Racionalidades – 46ª edição.

1
111

REVIRAVOLTA NO MDB DIX-SEPTIENSE – Aconteceu no município de Governador Dix-sept Rosado um fato que ninguém jamais apostaria: o ex-prefeito Gilberto Martins (de verde) e o atual vice-prefeito Sanimarcos Firmino deixarão o MDB, e não é por vontade deles.

Gilberto Martins está no partido há 34 anos, sendo assim um dos integrantes da lista de políticos do interior que sempre foram fieis ao partido de Aluízio Alves.

Já o vice-prefeito Sanimarcos Firmino, atualmente rompido com o prefeito Antonio Bolota (PHS), está no MDB há 22 anos. Até o final de março ele era o presidente da sigla no município. Assim como Gilberto Martins, só vestiu essa cor partidária.

*

O FATO – Tanto Gilberto como Sanimarcos foram pegos de surpresa quando acessaram os sistemas do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e viram que a diretoria do partido em Governador foi alterada, e que o atual presidente é Zeonir Júnior (Júnior de Salete), aliado do atual prefeito. Ou seja, a diretoria estadual entregou o partido ao prefeito Antonio Bolota.

*

A SURPRESA – Para tentar entender o que aconteceu, entrei em contato com o vice-prefeito, o qual confirmou que ele e Gilberto Martins realmente foram pegos de surpresa e que até agora ele, que era o presidente do partido no município há três anos, não recebeu nenhum comunicado formal ou informal acerca da mudança na diretoria local.

Até agora aguarda um comunicado do Diretório Estadual do MDB, que tem o ex-senador Garibaldi Filho como presidente, para então proceder com a entrega do material do partido em sua posse.

*

O MOTIVO – Nas últimas eleições, o prefeito Antonio Bolota apoiou a candidatura à reeleição do deputado federal Walter Alves. É bem provável que nas negociações entre ambos tenha ficado acertado que o MDB seria entregue ao atual prefeito.

*

RACHA – O episódio revela outra disputa acirrada entre o deputado federal Walter Alves e o ex-ministro Henrique Alves. Segundo outras fontes ouvidas pelo blog, Henrique pleiteou a permanência do grupo de Gilberto Martins na presidência do partido em Governador Dix-sept Rosado, mas o presidente Garibaldi Filho decidiu atender ao pleito de Walter Alves, seu filho.

*

E AGORA? – Tudo isso aconteceu após o ex-prefeito Gilberto Martins manifestar seu desejo de se candidatar a prefeito no próximo pleito, fato ocorrido na rádio local há aproximadamente 20 dias.

Não conversei com Sanimarcos sobre o destino partidário dele e de Gilberto, mas fontes consultadas pelo blog disseram que eles provavelmente irão para o PRB.

*

OS 100 PRIMEIROS DIAS“Bolsonaro tem se mostrado mais interessado em insuflar suas hordas extremistas, colhendo aplauso fácil da ala fanática de seus apoiadores, do que em governar com sobriedade, com seriedade, com eficácia.” (Trecho do editorial da Veja sobre os primeiros 100 dias do governo Bolsonaro).

“Bolsonaro e sua claque de fanáticos robotizados geram fake News em série, despautérios históricos e esquisitices na velocidade da luz, sem cessar uma única semana”. (Trecho do editorial da IstoÉ sobre os primeiros 100 dias do governo Bolsonaro).

O que vi nesses cem primeiros dias foi um presidente que governa apenas para sua bolha, e isso não me surpreendeu. O governo “para todos” não faz parte da ideologia da nova direita mundial, da qual Bolsonaro é adepto.

Então vamos parar com essa história de que Bolsonaro é o presidente de todos. Formalmente até é, mas ele só quer governar para a bolha, repito.

Ele incutiu na cabeça dos mais fanáticos que seu grupo é o único que representa a lisura e que combate a corrupção. Quem não for do seu grupo é corrupto e comunista. Ele alimenta isso rotineiramente.

Bolsonaro sempre está procurando um inimigo, suas falas são sempre em tom de embate, confronto. Não vi nesses cem dias nenhum discurso dele pregando o respeito às diferenças, muito pelo contrário.

Vamos acabar com essa balela de “governo para todos”. Já no discurso de posse Jair Bolsonaro deu o recado de que governaria apenas para suas hordas. Foi-se o tempo do “governo para todos”.

*

FÁTIMA BEZERRA – O governo do Rio Grande do Norte continua com dificuldades para pagar o funcionalismo e até mesmo para custear a máquina. Recentemente tivemos um problema sério com o tomógrafo do Hospital Regional Tarcísio Maia, que passou vários dias sem funcionar, causando danos aos pacientes que dele precisavam.

A impressão é que o governo está esperando a tão sonhada ajuda do governo federal, mas enquanto esse socorro não vem, a administração estadual vem procurando gerar receitas utilizando-se dos meios que possui.

Um desses meios é a Secretaria Estadual de Tributação (SET). O trabalho dos servidores da Pasta, especialmente dos auditores fiscais, foi intensificado numa proporção nunca vista. Muitos tiveram que sair dos escritórios e irem para as ruas, o que gerou até alguma insatisfação, mas o atual secretário não recuou. A ordem é intensificar a fiscalização, o que vem dando resultados. Até meados de março a SET conseguiu recuperar R$ 39 milhões em débitos que estavam praticamente perdidos. Esse valor é decorrente de conciliações na Justiça e fiscalizações nas estradas.

Em relação à diminuição da violência em nosso estado, que pode ser observado através de dados oficiais, não atribuo o feito à atual gestão. Não vi nenhuma ação do governo que justificasse esse arrefecimento na violência. O motivo deve ser outro, que confesso desconhecer.

*

REFORMA DA PREVIDÊNCIA – Muitos congressistas têm defendido que a reforma açambarque apenas os servidores públicos federais, bem como o que for de competência do governo federal, que as assembleias legislativas e câmaras municipais façam as reformas dos servidores sob suas respectivas competências.

O motivo é simples: querem dividir o desgaste. O pensamento é que se os congressistas aprovarem a reforma para todos, eles ficarão mal visados na sociedade, e suas cadeiras, nas próximas eleições, serão ocupadas pelos deputados estaduais e vereadores, que passarão incólumes.

Realmente…

*

TRIBUNAL DO JÚRI/GOV.DIX-SEPT – Será submetido ao crivo do Tribunal do Júri o dix-septiense Edilson Costa de Melo, conhecido por Edilson de Preto. Consta no processo que no dia 15 de abril de 2012, por volta das 19h, no bar de Loura, Centro de Governador Dix-sept Rosado, o acusado, utilizando-se de arma de fogo, tirou a vida de seu primo, Antonio Miramar da Costa.

No processo, o acusado confessou a autoria do crime, alegando, contudo, exercício de legítima defesa.

A pedido do Ministério Público, a sessão de julgamento será no Fórum Seabra Fagundes, em Natal (RN), no próximo dia 25 de abril, às 08h.

*

OLAVO HAMILTON – Dia desses, numa roda de conversas, alguém criticou o advogado e professor Olavo Hamilton. A crítica residia no fato de Olavo ser “comunista” e possuir um carro importado. “Cadê que ele anda num Celtinha?”, disse o cidadão.

Não vou nem me aprofundar nessa questão de ser esquerdista e não poder usufruir do que é bom. Ora, abdicar e desfazer-se dos bens materiais tem mais a ver com religião e com caridade, respectivamente.

O advogado Olavo Hamilton é esquerdista sim, assumido, e isso não deveria impedir as pessoas de verem o verdadeiro valor que ele tem. É um profissional excelente, que conseguiu ascensão social, profissional e financeira em decorrência unicamente de sua notável capacidade intelectual.

O LIVRO – Vou ficar apenas num exemplo. Seu livro, “Princípio da Proporcionalidade e Guerra Contra as Drogas”, de 2017, é referência nacional e até mundial quando se trata do tema descriminalização das drogas. Ele foi citado na decisão da Suprema Corte do México quando esta se debruçou sobre o assunto.

Também já teve trechos citados em incontáveis seminários, conferências, palestras e trabalhos acadêmicos, Brasil e mundo afora. Também foram muitas as entrevistas concedidas por ele para detalhar o assunto.

Por essas e outras o advogado Olavo Hamilton é um orgulho mossoroense. É assim que o vejo.

*

OPORTUNIDADE – Começou ontem e segue até o próximo dia 14 (domingo) o 1º Outlet Imobiliário de Mossoró, no Partage Shopping Mossoró. Várias construtoras, imobiliárias e correspondentes bancários montaram estandes no evento. Oportunidade ímpar para adquirir imóveis a preços abaixo do mercado.

*

MOSSORÓ CIDADE JUNINA – Faltando menos de dois meses para o evento, ainda não há agenda de shows e atrações. A demora em fazer o anúncio prejudica muito a festa, especialmente na questão de atração do turista. Quem pretende vir para o evento precisa se programar com certa antecedência.

Diante da desorganização da prefeitura municipal, muitos turistas que viriam para cá tomam o rumo de Caruaru (PE) ou Campina Grande (PB), ambas as cidades com programações já divulgadas.

Caso o problema fosse apenas esse ano eu até entenderia, mas “é sempre assim”, a programação é anunciada em cima da hora. Assim fica difícil atrair turistas e ver o MCJ ser considerado um evento nacional.

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas para o número 99648-2588 (WhatsApp).

1 comentário

  1. Eu comparo os 100 dias do presidente Bolsonaro frente aos destinos do Brasil, de trás para frente 001. Pois ate a presente data, nem ele e sua equipe me convenceu, como também não consegue convencer alguns milhares de ex-eleitores dele. Como um colega que a poucos dias me fez o seguinte comentário. ” César eu minha mulher e filha votamos com Bolsonaro, mas não esperava dele, essa incapacidade de proibir seus filhos em assuntos do governo dele. E ainda por cima, ter um cafajeste como esse Olavo de Carvalho dando pitaco no seu governo e criticando o seu vice-presidente juntamente com outros ministros do governo. E o presidente Bolsonaro calado tá calado fica ” Minha palavra ao colega, nunca gostei das atitudes dele com suas palavras em respostas com a imprensa, e em referência ao seu mandato, os brasileiros tem os políticos que merecem. Claro, ainda temos alguns políticos sérios no Brasil, mas são poucos, muito poucos. O que não é o caso do presidente Bolsonaro. Um bom dia, e um ótimo final de semana amigo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome