Tragédia no bairro Nova Betânia intriga mossoroenses. Pitadas de psicopatia?

0
218

Pitadas de psicopatia? – Ontem, uma tragédia se abateu sobre uma família de classe média alta em Mossoró. O servidor público Genildo Duarte desferiu golpes de faca e tesoura em sua esposa, a professora municipal Márcia Regina Fernandes Lopes. Ao todo foram 12 perfurações.

O fato ocorreu no condomínio Carlito Lima, bairro Nova Betânia, por volta das 8h30. Foram os vizinhos que chamaram a polícia e o atendimento médico de urgência. O acusado fugiu do local em seu veículo, um Evoque branco.

A vítima foi levada ao Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), onde foi submetida a procedimento cirúrgico. O último boletim informou que seu estado é considerado estável, mas muito delicado.

O paradeiro do agressor é incerto e não sabido. Sabe-se apenas que ele abandonou seu veículo num matagal localizado nas proximidades do condomínio Quintas do Lago, Abolição III.

Logo após o crime, começaram a surgir várias versões: nas redes sociais e em rodas de conversas. Não cabe aqui difundi-las, posto que nenhuma é conclusiva, ainda não há versão oficial.

Quem conhece de perto o acusado, o define como um sujeito educado, calmo e tímido, por tal razão o fato gera tanta perplexidade. O que teria motivado tamanho acesso de fúria? Teria sido um surto psicótico? Vê-se que a intenção do agressor era mesmo ceifar a vida da esposa. Ninguém perfura uma pessoa doze vezes apenas para “dar um susto”. Ele realmente o fez para matar. Mas, por quê? Eis a grande pergunta que todos fazem.

Com o réu foragido e a vítima impossibilitada de prestar depoimento, a motivação continuará sendo uma incógnita, enquanto isso surgem versões as mais diversas para tentar explicar os motivos dessa tragédia no coração da Nova Betânia, o bairro nobre da cidade.

OBS. As fotos e os dados colhi do portal Mossoró Hoje.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome