Racionalidades – 06ª edição.

0
128

UNIÃO – Um grupo de políticos, chancelados pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, pretende lançar um manifesto conclamando vários pré-candidatos a se juntarem numa chapa única, formando “um polo democrático e reformista”.

FHC, o chanceler Aloysio Nunes Ferreira (PSDB), o senador Cristovam Buarque (PPS-DF) e o deputado Marcus Pestana (MG) foram os primeiros a assinar o manifesto, que só será disponibilizado ao público nos últimos dias do mês corrente.

*

Essa união integraria os pré-candidatos João Amoedo (Novo), Flávio Rocha (PRB), Paulo Rabelo de Castro (PSC), Rodrigo Maia (DEM), Geraldo Alckmin (PSDB), Álvaro Dias (Podemos) – e, talvez, até Marina Silva (Rede). O candidato seria o que estivesse melhor nas pesquisas na semana anterior ao registro das candidaturas.

*

Alguns passos nesse sentido já foram dados. Na semana passada o deputado Heráclito Fortes (DEM-PI) promoveu um jantar em Brasília para tratar do assunto. Participaram do encontro o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann (PPS-PE), o ex-ministro da Educação Mendonça Filho (DEM-PE) e os deputados Jarbas Vasconcelos (MDB-PE), Danilo Forte (PSDB-CE), José Carlos Aleluia (DEM-BA) e Benito Gama (PTB-BA).

*

A dificuldade agora é convencer cada um dos pré-candidatos visados a compor esse polo, que será apresentado como a opção de Centro para as eleições.

*

PODRIDÃO – Na última terça-feira a Câmara Municipal de Mossoró instaurou uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para analisar os contratos entre a municipalidade e a Vale Norte, responsável pelo recolhimento de lixo na cidade. Num período de dois anos a empresa embolsou quase R$ 52 milhões dos cofres públicos, sempre com dispensa de licitação, o que gera uma enorme desconfiança, pois há várias empresas que prestam esse serviço, e só é comum realizar dispensas quando o serviço é exclusivo de uma só empresa.

*

Cabe agora à Câmara Municipal de Mossoró investigar essa situação, o que pode ser feito analisando documentos, ouvindo especialistas e convocando representantes da prefeitura e da empresa para se explicarem.

*

Pelo que conheço o histórico do nosso Legislativo em relação ao Executivo, posso antecipar que a CEI será arquivada sem que produza nada de concreto. Pode até ter vereadores interessados em investigar, mas a maioria é subserviente ao Palácio da Resistência, isso por causa dos cargos que possuem, dos contratos e de todas aquelas coisas que os prefeitos fazem para manter a tal da base aliada. E o povo, ó!

*

VIOLÊNCIA – Na última segunda-feira, o homicídio de um jovem universitário nas imediações do Hiper Bompreço gerou uma grande comoção no município. Segundo a versão mais corrente, ele teria sido baleado após tentar fugir de um assalto.

O problema da violência urbana, que aumenta a cada estatística, não é um problema apenas para a área de segurança pública. Eu diria até que cabe a tal setor a menor parte pela culpa do aumento da violência.

*

O problema da segurança pública deve ser resolvido nas secretarias de Educação, Juventude e de Ação Social, seja qual nome se adote em cada município. Nossos jovens precisam de escola em tempo integral, de cursos profissionalizantes, de inserção no campo de trabalho como aprendizes etc., e tais iniciativas devem ser prioridade, não devem ser projetos com poucos recursos, sazonais. Deve ser política de estado. Não se constrói uma nação forte se não houver destinação maciça de recursos para a área de educação.

*

Alguns se aproveitam da comoção causada por um homicídio para pregarem o armamento da população. Não, não adianta armar o cidadão até os dentes, muito pelo contrário. Quanto mais armas nas ruas, mais crimes. Imaginem se todos forem para mesas de bar armados, se todos os motoristas andassem com uma arma ao seu alcance. Transformar o país numa daquelas cenas da Rocinha, com pessoas andando armadas com fuzis pelas ruas, não adianta.

A sua avó de 82 anos continuaria sendo uma vítima iminente quando estivesse saindo do banco com sua aposentadoria. A não ser que ele saiba usar uma AK-47.

*

ABATEDOUROS ILEGAIS – A 2ª Promotoria de Justiça de Mossoró, que tem à frente a promotora Ana Ximenes, recomendou ao município que assegure a interdição de oito abatedouros clandestinos de aves que estavam atuando em Mossoró. As interdições foram realizadas pelo Serviço de Inspeção Municipal (SIM), após requerimento do Ministério Público.

A promotora deu um prazo de dez dias para a prefeitura explicar que providências tomou para garantir a interdição dos abatedouros clandestinos. O prazo começou a correr no último dia 16, data da publicação no Diário Oficial do Estado (DOE).

*

FIRMEZA – Não sei você, mas quando alguém, diante de uma denúncia, sai com evasivas do tipo: “Não irei me pronunciar” ou “Só falo na presença dos meus advogados”, já sinto aí um forte indício de culpa no cartório. Quando alguém está certo e convicto de sua honestidade, faz questão de apresentar sua versão. Foi o que fez Galeno Camilo, médico que atende em Macau.

*

Após denúncia de que teria apalpado de forma maliciosa os seios de uma paciente, o médico tratou logo de apresentar sua versão para os fatos, o que fez com riqueza de detalhes. Senti firmeza nas declarações do profissional. A uma, porque foram logo após a acusação; a duas, porque trouxe de forma minuciosa o que aconteceu.

A secretária municipal de Saúde também aposta suas fichas na inocência do médico.

*

ELA LIA, INCRÍVEL! – Quarta-feira vi uma cena rara – infelizmente rara. Ao passar por um ponto de ônibus vi uma jovem, coisa de 15, 16 anos, lendo um livro. No seu entorno, outros adolescentes dedilhavam seus celulares, o que é a regra. Deu enorme vontade de parar o carro e ir conversar com aquela jovem. Cenas assim são cada vez mais raras, pessoas assim são cada vez mais raras, especialmente na adolescência. Sem saber, a leitora anônima me fez ter um pouco de esperança no futuro da juventude.

*

ATACAREJO – O Dia a Dia, atacarejo do grupo Rebouças, será enfim inaugurado. Há anos o prédio está concluído, mas o funcionamento não havia sido autorizado pelo Corpo de Bombeiros, isso em razão de uns dutos da Petrobras que passam por baixo do estabelecimento.

A inauguração será na próxima quarta-feira (23), às 19h. O Dia a Dia fica no prolongamento da Avenida Rio Branco, já próximo à BR 304, altura do conjunto Santa Delmira. O blog deseja sucesso aos empreendedores.

*

DANOS MORAIS – O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro confirmou sentença de 01º grau que condenou uma produtora em razão de postagens nas redes sociais atacando o sambista Dudu Nobre, chamando-o de caloteiro.

A produtora alegou que trabalhou para o músico durante sua campanha eleitoral para o cargo de vereador, em 2016, e que não teria recebido o dinheiro acordado. A produtora fez uma verdadeira anticampanha contra o músico nas redes sociais. A Justiça entendeu que ela extrapolou seu direito de manifestação. O valor da indenização foi fixado em R$ 25 mil.

Abaixo, um trecho da decisão:

“Embora o direito à livre expressão e informação estejam assegurados, o seu exercício por meio de redes sociais não é amplo e irrestrito, estando condicionado à preservação de outros direitos fundamentais igualmente tutelados”.

*

E-COMMERCE – No ano passado foram negociados 03 milhões de veículos através do site OLX, isso representa 21% do total de vendas de veículos no país. No segmento “eletrônicos e celulares” foram negociados 8,3 milhões de itens.

*

CUSTO DE VIDA – A revista inglesa The Economist divulgou no mês passado sua tradicional lista das cidades mais caras para se viver. O cálculo leva em conta 400 produtos e serviços. Curiosamente, não há nenhuma cidade americana na lista das 10 mais caras. A primeira da lista é a cidade-estado de Singapura, seguida por Paris (França), Zurique (Suíça) e Hong Kong (China).

A mais barata é Damasco (Síria), seguida de Caracas (Venezuela) e Almaty (Cazaquistão).

*

Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas pelo telefone 99648-2588 (WhatsApp).

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome