ASSESSOR DA UERN ESCLARECE NOTA PUBLICADA NESTE ESPAÇO

1
74

 

O amigo Neto Queiroz, diretor da AGECOM (UERN), escreve ao blog para esclarecer nota aqui publicada na manhã de ontem sob o título “UERN interrompe curso e deixa alunos na mão”

 

Escreveu Neto Queiroz:

 

A UERN foi procurada pelo INCRA para oferecer em regime especial um curso de graduação aos estudantes concluintes do ensino médio oriundos das áreas de assentamentos rurais. O objetivo do INCRA era oportunizar aos filhos destas famílias um curso superior. O projeto chamou-se PEDAGOGIA DA TERRA, num convênio em que o INCRA entrava com os recursos e a UERN com a parte educativa.

 

É bom salientar que os professores e os técnicos que trabalham no Pedagogia da Terra, têm carga horária extra para isso, fora da carga horária normal deles, e por isso precisam ser remunerados.

 

A UERN apresentou os custos do convênio ao INCRA que aceitou os termos.

 

Pois bem, eis que no ano passado, com o curso em andamento, o INCRA alegando entraves burocráticos, por conta de divergências com o MEC, avisou que não tinha como repassar os recursos do convênio. Ou seja, deixou a UERN na mão.

 

Ainda por seis meses a UERN manteve o curso em andamento, comprometendo seu custeio para arcar com despesas que não estavam previstas, visto que o INCRA simplesmente deixou de repassar os recursos.

 

Os alunos entraram na Justiça pedindo que o curso continuasse, o que é perfeitamente legítimo e natural.

 

O problema é que a UERN não tem orçamento previsto para este fim, não há rubrica destinando este tipo de pagamento, uma vez que se esperava que o INCRA fizesse sua parte.

 

O fato é que enquanto se cobra da UERN o retorno do curso, devia-se fazer a mesma cobrança ao INCRA que “vendeu seu peixe” nas comunidades rurais anunciando a oferta do curso em convênio com a UERN e  até agora está sem receber nenhum questionamento.

 

A UERN está empenhada em buscar uma solução para o problema, compreende a necessidade de que os alunos possam concluir seu curso, no entanto está aguardando que o INCRA assuma sua responsabilidade e cumpra com o convênio integralmente.

 

 Atenciosamente

 

Neto Queiroz

Diretor da AGECOM

 

Nota do Tio: Muito obrigado pelos esclarecimentos. Este espaço está a sua disposição. Também torço para que o INCRA e a UERN cheguem a um consenso.

 

1 comentário

  1. Caros Jornalistas Erasmo Firmino e Neto Queiroz,
    Boa noite.
    Fui procurado na Câmara Municipal por estudantes de assentamentos que cursam a Pedagogia da Terra que me passaram a situação. Fiz contato com o Reitor Dr. Milton Marques e com o Superintendente do INCRA no Estado Sr. Paulo Sidnei. Pelo que pude constatar o problema esta ocorrendo em virtude do não repasse de dinheiro pelo INCRA, sendo que o Superintendente afirmou que ainda este mês ou no mais tardar no próximo este problema será resolvido.
    Um abraço.
    Genivan Vale

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome