Famílias iniciam reconstrução da Favela do Tranquilim, erradicada na gestão anterior.

0
232

Em julho de 2016, ainda na gestão do prefeito Francisco José Jr., foi erradicada a favela do Tranquilim, localizada nas imediações do bairro Dom Jaime Câmara.

As 410 famílias que lá residiam em condições precárias foram realocadas para o Jardim das Palmeiras, um conjunto construído com recursos do programa Minha Casa, Minha Vida, no prolongamento do Alto da Pelonha.

Com a erradicação da favela, associada ao crescimento populacional de nosso município, dois condomínios foram levantados na área próxima onde outrora era a favela, o Solar das Palmeiras e o Jardins do Alto. Juntos, eles possuem 260 famílias, as quais agora estão aflitas.

Há algumas semanas começou um movimento de queimadas e construção de barracos na área onde era a favela, sugerindo que ela está se reerguendo.

Alguns moradores já entraram em contato com a prefeitura, especialmente a secretaria de Infraestrutura, mas até agora nenhuma providência foi tomada.

Desde que a favela foi erradicada, fiscais rotineiramente iam ao local, justamente para evitar a reconstrução de barracos naquela área. De uns meses para cá, contudo, deixaram de ir. Cientes da falta de fiscalização, já há pessoas construindo seus casebres.

As famílias residentes nas redondezas, especialmente nos dois condomínios citados, clamam por uma ação dos órgãos públicos. Ninguém quer a reconstrução da favela, o que traz inúmeros problemas, especialmente falta de segurança.

Não é possível que a prefeita Rosalba Ciarlini queira que sua administração seja marcada pela volta da Favela do Tranquilim, erradicada na gestão do ex-prefeito Francisco José Jr.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome