Poetas locais participam de evento literário na Espanha

0
52

O Centro de Estudos Brasileños de Salamanca promoverá hoje (16) e amanhã (17), duas sessões de leitura e de apresentação literária da XXI edição do Encontro de Poetas Ibero-americanos, coordenado pelo poeta peruano-español Alfredo Pérez Alencart, professor da Universidade de Salamanca, e realizado em colaboração com a Fundación Salamanca Ciudad de Cultura y Saberes.

Hoje, 16 de outubro, às 18h, no salão de atos do Palácio de Maldonado, se realizará a leitura e apresentação dos livros de Álvaro Alves de Faria e Leocádia Regalo (A duas vozes/A dos voces, Trilce Ediciones, com versões de A. P. Alencart e de Jacqueline Alencar); de David de Medeiros Leite (Mi Salamanca, com versão de A. P. Alencart e fotos de José Amador Martín, Sarau das Letras e Trilce Ediciones) e de Ângela Rodrigues Gurgel, Clauder Arcanjo, Jane Menezes, Raí Lopes e Welma Menezes, com imagens de Marcão Melo (Semiosis Poética, Sarau das Letras).

Já amanhã, 17de outubro, às 12h, o Palácio de Maldonado apresentará uma sessão de leitura poética das obras de Luis Frayle Delgado, Asunción Escribano, Verónica Amat, Aníbal, Lozano, Aída Acosta, Montserrat Villar González, Araceli Sagüillo, Elena Díaz Santana, Carmen Prada Alonso, Juan Carlos Martín, Sofía Montero, Fernando Gil Villa, José Antonio Valle Alonso, Xenaro Ovín, Emilia González Fernández, Manuel Vidal Vallinas, Rafael Ángel García Lozano, María Isabel Andrés Llamero, María Ángeles Pérez López e Antonio Costa Gómez. O ato se encerrará com uma breve apresentação dos livros de António Salvado (Sirgo. Catorze títulos esgotados) e de Enrique Viloria (Derroteros de la Retina).

A entrada é livre até completar a lotação.

É muito gratificante ver pessoas de nossa terra, assim como vizinhos cearenses, integrando esse projeto literário de enorme alcance. Tive acesso ao livro Semiosis, onde pude apreciar belos versos de Ângela Gurgel, Clauder Arcanjo, Jane Menezes, Raí Lopes e Welma Menezes.

Aproveito e trago os versos iniciais de uma poesia onde Welma Menezes (foto), que também é juíza de Direito, trata de tradições sertanejas:

Se arreglan para la feria

Como Maria Bonita y Lampião

Llevando sandalias de cuero

Para la sagrada fiesta de San Juan.

São poetas potiguares e cearenses difundindo seus talentos mundo afora, e com isso elevando o nome de suas terras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome