Retrospectiva Mourão 2018.

0
39

O general Hamilton Mourão, futuro vice-presidente, que tem como função constitucional auxiliar o presidente e substituí-lo em suas ausências e afastamentos, é um homem com ideias e teorias bem estapafúrdias.

Fizemos um apanhado das patacoadas que o futuro vice falou em 2018.

Cogitou a possibilidade de um “autogolpe”, o que, segundo ele, nunca ocorreu no Brasil. Além do disparate, o general mostrou desconhecimento histórico. No Brasil já ocorreram dois autogolpes. Um em 1891, por Deodoro da Fonseca; e outro em 1937, por Getúlio Vargas. No autogolpe, o presidente alcança o cargo de forma constitucional, mas logo dissolve o Congresso e assume poderes extraordinários.

Defendeu também uma nova constituinte, que seria elaborada por um conselho de notáveis, sem participação popular. Absurdo total.

Aloprou ainda que famílias formadas por mães solteiras eram “fábricas de desajustados”. Foi severamente criticado nas redes sociais. Muitas pessoas de bem filhas de mães solteiras se insurgiram contra a infeliz declaração.

Por fim, sugeriu o fim do 13º salário, chamando-o de jabuticaba e mochila nas costas dos empresários.

Nesse futuro governo estamos numa situação de “se correr o bicho pega, se ficar o bicho come”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome