Enquanto metade da humanidade não come, a outra metade não dorme. Com medo da que não come. (Josué de Castro)

0

 

01 – NO RÁDIO, A PALAVRA DA VEZ É INTERATIVIDADE – Foi-se o tempo em que uma bela voz era o suficiente para alguém atuar na rádio. A busca agora é por locutores/apresentadores que saibam interagir com os ouvintes, que sejam cativantes, espontâneos e próximos. O ouvinte quer participar, que trazer sua opinião, que conversar com o apresentador como se conversa com um amigo.

Em Mossoró, noto que a RPC e a FM 93 prezam muito por esta nova tendência. Seus locutores se mostram muito próximos de seus ouvintes, seja aparentando alegria ou demonstrando passar pelas mesmas dificuldades que todo mundo passa. Eles não posam como superiores ou inferiores, são iguais. Um bom exemplo é o radialista Agenor Melo, que faz programas policiais na RPC. Há pouco tempo no comando dos microfones, ele já caiu no gosto popular, justamente por seu carisma, sua simplicidade e sobretudo sua capacidade de interagir com os ouvintes. Segue a mesma trilha de outros nomes de sua emissora, como o ótimo Haroldo Jacome e o imprescindível Givanildo Silva.

Cumpre salientar que muitos radialistas começaram na época em que se exigia apenas uma bela voz, mas souberam assimilar a nova tendência e conseguiram manter a liderança e o interesse dos ouvintes, é o caso de Gilson Cardoso (FM 93) e de Jota Régis (Difusora), dois radialistas que somam belas vozes e capacidade de interação com os ouvintes.

A tendência na imprensa em geral é diminuir a distância entre quem informa e quem é informado.

 

02 – TIO COLORAU ENTERTAINMENT – Em Cobiça *** (2004) duas mulheres planejam escalar montanhas num lugarejo próximo, mas antes de chegarem ao destino passam por um bar e lá se envolvem numa confusão, fugindo na moto de um dos clientes. O problema é que na moto há algo que muitas pessoas estão atrás, começa assim uma grande perseguição.

 

A comédia A Inveja Mata *** (2004) mostra o relacionamento entre dois vizinhos quando um deles se torna milionário do dia para a noite. Os criadores do filme conseguiram retratar muito bem como as pessoas se sentem incomodadas quando o próximo ascende na vida.

 

03 – ROSALBA – Queiram ou não, a Gazeta do Oeste ainda consegue influenciar muitas pessoas. Basta ver o caso da senadora Rosalba Ciarlini (DEM), que parece ter sofrido abalo após o bombardeamento contra ela feito pelo jornal fundado por Canindé Queiroz. A senadora deixou de fazer suas incansáveis visitas pelo interior do Estado, onde participava de velórios, aniversários, procissões, rinhas de galo etc. Sendo estas visitas o alvo principal das críticas que lhe estão sendo feitas. O mote é que Rosalba Ciarlini pensa tanto na sua candidatura ao governo que se esquece de atuar como senadora.

Em condições normais, a senadora teria passado o carnaval na região, percorrendo todas as cidades, mas preferiu ir para a Europa, onde permanece até hoje.

Seus aliados sustentam que o “mergulho” é uma tática. Ora, quando dizem isso ratificam que a Gazeta do Oeste foi capaz de mudar a rotina da senadora, queiram ou não.

 

04 – DENGUE? – Hoje amanheci com garganta inflamada, dores no corpo, indisposição e vista turva. Terá sido o post de sábado profético? Espero que não!

 

05 – DA ASSESSORIA – Retornando às atividades normais após as festividades de Momo, o Vereador Flavinho e sua equipe reuniram-se neste sábado, dia 28/02 para seu 1º encontro de avaliação e planejamento, o qual acontecerá bimestralmente. Na oportunidade, a equipe apresentou o Planejamento de Mandato do Vereador juntamente com um cronograma de execução das atividades.

É de grande importância ressaltar, que mesmo sem a estrutura física pronta – o gabinete – a equipe realiza encontros produtivos periodicamente, necessários para o desenrolar dos trabalhos.

 

 

06 – CALCINHA – Acima, flagra do blog feito ontem à tarde do Mossoró West Shopping. Será esta uma nova tendência trazida no São Paulo Fashion Week?

 

07 – INVERSÃO – A imprensa local comentou em demasia dos sete projetos de lei que o prefeito Gustavo Rosado enviou para a Câmara Municipal aprovar. Uns criticaram e outros defenderam. O que ninguém contestou foi a incapacidade do nosso legislativo de exercer sua função precípua de legislar. Para ficar um pouco menos feio, a prefeitura deveria ter permitido ao menos que os projetos fossem apresentados por um dos tantos vereadores que integram a turma do amém.

 

08 – FALANDO NISSO – Após a vergonhosa aprovação dos projetos, sem nem ao menos discussão, ainda houve vereador que teve o desplante de ir para a rádio se defender. É ridículo ver alguém defendendo o indefensável. E alguns ainda tinham esperança de que haveria mudanças… santa inocência.

 

 09 – DOENTE – Como escrevi acima, não estou muito bem, razão pela qual encerro aqui este post, ouvindo PEGA RAPAZ, com RITA LEE.

“NO COMBATE À DENGUE SOMOS TODOS RESPONSÁVEIS”, E A PREFEITURA IRRESPONSÁVEL.

0

 

 

 

Desde 2005 eu e alguns vizinhos buscamos junto a prefeitura a solução para um terreno abandonado no bairro Boa Vista. O imóvel está “mal usado” há mais de quinze anos, sem que o proprietário, conhecido por “Seu Eduardo”, realize qualquer limpeza ou demonstre interesse em dele se desfazer.

Alguém menos informado poderá dizer que a culpa pelo terreno ter se transformado num “criadouro de dengue” pertence ao seu proprietário, no entanto, o Direito Urbanístico confere aos entes públicos o poder de desapropriar os imóveis que não cumprem “a função social da propriedade”. Já é pacífico o entendimento de que a propriedade em geral não mais detém o caráter absoluto de outrora. Ao contrário, se lhe atribui hoje uma função, uma finalidade, qual seja a de produzir riquezas para o crescimento e o desenvolvimento da coletividade. Não é diferente com a propriedade urbana. Não pode ser utilizada de acordo com o “bel prazer” do seu titular ou, pior, não pode ser inutilizada ou mesmo manter-se inerte com objetivos egoísticos de mera especulação imobiliária. O imóvel urbano deve fazer parte de um projeto maior, adequar-se a interesses sociais no sentido de auxiliar na expansão da urbanificação, visando, sempre, o bem-estar e o interesse coletivo.

Assim é que a desapropriação para fins de reforma urbana torna-se instrumento imprescindível do administrador municipal para, penalizando o proprietário negligente, atribuir ao bem o seu aproveitamento adequado.

Nos dias atuais, com milhões de pessoas sem moradia, é inadmissível que alguém mantenha um terreno abandonado em plena via urbana, sem dele querer cuidar, simplesmente por fins egoísticos.

O problema se avoluma quando o terreno contribui significativamente para a proliferação de dengue aqui na região. Quase todos os moradores da rua já tiveram dengue, havendo inclusive um óbito.

Por tais razões já procuramos por diversas vezes os órgãos responsáveis da prefeitura, mas até agora o que temos é um sem-número de promessas não cumpridas. Intriga-me o porquê de a prefeitura não tomar qualquer providência em relação ao terreno de propriedade de “Seu Eduardo”, um criadouro de dengue num tempo em que todo o Brasil se mobiliza para combater o mosquito, num tempo onde a cidade de Mossoró integra a inglória lista dos municípios mais propícios a ter uma epidemia de dengue.

Na sexta-feira passada estive novamente na sede da Vigilância Sanitária solicitando providências, onde fui atendido por uma senhora apressada que anotou o endereço do imóvel e de seu proprietário num rascunho de papel, posteriormente jogando-o numa gaveta qualquer. Fiquei triste ao notar o desdém com o qual tratam de um problema tão sério.

Apesar das adversidades e das forças contrárias, eu e meus vizinhos não desistiremos de lutar para que o terreno abandonado na rua Marcelo Leite deixe de proliferar doenças, sobretudo a dengue.

Sexta-feira , 27 de Fevereiro de 2009

0

 

E ai, sobrou um pouquinho de fígado para mais tarde?

Se não, tome Epocler que alguma mesa do velho Carlos nos espera para a resenha do carnaval.

Porque hoje é sexta-feira, independentemente dos excessos momescos.

Pump up the rhythm!!!!!!!!

Ei, o que você acha do cara que conhece a marca de uma camiseta apenas pelo corte e modelo? Sem olhar para a etiqueta o cara sabe se a camiseta é da Colcci, da Botton, da Ellus, da Cavalera etc. Conhece apenas, segundo ele, pelo corte. Já pensou um negócio desse? Isso não é coisa de quem é 100% ALGODÃO, não, independentemente da marca, é claro.

Rapaz, eu estou assistindo a 5ª temporada de Lost por força do costume, mas garanto que não estou entendendo patavina. A turma entrou num nó difícil de sair. Todo mundo assiste e ninguém entende.

Diz o ditado que tudo tem começo, meio e fim, mas o carnaval de Mossoró é uma exceção a regra: tem apenas início e fim.

Os jornalistas azuis estão todos atarantados. Quanto mais eles defendem a prefeita, mas ela pisa na bola. Dia desses um deles se queixou, em off, de sua árdua tarefa. “– Rapaz, defender a mulher está sendo difícil. A equipe dela num dá uma dentro”. Pois é, amigo, mas afinal de contas… as contas.

Muitas pessoas têm dificuldade para se lembrar do nome de minha filha. Noutros casos a dificuldade é para escrever o nome corretamente. Geralmente complicam quando deveriam facilitar. Não é Daphne, nem Dephany, nem outra variação. O correto é DÉPANE, simples assim. Façam como Cyro Robson. Disse a ele apenas uma vez e ele nunca mais esqueceu. Sempre que me vê faz a pergunta: “- E ai Colorau, cadê Dépane?”. Já Jr. Praxedes, tirando onda, me pergunta por “Deu Pano”. E por falar em Jr., vê se não adoece hoje.

Bebidas com nomes exóticos, como Sex on the beach, Dry Martini, Bloody Mary…. tudo isso é coisa de quem atende pela porta dos fundos! Homem não tem frescura, bebe aquilo que todo mundo conhece: Vodka, cachaça, Whisky, Conhaque e cerveja, muita cerveja! Detalhes em copo de homem são: limão, gelo ou palito, dependendo da bebida. Canudinho e guarda-chuvinha nem pensar.

Hoje é aniversário do amigo Polari. Parabéns nobre colega, desejo-te mais uns 90 anos de vida. E me disseram que ele garantiu que até as 23h, lá no velho Carlos, a comanda, ops, o comando, será dele.

Como cristão também farei penitência nesse período de quaresma. Até a semana santa não comerei jiló nem beberei suco de tomate.

E vamos que vamos, pois a cana só dá o açúcar depois de passar por grandes apertos. E daqui para mais tarde ainda teremos um bocado de apertos.

 

01 – JUSTIÇA QUASE PERFEITA – A Justiça Eleitoral brasileira tem mostrado, desde as eleições de 2004, interesse em moralizar as campanhas eleitorais. Nestes últimos anos centenas de prefeitos foram cassados por abuso do poder econômico. A situação deve se repetir em relação ao pleito de 2008, pois muitos foram flagrados em situações não aceitas pela legislação eleitoral. A cassação do governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima, foi antes de tudo um recado do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para todos os juízes eleitorais. É preciso punir com rigor quem agiu em desacordo com as regras eleitorais, mas é claro que nenhum magistrado pode sair por ai cassando prefeitos a três por quatro. É preciso que as provas sejam robustas, sob pena de ferir a democracia – que representa a vontade da maioria.

De modo geral estamos satisfeitos com a moralização da política feita não pelos políticos, como deveria, mas por bravos magistrados com sede de Justiça. Para ficar perfeita a atuação da Justiça Eleitoral é necessário apenas dar celeridade aos trâmites eleitorais. A demora para sair a sentença prejudica a todos, sem distinções, sobretudo quanto à incerteza do amanhã e a instabilidade na administração pública.

 

 02 – TIO COLORAU ENTERTAINMENT –

 

Em Sete Vidas (2008) ****, um homem passa a ajudar algumas pessoas sem nenhuma razão aparente, pelo menos para elas. Pelo fato de ser com Will Smith o filme recebeu uma atenção maior do que deveria, mas ainda assim vale a pena assisti-lo.

Em Ca$h, o Grande Golpe (2008) ***, um grupo de estelionatários planeja um assalto a um luxuoso hotel, liderados por um sujeito extremamente enganador. É bem parecido com “Prenda-me se for Capaz”.

No policial O Álibi Perfeito (2008)***, um grupo de assaltantes aluga uma casa próxima ao banco central da Inglaterra. De lá cavam um túnel até o cofre do banco, realizando assim um assalto espetacular. Qualquer semelhança com a realidade… 

 

03 – CÂMARA MUNICIPAL – Ontem lamentei com um amigo a atuação de nosso legislativo, onde os vereadores nem ao menos discutem os projetos oriundos do executivo, simplesmente aprovam. Ele então sapecou: “- Amigo, nosso legislativo não é para pensar nem discutir, é apenas para carimbar”.   

 

04 – AS MULHERES QUE EU NAMOREI (Por Ricardo Hoffmann) – Não sei se todos conhecem as músicas do cantor e compositor carioca Seu Jorge. Essa está em todas paradas de sucesso: “Tô namorando aquela mina / mas não sei se ela me namora / mina maneira do condomínio / lá do bairro onde eu moro”

Em tempos que ninguém mais namora ninguém, essa música chama atenção, soa estranha. Em vez do verbo namorar hoje só se ouve ficar, beijar, sair, pegar… Tudo ficou muito fácil, fútil e, surpreendentemente, superficial. É só pegar e largar – largar e pegar.

Do que fala essa música, então? Claro, fala de um “amor não correspondido”, coisa que parece não existir mais, ao contrário de tempos atrás. Confesso: eu namorei uma colega de aula, mas ela jamais soube. Os nossos caminhos nunca mais se cruzaram e tudo ficou como diz a música: eu namorei Marília, mas ela não me namorou.

Tive muitas outras namoradas. Não iguais a ela – nem tente me acusar de traição ou, pior, me confundir com um Casanova. Eu era apenas um guri tímido e sonhador. As outras namoradas pertenciam a níveis superiores de “platonismo” – cada qual mais distante da realidade.

Namorei minhas professoras particulares – Betinha e Raquel; Maria Helena impunha tamanho respeito que jamais me atrevi. Todas deveriam ter no mínimo o dobro dos meus 8 ou 10 anos. Elas também jamais souberam que as namorei – mesmo Raquel, a mais espertinha.

De casa até o colégio, em pouco mais de quatro quarteirões, perdi a conta de quantas me enamorei. Logo do outro lado da rua, Ângela. Mais adiante, na mesma calçada, Rosane. Ao dobrar a Rua 7 em direção ao Rio Branco, Mônica. Não sofri nem um pouco quando ela me trocou pelo irmão do Renatinho – afinal, como concorrer se ele tinha um Maverick GT.

Ainda namorei outras – também elas jamais me namoraram. A minha infância era rica em garotas lindas, maravilhosas, belíssimas – e isso não era fruto da minha fértil imaginação. A todas elas, hoje senhoras respeitadas da sociedade, o meu mais sincero pedido público de perdão por tê-las namorado – sem permissão.

Minhas desculpas, também, a tantas outras aqui não citadas – faltaria espaço. Aos maridos, filhos e netos, um apelo: não me levem a sério. Liguem-se apenas na música: “Tô namorando aquela mina / mas não sei se ela me namora”. Juro: elas não tiveram nenhuma culpa.

 

05 – COLUNISMO SOCIAL – O jornalista/radialista Gilson Cardoso expressou hoje, na coluna De Olho na Mídia, interessante opinião sobre o colunismo social. Leiam:

 

“Sou leitor de jornal e leio tudo. Tenho respeito por todos que escrevem colunas sociais. Inclusive, tenho amigos e amigas na área. Mas, devo-lhes confessar que algumas colunas estão insuportáveis, por conta das “babações” a certas figuras da cidade. As fotos chegam a sair “repetidas””.

 

Nota do Tio: Prezado Gilson Cardoso, essa opinião é unânime, apesar de as pessoas não externarem em público. Nosso colunismo social é motivo de chacota em qualquer reunião, da igreja ao bar. Apenas os próprios colunistas e a meia-dúzia de colunáveis acham que estão “abafando”. É basicamente aquele tipo de situação onde a pessoa pensa que está “arrasando”, mas na realidade todos estão rindo dela.

 

06 – CASO DE POLÍCIA – Mais um cidadão de Governador Dix-sept Rosado, de família tradicional, se envolve num caso de polícia, desta feita como acusado de integrar uma quadrilha de seqüestradores. É o segundo caso em menos de um ano onde pessoas acima de qualquer suspeita se envolvem em crimes. A situação começa a merecer atenção dos poderes públicos. O que estaria levando nossos concidadãos a se envolverem em fatos delituosos?

 

Ouvindo DOIS, com PAULO RICARDO, encerro esse post.

SEM O PANIS, PELO MENOS O CIRCENSIS

0

 

 

 O estandarte da loucura geral passou. Foram quatro dias sem pecado, onde o circo da liberdade e das loucuras absolutas dançou com uma graça cujo segredo ninguém entende por quê. Depois de muitos anos de contínua carnavalização escrachada, fica oficializado que o Carnaval não pode durar o ano inteiro, pois tudo nasce, agoniza e morre. Mesmo que exista gente com cara de quarta-feira de cinzas o ano inteiro, não esqueçam que Carnaval é uma invenção do diabo que Deus abençoou. Deus e o diabo na terra do sol. Não foram poucas as pessoas que vi desmaiando (sobretudo mulheres), como mostra a foto acima, nem foram poucos os adolescentes dirigindo sem habilitação e totalmente embriagados e também não foram poucos os prefeitos que se locupletaram neste período.

Pelo menos não houve tanta violência, com o ITEP-Mossoró registrando a entrada de nove corpos. A título de comparação, há fins de semana em que o órgão registra 12 mortes violentas. Ainda bem.

 

02 – CAMPANHA DA FRATERNIDADE – Com o tema “Fraternidade e segurança pública”, a Campanha da Fraternidade 2009 inicia hoje em Mossoró com anúncio pelo bispo dom Mariano Manzana. A atividade iniciará às 11h e acontecerá no Salão do Tribunal do Júri do Fórum Silveira Martins. A programação da Campanha da Fraternidade ainda está sendo montada, mas o tema será trabalhado nas missas e em outras atividades da igreja católica para chamar a atenção dos fiéis a problemas como a violência urbana.

Esta é a 45ª Campanha da Fraternidade, que neste ano colocará em discussão a realidade social do povo brasileiro, a segurança pública, da miséria à criminalidade, da violência doméstica aos presídios. O objetivo é dar destaque à promoção da justiça e para a situação socioeconômica-política, marcada pela exclusão e por altos índices de miséria.

Nestes 40 dias que separa o fim do Carnaval e a Páscoa, a Campanha da Fraternidade pretende debater a segurança pública e contribuir para a promoção da cultura da paz nas pessoas, na família, na comunidade e na sociedade. A proposta do tema é o empenho efetivo dos municípios na construção da justiça social.

 

03 – OSCAR – Causou surpresa a escolha de “Quem Quer Ser um Milionário?” como o melhor filme de 2008. Jamais esperava que um filme indiano, de baixo orçamento, pudesse ser o escolhido pela Academia. Isso reforça a tese de que os críticos estão valorizando mais a criatividade do que os altos orçamentos e os modernos efeitos visuais. A película vencedora mostra um adolescente indiano participando de um programa de respostas, bem ao estilo “Show do Milhão”. Além da estatueta de melhor filme, “Quem Quer Ser um Milionário?” ainda ganhou outros sete troféus.

 

04 – RÁDIO – O ex-prefeito Anax Vale continua firme e forte com seu programa “Falando com o Povo”, apresentado em parceria com o radialista Hélio Silva. Em todas as edições há participações de vereadores, líderes políticos e do cidadão comum. O programa serve como um canal de comunicação entre a oposição e a sociedade dix-septiense. (Sábados ao meio-dia, na Difusora).

 

05 – CAMAROTE – Depois de criticar intensamente o ex-prefeito Adail Vale pela instalação de camarotes durante o carnaval, a população ficou na dúvida se o grupo atual também se renderia a este recurso. A maioria, até os correligionários, acreditava que não, mas para surpresa deles foi sim montado um camarote. Pois é, o atual grupo certamente mudou de opinião.

 

06 – FLUMINENSE – Ontem encontrei o promotor Armando Lúcio e este me garantiu que o Fluminense venceria o jogo contra o Botafogo. Pois é, entre os vários dons do dr. Armando, a adivinhação não é um deles.

 

 07 – FOTOS – Abaixo, alguns flagras curiosos feitos durante o carnaval:

 

 

Apesar de ser num sábado de carnaval, muitos torcedores compareceram ao estádio Cel. José Bezerra, em Currais Novos, para acompanhar a partida entre Potyguar e Alecrim.

 

 

Em Caicó teve folião chegando de helicóptero, o que, diga-se, não é muito comum.

 

 

Os anfitriões Milena e Jorge, com o filho João e a namorada Carol. Valeu pela aconchegante acolhida.

 

 

A banda caraubense Saia Rosada comanda a folia da tarde de terça-feira, em Caicó.

 

 

Blitz de foliões, não me lembro onde.

 

 

Carro de som traz frase anunciando o carnaval de Caicó como o terceiro maior do Nordeste.

 

 

Muitas fantasias e acessórios estranhos…O que você acha do cara…

 

 Ouvindo PASSIVE, com A PERFECT CIRCLE, encerro esse post.

Quarta-feira , 25 de Fevereiro de 2009

0

 

Amigos e amigas desculpem-me a ausência nestes últimos dias, é que também sou filho de Deus e me consenti dias de descanso e folia nesse período momesco. Aterrissamos na casa de sítio da minha irmã, Milena Carlos, na cidade serrana de Lagoa Nova (RN), no seridó, onde os termômetros alcançam os 15º C.

 

Apesar do ambiente propício para o descanso, não descuidamos de acompanhar a folia em Caicó, Currais Novos e Cerro Corá.

 

Voltaremos amanhã, em definitivo.

Sexta-feira , 20 de Fevereiro de 2009

0

 

Bum bum paticumbum prugurundum, colombinas e arlequins, “garrafa cheia eu não quero ver sobrar”. hoje é sexta-feira! Já é [quase] carnaval.

E claro que a proximidade com o carnaval não impede a reunião logo mais lá em Carlos Bar, até porque na maioria das cidades o ziriguidum começa a rolar apenas no sábado.

Ei, o que você acha do cara que anuncia no rádio o sumiço do seu cãozinho yorkshire. O cara ainda diz que quem achar será bem recompensado pois “este cãozinho É TUDO pra mim”. Ai, meu Deus, esse ai usa sapato sem cadarço.

E no final de semana um amigo, querendo fazer média com a esposa, sapecou, na frente de todos: “Você pra mim é o Google. Acho tudo que quero em você”. Meu Deus, que coisa…

A consultora de moda Bia Kawasaki disse na IstoÉ Gente que os bigodes estão em voga, cita os exemplos de Brad Pitt e George Clooney. Pois é, nosso amigo João Bosco agora é fashion.

Ao ver aquela quantidade imensa de baitolos durante a chegada de Fafá Rosado à Câmara Municipal, um circunstante sapecou: – Ixe, liberaram os servidores da Fundação Municipal de Cultura e da UPA do São Manoel.

O folclore forense conta que certa vez um advogado questionou pessoalmente um desembargador acerca de uma decisão que ele havia tomado. O causídico sapecou: – Dr. Mas a lei diz isso. O desembargador retrucou: – Lei? Ora a lei!

Tibério, amigo, mulher tem bunda, quem tem bumbum é criança. Pelamordedeus.

Omi que é omi come pão d’água e depois escova a boca com pasta Kolynos. Nada de pão francês nem de creme dental, nem de escovar ôs dentéés

E se o sabão em pó é azul por que a espuma é branca?

Em todos os recantos a turma reclama do liseu, sobretudo os comerciantes e profissionais liberais. Já ouvi muita gente dizendo que passará o carnaval em casa, pois está desmonetarizado. Pois é, esse ano o carnaval caiu numa data ruim para muita gente.

Adão tinha umbigo?

“Nem toda grana me faria trocar o BEM pelo MAL”.

 E vamos ao post.

 

01 – DUPLAS EM MOTOS ATERRORIZAM MOSSORÓ – Os roubos e furtos com uso de motos ocorrem diariamente. O método é sempre o mesmo: o carona desce para praticar o delito e o motorista aguarda a ação com a moto em funcionamento. Encerrada a ação criminosa, a dupla foge sem deixar pistas. Na maioria das vezes as vítimas são pequenos comerciantes, como proprietários de mercearias, salões de beleza, lan houses e armarinhos. Há ainda aqueles que são assaltados nas vias públicas, onde as intercepções ocorrem geralmente nos semáforos e cruzamentos pouco movimentados. Da mesma forma, o caroneiro desce da moto de revólver em punho, anuncia o assalto e leva algum bem da vítima. Quanto às motos, as estatísticas mostram que os meliantes têm até preferência de modelo e cor. As duplas geralmente andam de capacetes e não os tiram quando da prática criminosa, numa forma de esconder o rosto e consequentemente dificultar a posterior identificação. Os furtos e roubos feitos nos moldes acima são bem maiores do que apontam as estatísticas policiais, pois muitas vítimas nem ao menos se ocupam em noticiar o crime (prestar queixa), alegando descrença na atividade policial. O quadro está alarmante, merecendo urgentemente o desenvolvimento de ações por parte da Polícia Militar para coibir a atuação dos bandidos de motos. É necessária a realização continuada e rotineira de blitze para abordar duplas em motos, fazendo revistas e exigindo a documentação, sob pena de retenção para averiguação. O que não pode é o poder público abandonar o cidadão correto a sua própria sorte, sem nenhuma garantia de segurança.

 

02 – CULPA – Que a Caern não presta um serviço satisfatório em Mossoró, isso todo mundo sabe, no entanto, a população também tem sua parcela de culpa. Na semana passada, uma tubulação rompida jorrava água numa rua do bairro Boa Vista, o que causava indignação nos moradores da redondeza. Todos criticavam a “irresponsabilidade” da Caern, o desperdício de água, a administração pública etc. Um morador, até então alheio ao que estava acontecendo, se aproximou e perguntou se alguém ali já havia mantido contato com o órgão. Todos se calaram denunciando um não, daí o morador ligou para a Caern e em meia hora o problema foi resolvido. Viu ai?

 

03 – FRATERNIDADE – A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), organização máxima da igreja católica no país, aguarda a passagem do Carnaval para dar início à Campanha da Fraternidade 2009. Será a 45ª Campanha da Fraternidade e a 36ª com temática social. Este ano não será diferente. A partir da quarta-feira de cinzas, a igreja passará a discutir mais um tema ligado à realidade social do povo brasileiro, a segurança pública, da miséria à criminalidade, da violência doméstica aos presídios. O objetivo é dar destaque à promoção da justiça e chamar a atenção para a situação sócioeconômica-política, marcada pela exclusão e por altos índices de miséria.

 

04 – MOMO – E ai, qual será o babado do carnaval?

 

05 – APARTHEID – De extremo mau gosto esta ideia do prefeito Flávio Azevedo (PMDB), de Nova Cruz, intitular o carnaval da cidade como “carnaval nação bacurau”. Alguém precisa alertá-lo de que a impessoalidade é um dos princípios que norteiam a administração pública, conforme o art. 37 da Constituição Federal. Além do mais, depois das incontinências do senador Jarbas Vasconcelos, a coisa ficou preta para os verdes. O momento é de reflexão, não de esnobação.

 

06 – FALANDO NISSO – Após a entrevista corajosa do senador peemedebista Jarbas Vasconcelos, onde ele lançou dúvidas sobre a probidade dos seus correligionários, estes, mesmo feridos, fingem que as acusações não foram com eles. Ninguém quer vestir a carapuça e assumir a defesa do partido. Muito pelo contrário, o deputado estadual Zé Dias apoiou o senador pernambucano.   

 

07 – CARNAVAL ENTERTAINMENT – Neste período que antecede o carnaval é grande a procura por filmes nas locadoras de DVDs, sobretudo por aqueles que querem manter distância da folia. Para estas pessoas segue adiante uma lista de bons filmes, todos já nas locadoras: O Som do Coração; Ensaio sobre a Cegueira; Vicky Cristina Barcelona; Passageiros; O Sentinela; Com o Pé na Cova; O Clube de Leitura de Jane Austen; Traídos pelo Destino e Óleo de Lorenzo.

 

08 – CASTELOS – E como a moda é castelo, cumpre acrescentar que nosso Rio Grande do Norte possui dois deles: O Castelo Labirinto, localizado no Sítio Novo e que pertence a Zé dos Montes, e o Castelo Bivar, em Carnaúba dos Dantas, de propriedade de José Ronilson Dantas. Tais propriedades chamam à atenção pelo inusitado, até porque castelos são construções típicas da Europa medieval.

 

Castelo Labirinto de Zé dos Montes (Sítio Novo, Rio Grande do Norte): Seu idealizador é José Antônio Barreto – Zé dos Montes, para os vizinhos. O proprietário diz ter recebido de Nossa Senhora, em uma aparição, a ordem para erguer o castelo, que possuiu torres e corredores escuros e estreitos, onde é fácil de se perder. Localização: fica na Serra do Tapuia, a cerca de 10 quilômetros do centro da cidade.

 

 

Castelo de Bivar (Carnaúba dos Dantas, Rio Grande do Norte): Esse também é uma propriedade particular. O dono, José Ronilson Dantas, se atraiu pelo estilo medieval após ver o filme “El Cid”. A estrutura feita de pedra, cercada por muros e com cinco torres arredondadas ainda está inacabada. Localização: próximo ao Rio Carnaúba, em uma colina às margens da RN 288.

 

09 – BLOG NOVO – O Pastor José Raimundo, outrora secretário de Obras do município de Governador Dix-sept Rosado, durante a gestão do ex-prefeito Gilberto Martins, lança-se blogueiro. Pretende trazer notícias sobre o mundo evangélico e sobre a cidade de Governador Dix-sept Rosado, o que, inclusive, já foi feito nos primeiros posts. Acessem. O link já está ai ao lado.

 

10 – VOTOS – Um carnaval com muita paz e tranqüilidade, é o que este blog te deseja.

 

Ouvindo QUEM DE NÓS DOIS, com ANA CAROLINA, encerro esse post.

Juíza baixa portarias que refletirão no carnaval

0

 

A Juíza de Direito da Comarca de Governador Dix-sept Rosado, Welma Menezes, publicou as portarias n.º 05/2009 e 06/2009, que tratam respectivamente do credenciamento e disciplinando os trabalhos dos agentes de proteção, bem como, das regras de acesso de crianças e adolescentes nas festas de carnaval em Governador Dix-sept Rosado. Os agentes de proteção foram nomeados através da portaria n: 04/09 de 11/02/09, expedida pela magistrada, selecionados no processo seletivo ocorrido no último dia 11 de fevereiro, nomeando os seguintes agentes judiciários de proteção: ROBERVAL JUSSIER DE OLIVEIRA MORAIS, CHARLES GLADSON DE OLIVEIRA CARLOS, THIAGO KALLIUS DE OLIVEIRA SILVA, ANTONIO MARCOS DE OLIVEIRA, LÁZARO ALVES DO VALE E FRANCISCO ERMESON SILVESTRE VIEIRA, que trabalharão, por vezes, em conjunto com o Conselho Tutelar do Município . O Conselho Tutelar dará continuidade ao trabalho educativo, no período prévio do carnaval, aos donos de bares, restaurantes, casas de show e congêneres, a fim de fazer um trabalho preventivo com a população. Durante o carnaval haverá o trabalho dos agentes judiciários de proteção ora nomeados, com base nas Portarias baixadas pela magistrada, sobretudo quanto a proibição de venda e fornecimento de bebidas alcoólicas a menores, permanência e entrada os mesmos em festas em ambientes fechados, sobre a proibição de menor na direção de veículos automotor.

 

 

Ontem pela manhã foi realizado na Câmara Municipal o treinamento para os agentes judiciários de proteção, cujos palestrantes/treinadores foram dois agentes de proteção vinculados a Vara da Infância e Juventude de Mossoró. Também se encontravam presentes três membros do Conselho Tutelar e a presidente do COMDICA, ambos de Governador Dix-sept Rosado, e também o Promotor de Justiça Flávio Corte Pinheiro.

 

 

 Esse trabalho do Judiciário e da Promotoria (Ministério Público) com a atuação dos Agentes Judiciários de Proteção, juntamente com o Conselho Tutelar e o apoio da polícia quando necessário, se faz imprescindível, a fim de erradicar a exploração de crianças e adolescentes na prostituição, a entrada e permanência em ambientes festivos pelos quais o Estatuto da Criança e do Adolescente não permite e sem a devida autorização dos pais ou responsáveis (nos casos em que a lei permite) o consumo de bebida alcoólica ou substâncias entorpecentes pelos adolescentes (considerando como tais, criança aquela até doze anos incompletos e adolescente pessoas com idade entre doze e dezoito anos de idade, incompletos)  e a condução de veículo automotor em desacordo com a legislação de trânsito.

 

 

 Os agentes de proteção realizarão trabalho educativo, de advertência e de autuação (auto de infração) daquele que descumprir proibição prevista no Estatuto da criança e do adolescente.

 

Segue abaixo, na íntegra, as portarias 005/2009 e 006/2009.

 

PORTARIA Nº 005/2009

 

EMENTA: CREDENCIA E DISCIPLINA O ACESSO LIVRE E FISCALIZAÇÃO DOS AGENTES DE PROTEÇÃO NO ÃMBITO DA COMARCA DE GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO/RN E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

 

                        A Excelentíssima Senhora Doutora WELMA MARIA FERREIRA DE MENEZES, Juíza de Direito da Comarca de Governador Dix-sept Rosado/RN, com competência jurisdicional junto ao Juízo da Infância e da Juventude desta Comarca, no uso de suas atribuições legais e com amparo no art. 227 da Constituição Federal e ainda os artigos 4º, 6º, 149, 151, 194, todos do  Estatuto da Criança e do Adolescente- Lei 8.069/90 – ECA.

CONSIDERANDO que é dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do Poder Público assegurar, com absoluta prioridade  a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária;

CONSIDERANDO a necessidade de disciplinar o acesso de crianças e adolescentes, desacompanhados dos pais ou responsáveis, em estádios, ginásios e campos desportivos; boates ou congêneres; casa que explore comercialmente diversões eletrônicas; bailes ou promoções dançantes e em espetáculos públicos e seus ensaios; festas carnavalescas em espaço aberto ao publico ou em ambientes fechados, festas juninas e demais eventos onde crianças e adolescentes tenham acesso;

CONSIDERANDO que nesses ambientes e eventos, bebidas alcoólicas são vendidas de forma indiscriminadas, especialmente por parte dos seus proprietários e promotores, constituindo-se esses fatos contravenção penal e infração às normas de proteção à criança e ao adolescente;

CONSIDERANDO que crianças, pessoas de até doze anos de idade, incompletos, e adolescentes, pessoas com idade entre doze e dezoito anos de idade, incompletos, ainda estão em pleno desenvolvimento bio-psicossocial;

CONSIDERANDO ainda, notícias que chegam a este Juízo, da presença de pessoas, inescrupulosas, que fazem uso de outras substâncias entorpecentes nos diversos eventos promovidos neste Município;

CONSIDERANDO a necessidade de coibir a exploração das crianças e adolescentes na prostituição ou outras práticas sexuais ilegais;

CONSIDERANDO a necessidade de fiscalização da portaria anteriormente baixada por este Juízo, acerca da presença de crianças e adolescentes em eventos festivos desta cidade.

 

RESOLVE:

                                  

Art.1º – Credenciar, até ulterior deliberação, 06 (seis) Agentes Judiciários de Proteção Voluntários já selecionados e nomeados por este Juízo, para formação do quadro de  Agentes Judiciários de Proteção, desta cidade, constituído por pessoas inscritas junto ao Conselho Tutelar deste Município, para fiscalizar entidades governamentais e não governamentais, pessoas físicas e jurídicas, bares, restaurantes, boates e congêneres; estádios, ginásios, campos desportivos, casas que explorem comercialmente diversões eletrônicas; espetáculos públicos e seus ensaios e certames de beleza, festas carnavalescas em espaço aberto ao publico ou em ambientes fechados, festas juninas ou em qualquer outro ambiente onde crianças e adolescentes tenham acesso.

§1º – Os Agentes Judiciários de Proteção credenciados por esta Portaria, só podem exercer as suas funções na Comarca de Governador Dix-sept Rosado, compreendido nesta Zona Urbana e Rural.

§ 2º – Ficam os atuais Agentes deste Juízo autorizados a apreender credenciais de Agentes de Proteção de outras comarcas, quando utilizadas de forma indevida.

 

Art. 2º – Cabe aos Agentes Judiciários de Proteção, credenciados por esta Portaria (Lista Anexa), a fiscalização dos estabelecimentos e eventos descritos no artigo 1º, caput, desta Portaria, podendo, para o pleno exercício de suas funções, requisitar força policial.

 

Art. 3º – Os Agentes Judiciários de Proteção, para terem acesso aos recintos mencionados no artigo 1º, caput, deverão portar a sua carteira de identificação do Agente Judiciário de Proteção, expedida por este Juízo.

Parágrafo Único – Os Agentes Judiciários de Proteção, enquanto não forem confeccionadas as carteiras de identificação a que alude o caput deste artigo, terão o acesso mencionado no caput do artigo mencionado, sem a exigência do porte da carteira, bastando portarem cópia desta Portaria.

 

Art. 4º – É oportuno enfatizar que “impedir ou embaraçar a ação de autoridade judiciária, membro do Conselho Tutelar ou Representante do Ministério Público no exercício de função prevista em lei” é crime, cuja pena é detenção de seis meses a dois anos ( art. 236 – ECA).

 

Art. 5º – Constitui ainda infração administrativa “descumprir, dolosa ou culposamente, os deveres inerentes ao pátrio poder ou decorrentes de tutela ou guarda, bem assim determinação da autoridade judiciária ou Conselho Tutelar” (art. 249 – ECA).

 

Art. 6º – Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

 

Art. 7º – Revogam-se as disposições em contrário..

 

Publique-se, fixando-se a presente em locais de grande movimento no Município de Governador Dix-Sept Rosado.

 

Remetam-se vias ao Delegado de Polícia e Promotores de eventos do Município.

 

 Governador Dix-Sept Rosado, 18 de fevereiro de 2009.

 

WELMA MARIA FERREIRA DE MENEZES

Juíza Substituta

 

PORTARIA Nº 006/2009

 

EMENTA: DISCIPLINA O ACESSO E A PARTICIPAÇÃO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES NOS EVENTOS REALIZADOS DURANTE O CARNAVAL DE 2009, NO ÂMBITO DA COMARCA DE GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO/RN.

 

A Excelentíssima Senhora Doutora WELMA MARIA FERREIRA DE MENEZES, Juíza de Direito da Comarca de Governador Dix-sept Rosado/RN, com competência jurisdicional junto ao Juízo da Infância e da Juventude desta Comarca, no uso de suas atribuições legais e com amparo no art. 227 da Constituição Federal e ainda os artigos 4º, 6º, 149, 151, 194 e 244-A, todos do  Estatuto da Criança e do Adolescente- Lei 8.069/90 – ECA,;

CONSIDERANDO a necessidade de disciplinar o acesso e a participação de crianças e adolescentes desacompanhados dos pais ou responsável, nos EVENTOS CARNAVALESCOS DESTA CIDADE (CARNAVAL 2009), bem como, blocos carnavalescos, bailes de carnavais em lugares fechados ou abertos ao público e em trios elétricos, se for o caso;

CONSIDERANDO que o Carnaval é uma festa pública de rua, e que deixa o público infanto-juvenil, à mercê dos mais diversos riscos, inobstante os cuidados do órgão promotor;

CONSIDERANDO que nesses ambientes e eventos, bebidas alcoólicas são vendidas de forma indiscriminadas, especialmente por parte dos seus proprietários e promotores, constituindo-se esses fatos contravenção penal e infração às normas de proteção de crianças e adolescentes;

CONSIDERANDO que crianças pessoas de até doze anos incompletos, e adolescentes, pessoas com idade entre doze e dezoito anos incompletos, ainda estão em pleno desenvolvimento bio-psicossocial;

CONSIDERANDO ainda,  notícias que chegam a este Juízo, da presença de pessoas, inescrupulosas, que fazem uso de outras substâncias entorpecentes nos diversos eventos promovidos neste Município;

CONSIDERANDO a necessidade de coibir a exploração das crianças e adolescentes na prostituição ou outras práticas sexuais ilegais;

 

RESOLVE:

 

Art. 1º – Autorizar os Agentes Judiciários de Proteção desta Comarca, credenciados por este Juízo conforme Portaria, livre acesso em todos os locais necessários, para fiscalizar as entidades governamentais e não governamentais, pessoas físicas e jurídicas, bares, restaurantes, boates e congêneres; ginásios e campos de desportivos, casas que explorem comercialmente diversões dançantes, eletrônicas, espetáculos públicos e seus ensaios, certames de beleza ou em qualquer outro ambiente onde crianças e adolescentes tenham acesso.

 

Art. 2º – As crianças, pessoas de até doze anos de idade incompletos, só poderão participar de eventos em blocos infantis, devidamente acompanhados pelos pais ou responsáveis, enquanto os adolescentes, pessoas com idade entre doze e dezoito anos incompletos, poderão participar de blocos adultos, desacompanhados, desde que autorizados expressamente (autorização escrita) pelos pais ou responsáveis, devendo portá-la durante a realização do evento.

§1º – Havendo desfile de blocos infantis é proibido servir ou vender bebida alcoólicas, nestes, inclusive aos adultos.

§2º – A autorização de que trata o caput deste artigo, deve ser dada pelos próprios pais ou responsáveis.

 

Art. 3º – É permitida a participação de crianças a partir de 07(sete) anos, como foliões em desfile nos blocos de adolescentes e adultos, desde que estejam acompanhados pelos pais ou responsáveis ou portando as devidas autorizações;

§1º – É vedada a participação de crianças até 06 anos em carrinhos de bebês, nos ombros ou qualquer outro meio similar, nos blocos de adolescentes e adultos;

§2º – Fica ainda proibida a participação de crianças e adolescentes dançando, em cima de carros das bandas e de apoio, quanto estes não oferecerem a segurança necessária a estas pessoas.

 

Art. 4º – O adolescente apreendido em flagrante de ato infracional, será desde logo, encaminhado à Delegacia de Polícia Civil desta Cidade, ante a falta da Delegacia Especializada de Atendimento ao Adolescente Infrator, onde será instaurado o procedimento.

I – Após a lavratura do auto de apreensão, ouvidos o adolescente e as testemunhas, apreendidos os instrumentos do ato infracional e requisitados os exames ou perícias necessárias à comprovação da materialidade e autoria da infração. O infrator será imediatamente entregue aos pais ou responsáveis, sob termo de responsabilidade e compromisso de apresentá-lo ao órgão do Ministério Público, exceto quando, pela gravidade do ato infracional e sua repercussão social, deva o adolescente permanecer sob internação para a garantia da sua segurança pessoal ou manutenção da ordem pública.

II – O adolescente flagrado na prática de ato infracional não poderá ser conduzido ou transportado em compartimento fechado de veículo policial, em condições atentatórias à sua dignidade ou que impliquem risco à sua integridade física ou mental.

 

Art. 5º – Os Agentes Judiciários de Proteção, estão credenciados por este Juízo, para atuarem neste Município, inclusive Zonas Rurais desta cidade, poderão fiscalizar blocos, carros de apoio, bares, restaurantes, cigarreiras, vendedores ambulantes, dentro e fora do acesso de foliões dos blocos e trios elétricos carnavalescos, pracinhas e ruas da cidade para o exercício de suas funções, podendo  requisitar força policial se necessário.

 

Art. 6º – Em qualquer circunstância, é proibido servir ou vender bebidas alcoólicas à crianças ou adolescentes, inclusive vender, fornecer, ainda que gratuitamente, ministrar ou entregar, de qualquer forma a essas pessoas, produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica, ainda que por utilização indevida.

 

Art. 7º – É proibido submeter criança ou adolescente, a prostituição ou exploração sexual.

 

Art. 8º – É oportuno enfatizar que “impedir ou embaraçar a ação de Autoridade Judiciária, membros do Conselho Tutelar ou Representante do Ministério Público, no exercício de função prevista em lei” é crime, cuja pena é detenção de seis meses a dois anos (art. 236 do ECA).

 

Art. 9º – O cumprimento desta Portaria, no que diz respeito ao acesso de crianças e adolescentes aos eventos é de inteira responsabilidade de seus promotores.

 

Art. 10 – Esta Portaria entra em vigor na data da sua publicação.

 

Publique-se, fixando-se a presente em locais de grande movimento no Município de Governador Dix-Sept Rosado.

 

Remetam-se vias ao Delegado de Polícia e Promotores de eventos do Município.

 

Governador Dix-sept Rosado-RN, 18 de fevereiro de 2009

 

 

WELMA MARIA FERREIRA DE MENEZES

Juíza de Direito

Habitués e habituées, a atualização de hoje pela manhã, apenas do meio-dia para tarde. Voltem, viu. 

 

 

 

Aviso colocado no almoxarifado da Associação dos Homossexuais de Pelotas-RS.

GOVERNADORA MOSTRA-SE IRRITADA

0

 

01 – Na abertura da 3ª Sessão Legislativa da 59ª Legislatura Estadual, a governadora Wilma de Faria disse que em 2009 não tratará das eleições de 2010. Segundo ela, ficar conjecturando chapas e alianças é um trabalho improdutivo, vazio, que não leva a nada.

O recado teve alvo certo: a imprensa política potiguar. A governadora está coberta de razão, e eu acrescento que a imprensa local deveria ao menos tentar se inspirar nos capacitados profissionais da grande imprensa, que comentam ações administrativas, requerimentos, andamentos de obras, gastos públicos etc.. A turma local, visivelmente amadora e sem inspiração, presta-se apenas a fazem combinações e mais combinações, deixando a divulgação e análise dos atos administrativos a cargo das assessorias de imprensa, que entopem os jornais com matérias iguais. Ao folhearmos os jornais, qualquer um, temos lá as informações administrativas vindas das assessorias e as matérias sobre conchavos feitas pelos jornalistas políticos.

Ainda está por aparecer o primeiro jornalista político investigativo do Rio Grande do Norte.

 

02 – ESPIRRO – Às vezes estamos em alguns ambientes onde devemos evitar o espirro, sobretudo em lugares fechados e durante aparição na imprensa vista e falada. Pois é, tenho uma dica infalível para evitar o espirro. Ao sentir que irá espirrar morda o lábio até sentir um pouco de dor, tal gesto faz com que o cérebro cuide da dor – que é mais urgente – e “esqueça” o espirro.

 

 03 – TIO COLORAU HISTORY – Em 1971, Idi Amin Dada deu um golpe de estado e se declarou presidente vitalício de Uganda. Sua gestão foi até 1979, quando ugandenses rebelados lhe tomaram o poder. Durante seus oito anos a frente do país o ditador mandou executar mais de 300 mil pessoas. Idi Amin Dada, após sair do poder, foi para o exílio na Arábia Saudita, onde morreu em 2003, de causas naturais.

 

04 – TIO COLORAU ENTERTAINMENT – Ontem assisti ao filme Frost/Nixon **** (2008). Era o filme que faltava eu assisti dos cinco que concorrem ao Oscar de melhor filme de 2008. A película mostra a dramática entrevista do presidente americano Richard Nixon ao apresentador de TV britânico David Frost logo após o escândalo político de Watergate, em 1972. Assim como os outros concorrentes, Frost/Nixon é um filme que preza pelos bons diálogos, pela riqueza de informações, pelo resgate histórico etc.

É visível a intenção da academia de valorizar os chamados filmes autorais em detrimento dos filmes recheados de ação e efeitos especiais. Sem dúvida, uma mudança conceitual de qualidade bastante interessante.

 

05 – DICA – Para quem pretende comprar cerveja para o tríduo momesco, sobretudo para consumir nos blocos, aviso que amanhã o Atacadão venderá a latinha de Bohemia a R$ 1,05 a unidade, saindo a caixa com 12 por R$ 12,60. 

 

06 – NA FILA – Caso o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes deixe o cargo, o deputado potiguar Henrique Alves, aquele da Playboy, assumirá o cargo. É uma espécie de primeiro suplente.

 

07 – CARNAVAL – Desde ontem e até amanhã, funcionários e pacientes do Hospital São Camilo de Lélis estão promovendo festas alusivas ao carnaval, com fantasias, músicas e tudo o que caracteriza o período momesco. TÁ SENDO UMA LOUCURA!

 

08 – CONHEÇA SEUS DIREITOS – Logo mais à noite haverá edição ao vivo do programa Conheça seus Direitos, onde o advogado Ailson Fernandes tratará do assunto “bem de família”. Na apresentação, o jornalista Marcos Antônio.

 

09 – CANAL – Os vereadores Lahyre Neto e Francisco José Júnior vêm atualizando seus blogs rotineiramente. Sabem que é na internet onde podem encontrar nossos jovens. O político que tem visão deve imediatamente entrar no meio cibernético, seja através de um blog, de comunidade no Orkut etc. É muito difícil ver um jovem de 15, 16 anos lendo jornal ou revista, no entanto, eles estão diariamente na internet. na foto acima,os vereadores Lahyre Neto e Francisco José Júnior numa única imagem.

 

 

10 – DEFORMAÇÃO – A socialite Jocelyne Wildenstein fez tanta plástica que acabou deformada. A mulher parece um mostro. A busca pela face perfeita pode acarretar nestas anomalias. Viu ai Robinson Faria?

 

11 – AGRADECIMENTO – Tio Colorau agradece penhoradamente ao conceituado jornalista Carlos Santos, pelas palavras elogiosas direcionadas a este espaço. Ótimo saber que somos lidos por pessoas tão atiladas.  

 

Ouvindo NÃO COMPRE, PLANTE!, com PLANET HEMP, encerro esse post.

OS SMURFS E AS HORAS-EXTRAS

0

 

01 – A turma azul está atarantada, tudo por causa das verdades colocadas nos blogs (sobretudo Carlos Santos e Evânio Araújo), verdades estas incomuns de se ver por ai. Os azuis, julgando que somos bocós, dizem que os servidores municipais efetivos estão querendo receber horas-extras não trabalhadas.

 Vamos aos fatos como realmente são:

 

No início de janeiro o prefeito Gustavo Rosado mudou o horário de funcionamento do serviço público, tudo com o fim de beneficiar os comissionados – como sempre. Ao invés de dois expedientes, a turma cumpriria apenas um expediente, das 7h às 13h. Ocorre que a regra valeu em sua integridade para os comissionados, mas apenas na teoria para os efetivos, pois a prefeitura continuou exigindo destes que trabalhassem, e muito, durante os dois expedientes, com controle sendo feito a partir de Tibau, via celular. Os servidores chegavam às 07h e só “largavam” às 17h. Assim, os efetivos entendem que este expediente, das 13h até às 17h, deve ser considerado como horas-extras. Ora, inteligente leitor, é claro que eles estão certos. Se o horário é até às 13h e eles trabalham até às 17h, o excedente representa horas-extras. Além do mais, se os servidores baterem à porta da Justiça do Trabalho a coisa pode piorar, vez que o trabalho extra não pode ultrapassar as duas horas diárias.

 

 02 – VOCÊ LEU? – Ontem, durante o beija-mão dos prefeitos do PMDB com a governadora Wilma de Faria (PSB), o que a turma mais se indagava era acerca da entrevista que o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) concedeu à revista Veja. Apesar de peemedebista, Jarbas colocou sem cuspe nos colegas de partido, sobretudo a turma nordestina. Segundo ele, o PMDB é um partido sem bandeira, sem norte. Disse textualmente: “(…) a maioria dos peemedebistas se especializou nessas coisas pelas quais os governos são denunciados: manipulação de licitações, contratações dirigidas, corrupção em geral. (…) Boa parte do PMDB quer mesmo é corrupção”.

 

Ixe Maria, resta agora aos líderes regionais do partido contradizerem o senador pernambucano ou se calarem para sempre em sinal de consentimento.

 

03 – CONCURSO – Estão abertas as inscrições para Defensor Público no Pará. O vencimento é de R$ 10 mil.

 

04 – SEMANA PEDAGÓGICA – Ontem começou a tradicional semana pedagógica de Caicó, na região do Seridó. Incomum em nossa região, as semanas pedagógicas são excelentes oportunidades para entender e refletir sobre os métodos educacionais, valorizando a interação entre professores, alunos, pais e toda a sociedade. Fica a sugestão para que os prefeitos da região sigam o exemplo do prefeito de Caicó, Bibi Costa, que corretamente investiu no evento.

 

05 – UNIMED MOSSORÓ – Na avaliação de desempenho feito pela Agência Nacional de Saúde Suplementar(ANS), através do Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS), a Unimed Mossoró ficou na terceira faixa, que vai de 0,40 a 0,59, o que representa desempenho apenas regular, vez que o índice vai de 0 a 1. A Unimed Mossoró conta com 22.619 beneficiários (dados de outubro de 2008). A Unimed Natal ficou na mesma faixa. Na capital, o número de beneficiários chega a 108.204.

 

06 – AUDIÊNCIA – Amanhã terá audiência eleitoral em Governador Dix-sept Rosado, mais um dia com concentração de curiosos nas imediações do fórum. A audiência será na Ação de Investigação Judicial Eleitoral promovida em desfavor da candidata Lanice Ferreira (PMDB). O processo caminha para seu desfecho. Aos dois lados estão confiantes numa sentença favorável.

 

07 – CONTADOR DE HOMICÍDIOS – A 17ª vítima de homicídio em nosso município foi Romildo Nonato do Nascimento, 32 anos, residente no bairro Santo Antônio, onde o crime ocorreu no último sábado.

 

Ouvindo LIBERDADE PRA DENTRO DA CABEÇA, com NATIRUTS, encerro esse post.