria o “filósofo”: “tudo de mais é muito”. É preciso diferenciar uma cantada de mau gosto do verdadeiro assédio sexual, o qual envolve coerção, superioridade hierárquica, ameaça.

O politicamente correto avançou tanto nessa questão que muitos homens já têm medo de cortejar uma mulher que lhe despertou o interesse, sob pena de ser acusado de cometer o crime de assédio sexual.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome