Racionalidades – 30ª edição.

0

BETO x MINEIRO – Após o resultado das eleições, vê-se que ainda falta uma peça para completar o quebra-cabeça. Trata-se de uma querela envolvendo o candidato Kericlis Ribeiro (PDT), o famoso Kerinho, que teve 8.990 votos no último pleito, mas que estes não foram computados como votos válidos.

A coligação 100% RN vem tentando validar os votos na Justiça Eleitoral. Caso consiga haverá uma mudança na lista de eleitos, sairá Fernando Mineiro (PT), da coligação Do Lado Certo, e entrará Beto Rosado (PP).

A cada movimentação processual as torcidas se animam, sempre impulsionadas por setores da imprensa desejosos por um ou por outro. Neste assunto específico nossa imprensa potiguar está dando uma aula de mau jornalismo, salvo exceções. A torcida é escancarada.

Voltando ao caso, observo que se a questão se resumisse às leis e às normas o resultado não seria alterado. Kerinho deixou de apresentar no prazo estipulado um documento necessário para concorrer ao pleito, o que acarreta indeferimento do registro de candidatura. Simples assim.

Como não somos crianças, sabemos que outras questões são levadas em consideração quando se trata de uma decisão que envolve algo tão importante como uma cadeira no Congresso Nacional. É briga de cachorro grande, com muitos personagens por trás.

Apesar de o direito de Kerinho ser muito ruim, não duvido que seus votos sejam validados e que o mossoroense Beto Rosado (PP) mantenha-se na Câmara dos Deputados.

*

NOVA OPORTUNIDADE – Caso Beto Rosado (PP) permaneça na Câmara dos Deputados, espero que ele não CONTINUE nos decepcionando. Em todas as votações importantes ele ficou contra o povo.

Alguns mossoroenses dizem que preferem Beto a Mineiro, pelo fato daquele ser da nossa cidade, e que por isso trabalhará pelo seu povo. Quando peço para eles informarem alguma ação de relevo do deputado em prol do município nos últimos quatro anos, estas pessoas se calam.

De qualquer modo continuará sendo um deputado visto nacionalmente como do baixo clero, apagado, sem atuação destacada.

*

MINEIRO – Caso a vontade do eleitor seja respeitada e Fernando Mineiro (PT) assuma uma cadeira na Câmara Baixa, acredito que sua atuação deverá ser semelhante a de Fátima Bezerra (PT), com uma pitada a menos de estridência. O petista tem tudo para se destacar como um forte oposicionista ao governo de Jair Bolsonaro (PSL).

*

CÂMARA MUNICIPAL – Caso a onda pró-Bolsonaro continue pelos próximos dois anos, o que depende muito de seu governo, a população mossoroense deverá eleger uns dois ou três vereadores mais ligados ao espectro da extrema-direita. Por ora não consigo vislumbrar nenhum nome. Vejo um espaço à procura de ocupantes.

*

OAB – Dia desses me encontrei casualmente com um advogado bastante conhecido em Mossoró. Perguntei-lhe sobre as eleições. Ele respondeu que acompanhava de longe, que estava triste com a omissão da OAB como um todo, tanto nos problemas nacionais como nos problemas estaduais e locais. “Você só encontra atuação social da OAB nos livros de história, nas bibliotecas; se é que ainda existem bibliotecas”, disse-me, num misto de desabafo com decepção.

Infelizmente tive que concordar com ele. Em Mossoró, a última vez que vi uma OAB atuante foi na presidência do advogado Humberto Fernandes.

*

COMBUSTÍVEL – Pela primeira vez em vários anos estou vendo alguma concorrência entre os postos de combustíveis em Mossoró. É possível encontrar variação de até R$ 0,20 por litro de gasolina entre um posto e outro.

Apesar disso, o litro de gasolina na vizinha Governador Dix-sept Rosado continua sendo mais barato do que o menor preço oferecido em Mossoró. Os postos daquela cidade vendem o livro da gasolina aditivada por R$ 4,57.

*

PODCASTS – Tudo começou com o podcast “Presidente da Semana”, da Folha de S. Paulo, que contou a história de todos os presidentes republicanos, desde Deodoro da Fonseca até Jair Bolsonaro. Cada presidente um episódio com duração média de 40 minutos, um deleite para quem gosta de história.

Encerrados os episódios, passei a procurar outros podcasts que poderiam me agradar. Descobri uma fonte imensa deles, dos mais variados assuntos, tendências e tamanhos. Arrependi-me de não ter entrado antes na vibe dos podcasts, que são arquivos de áudios disponíveis em sites e tocadores de músicas, como Deezer e Sportify.

Como são áudios, você não precisa parar para ouvi-los. Assim, dá para escutar no banho, na direção, enquanto cozinha etc. Há podcasts sobre política, futebol, história, filosofia, cinema, humorísticos, TV e famosos etc.

Particularmente, o que mais tenho escutado é o Foro de Teresina (semanal), apresentado pelos jornalistas da revista Piauí; tem também o podcast do Estadão (diário); o espetacular Mamilos (semanal); o Podcast com PHA (diário); e o Petit Journal (diário). Há centenas de outros, os quais você pode encontrar nos aplicativos Sportify e Deezer, inclusive divididos por categorias. É um mundo de informação.

*

O QUE SERIA? – Ontem, em pleno pingo do meio-dia, o vereador Alex do Frango (PMB) foi visto fotografando a faixa de pedestres localizada em frente ao Banco Nordeste, no sentido de quem vem dos Correios. Na oportunidade estava acompanhado por dois assessores. Fiquei curioso. Não há nada ali que mereça registro. Alguma pista?

*

EFEITO CASCATA, SQN. – Quando o Senado Federal aprovou aumento superior a 16% para ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), a imprensa logo alardeou que haveria um efeito cascata, e que todo o Judiciário seria beneficiado. Não é bem assim. De fato, há cargos cujos subsídios são atrelados aos recebidos por ministros do STF, mas estes representam a minoria. A grande massa de servidores do Judiciário continuará com seus vencimentos inalterados, a não ser que haja alguma majoração por outro motivo.

*

CAMPANHA SOLIDÁRIA – O personal trainer Cléber, da academia Biofit, promoverá um aulão solidário de circuito no próximo dia 01º de dezembro, um sábado, às 10h. O que for arrecadado será destinado ao abrigo Amantino Câmara. A aula será na própria Biofit. Quem quiser participar da aula deverá chegar com antecedência ao local, levando um dos itens acima listados.

O treino de circuito movimenta vários grupos musculares do corpo, sendo atualmente um dos mais recomendados pelos educadores físicos. Quem ainda não conhece, eis uma oportunidade única para fazê-lo. Estaremos lá.

*

SERRA DO MEL – Aconteceu na última segunda-feira, 19, no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município de Serra do Mel (RN), a apresentação dos candidatos e candidatas concorrentes ao concurso “Rei e Rainha do Caju 2018”.

O concurso está sendo resgatado pela atual gestão do prefeito Josivan Bibiano de Azevedo (PR), que valoriza tradição e valores, além de ser um momento contagiante.

O evento acontece no próximo dia 30 de novembro.

*

ESCOLA SEM PARTIDO – Quando se fala em educação, parece-me que a maior preocupação do futuro governo Bolsonaro (PSL) é a chamada Escola sem Partido, a qual prevê, entre outras coisas, a fixação de um cartaz em cada sala dizendo os assuntos que o professor não pode tratar.

Francamente, é inadmissível que o futuro presidente eleja como prioritário um tema que muitos consideram irrelevante, até porque nem se sabe se realmente existe, o que torna até difícil defini-lo.

Caso haja excesso por parte de algum professor, que se analise o caso concreto. Criar uma “escola sem partido” no abstrato nada mais é do que censura. O próximo passo deverá ser o resgate de matérias contemplativas do governante, como Educação Moral e Cívica e OSPB.

*

DADOS IRREAIS – Equipamentos de academia e aplicativos para smartphones superestimam a queima calórica em 93% dos casos. É o que aponta um estudo da revista Journal of Personalized Medicine. Os gadgets tipo relógio são os que mostram os resultados mais próximos da realidade.

*

DIVULGAÇÃO:

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas para o número 99648-2588 (WhatsApp).

O dramático Caso Kerinho: quem vai ficar no “cheirinho”?*

0

*Emerson Linhares

A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida. Vinícius de Moraes

Brasileiro é especialista em dramaticidade, tanto que os maiores produtos de “exportação” da robusta rede de televisão do país, a Globo, são novelas. A dramática Escrava Isaura, por exemplo, baseada no livro homônimo publicado em 1876 e de autoria de Bernardo Guimarães, virou hit na platinada em 1976, quando foi ao ar o primeiro capítulo que conta a história de uma jovem mulher, em verdade “uma escrava branca, da cor do marfim, magra, estatura pequena, cabelos longos, muito bonita, pura, virginal, possuía um caráter nobre, inteligente, era dotada de natural bondade e muito singela de coração, além disso, sabia ler e escrever, falava italiano, francês e tocava piano”¹.

Então pense num tom altamente dramático haja vista ter sido o Brasil um país dolorosamente escravagista, porém de negros, e de repente o leitor de 1876 se depara com essa narrativa… E foi justamente essa história dramática que catapultou a carreira da atriz brasileira Lucélia Santos rumo às estrelas. Escrava Isaura foi um grande sucesso de audiência em mais de 80 países, inclusive na China.

Essa teledramaturgia se incorporou tanto a vida do brasileiro que existe uma máxima de que “a vida é uma novela”, tal a proximidade do que é fictício com o que é realidade. Não poderia ser muito diferente até porque a base dos trabalhos é a própria vida em sociedade.

Mas saindo do campo da ficção e adentrando o enredo novelesco político e que tem ganhado contornos de dramaticidade esses dias é o Caso Kerinho, apelido do candidato a deputado federal nas Eleições 2018, Klericlis Ribeiro Alves, que saiu das urnas eletrônicas com quase 9 mil votos (resumo sobre o caso)² porém teve sua candidatura indeferida em 12 de setembro passado. Mesmo assim concorreu. É justamente essa votação sub judice de Kerinho que pode devolver ao deputado federal Beto Rosado a cadeira na Câmara dos Deputados, porque sem os votos de Kerinho o deputado será o petista Fernando Mineiro.

O que poderia ser tão simples, ou seja, a afirmação da Justiça Eleitoral de que Kerinho não apresentou os documentos dentro do prazo legal, virou enredo de novela quando a defesa do candidato apresentou um laudo atestando que entregou os documentos dentro do prazo estabelecido em lei.

Já para o deputado Beto Rosado, que obteve 71.092 votos, a sua permanência em Brasília reside nas “cenas dos próximos capítulos”, onde a discussão poderá ser em torno de uma certidão de quitação eleitoral que Kerinho não consegue apresentar por conta de uma possível falha no sistema da Justiça Eleitoral (somos escravos da informatização?) ou se o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) irá admitir a juntada de novas provas, contrariando a jurisprudência da Súmula 24.

Finalizando, não menos dramática será a final do Campeonato Brasileiro de Futebol para o Flamengo. Com a pecha de sempre ficar no “cheirinho”, o Flamengo se apega a todos os santos para poder fugir de mandingas e apresentar em campo provas de que tem perfil de campeão. Já no tapetão político, só nos restar perguntar: quem vai ficar no “cheirinho”: Beto Rosado ou Fernando Mineiro?

Emerson Linhares é Diretor de Jornalismo e Programação da Rádio Difusora de Mossoró, bacharel em Direito e estudante de Pós-Graduação em Direito Previdenciário.

¹ DANTAS, Gabriela Cabral da Silva. “A Escrava Isaura”; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/litera…/a-escrava-isaura.htm> . Acesso em 21 de novembro de 2018.

² https://www.blogdobg.com.br/caso-kerinho-resumimos-para-voce-exatamente-o-que-aconteceu-em-18-topicos-as-319-paginas-que-contam-a-luta-por-um-mandato-de-deputado-federal-no-rn/?fbclid=IwAR1uS4n-FNwsjXAudJg4X3JWU8wGsiiDAaTHqqm6smo30yedoNLFsReH8_8

Eleição para presidência de Câmara Municipal gera palpitante debate jurídico

2

Na última quinta-feira, dia 08 de novembro, ocorreu na Câmara Municipal de Governador Dix-sept Rosado (RN) a sessão para escolha da Mesa Diretora daquela Casa para o biênio 2019/2020. A atual presidente, vereadora Simara Dantas (PHS)(foto), havia se lançado candidata à reeleição. A outra candidatura registrada foi a da vereadora Zineuda Macedo (MDB).

A câmara municipal do município tem NOVE vereadores. A candidatura de Simara tinha cinco votos anunciados. Além do dela, os dos vereadores Brejeirinho (PSB), Chagas Cruz (PSD), Dener Pio (PP) e Vandinho (PR).

Zineuda Macedo (MDB) tinha o apoio de Mundinho Roseno (PHS), Ed Júnior (PROS) e Davi Marcolino (PROS).

Na manhã do dia da eleição, contudo, ocorreu um evento celebrativo e biológico que poderia alterar seu resultado. A presidente da Casa e candidata à reeleição deu à luz. A sessão estava marcada para às 16h.

O zunzunzum na cidade começou: haveria sessão? Haveria votação? O suplente de Simara, Neto da Pedra (PHS), assumiria sua cadeira? A candidatura de Simara continuaria valendo? Em quem Neto da Pedra votaria? Em suma, aparentemente um nó górdio.

Coisa de 13h falei com Simara pelo aplicativo WhatsApp. Basicamente repassei as perguntas acima. Ela respondeu que o médico havia autorizado sua ida à sessão (foi parto normal), e que provavelmente ela iria. Pediu, contudo, que eu não divulgasse a informação, pois poderia acontecer algum imprevisto.

Em resumo, ela foi e conseguiu à reeleição. Como esperado, ganhou por cinco votos contra quatro.

A polêmica começa agora.

Alguns vereadores da chapa derrotada começaram a questionar a validade do resultado, alegando que Simara Dantas não poderia ter ido pra sessão na qualidade de vereadora, e muito menos votar, vez que entrou em licença-maternidade a partir do nascimento do filho, e que o primeiro suplente, Neto da Pedra, passou a ser vereador desde o parto.

Logo, surge a grande pergunta: a licença-maternidade é um direito ou um dever? No caso presente, a vereadora optou por não usufruir da licença-maternidade. Ela poderia fazer isso?

O blog ouviu algumas pessoas da seara jurídica. Umas disseram que a vereadora não pode ser obrigada a usufruir da licença-maternidade; já outros disseram que se trata de um dever, pois se busca preservar o direito do bebê etc.

A questão mostra como o direito é complexo e que depende muito de interpretação.

OBS. Particularmente entendo que a abdicação da licença-maternidade não prejudica ao bebê, desde que seja reservado o tempo para amamentação.

Racionalidades – 29ª edição.

0

AUMENTO DO TETO – Na última quarta-feira (07) o Senado Federal aprovou o reajuste de 16,38% nos vencimentos dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e do procurador-geral da República. Com o aumento, os vencimentos dessas autoridades passam de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil, valor este que passa a ser o teto (ao menos na teoria) do funcionalismo público.

Ao defender o aumento, o senador Romero Jucá (MDB-RR) disse que o reajuste não traria maiores consequências ao orçamento, vez que há um teto de gastos com o Judiciário, e o aumento não ultrapassa este teto.

O senador Cristóvão Buarque (PPS-DF) se posicionou contra. Disse que aquilo era uma irresponsabilidade, e que os senadores estavam jogando uma bomba no próximo governo. Alertou ainda para o efeito cascata do aumento.

Aprovado por 41 a 16, o projeto segue agora para o presidente Michel Temer (MDB), que poderá sancioná-lo ou vetá-lo.

*

VANDALISMO – Na última terça-feira Mossoró amanheceu com a notícia de atos de vandalismo em quatro prédios da cidade, todos com vidraças quebradas por paralelepípedos. Foram vítimas dos atos o Teatro Municipal Dix-huit Rosado, a agência Estilo do Banco do Brasil, a concessionária Moto Oeste e a unidade da Receita Federal na Alberto Maranhão.

Nenhum item foi levado dos lugares acima. Tratou-se unicamente de vandalismo. Custa-me entender que sentimento move uma pessoa para cometer tais atos. Ruindade pura e simples? Inveja? Revolta? Loucura? O quê?

*

MENOS PREÇO – O DIEESE pesquisou o preço da cesta básica em 18 capitais do país. O menor valor foi observado em Natal, R$ 329,90, uma diminuição de 0,12% em relação a setembro. A cesta mais cara é a de Florianópolis (SC), R$ 450,35.

*

ENCONTRO E MOTIVAÇÃO – O Tribunal de Justiça, em mais uma ação de promoção e valorização dos servidores e magistrados que compõem o Poder Judiciário do Rio Grande do Norte, promove nessa sexta-feira, 09, Iº Encontro Regional de Servidores, que acontecerá no Tribunal do Júri do Fórum Silveira Martins.

Destinado a Servidores e Juízes diretores de foro das comarcas do Rio Grande do Norte, o evento servirá para a apresentação de Metas e Produtividade, para falar da importância do PJe, sobre as funcionalidades da ferramenta GPS-Jus, entre outros assuntos ligados diariamente ao trabalho dos servidores do Judiciário potiguar.

Em Mossoró, os servidores serão homenageados pela atual gestão do Judiciário potiguar em um evento especial, que contará com apresentação do Coral Santa Luzia do Colégio Diocesano. Para encerrar o encontro, o auditor fiscal do município de Natal, Wander Franco, fará uma palestra sobre “Motivação no Setor Público”.

Wander Franco, que é deficiente físico, tem se notabilizado em promover palestras sobre este tema, como instrumento de transformação pessoal e essencial ao pleno exercício público.

Segundo o palestrante, o serviço público, que, por si só, já se reveste de uma importância ao realizar a comunicação do cidadão com o Estado, “é tomado como um belo desempenho social”. Pontos individuais do funcionário público como, por exemplo, a autoestima, ajuda ao próximo, desenvolvimento da carreira pessoal, atividades extraprofissionais, serão evidenciados durante a palestra, numa abordagem direta e descontraída.

*

MAPEAMENTO DO CÂNCER – A partir de 22 de dezembro os hospitais públicos e privados serão obrigados a comunicar novos casos de câncer ao Ministério da Saúde. A medida visa mapear a doença no Brasil, a fim de otimizar a distribuição de recursos e campanhas de prevenção. Atualmente, apenas um terço dos hospitais enviam as informações.

*

ESQUECIMENTO – O Alzheimer começa no hipocampo, região do cérebro responsável pelas memórias recentes, por isso é comum ver pacientes, no início da doença, esquecerem fatos ocorridos há algumas horas, mas se recordarem de episódios ocorridos na infância. Com o tempo, a doença se espalha para o resto do cérebro, apagando assim todo tipo de memória.

Lamentavelmente o Alzheimer não tem cura. Além disso, não houve quase nenhum avanço da indústria farmacêutica para tratar a doença nos últimos 15 anos. Tentativas não faltaram, 244 novas drogas foram testadas, mas apenas uma teve alguma eficácia comprovada.

Por enquanto, o melhor mesmo é se prevenir. Fazer palavras cruzadas é um excelente exercício.

*

TOP POLUIÇÃO – Rio de Janeiro, capital, é a cidade mais poluída do país, com 64 microgramas de poluentes por metro cúbico de ar. Em seguida vem Cubatão (SP)(48), Campinas (SP)(39), São Paulo (SP)(38) e Curitiba (PR)(29).

*

TOP PESO – Rio Branco, no Acre, é a capital com mais pessoas acima do peso, 60,6%. Em seguida vem Campo Grande (MS)(58%). Na terceira colocação fica nossa querida Natal (RN), com 56,5% dos moradores em briga com a balança.

*

MUNDO ÁRABE – Na última segunda-feira haveria uma reunião entre autoridades e empresários brasileiros com o presidente do Egito, Abdel Fattah el-Sisi. Na pauta, a relação comercial entre os dois países. De última hora o Egito cancelou a reunião sem dar maiores explicações. Acredita-se que a recuada tenha a ver com as declarações do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) sobre a mudança da embaixada do Brasil em Israel, assunto caro para o mundo árabe.

O Brasil é o maior exportador do mundo de carne halal, produzida e abatida seguindo várias regras sugeridas e auditadas pelos muçulmanos, uma delas é que o animal, na hora do abate, tem que estar voltado na direção da cidade sagrada de Meca.

Por ano, a balança comercial com o mundo árabe tem superávit de US$ 7,1 bilhões para o Brasil.

As relações entre o nosso país e o mundo árabe tendem a desmoronar caso o presidente eleito insista na ideia de transferir a embaixada em Israel de Tel Aviv para Jerusalém.

*

VERÃO DAS ANTIGAS – Já começaram as vendas para o evento mais esperado do ano em Tibau (RN), o Verão das Antigas, uma festa para reencontrar velhos amigos, um público adulto, que tem como único foco se divertir e rememorar os carnavais de outrora. Neste ano a atração principal será a banda É o Tchan, que representa perfeitamente o espírito do evento.

O primeiro lote começará a ser vendido hoje, na Vexx, que funciona no Bethânia Mall, Avenida João da Escóssia. A festa será no clube Álibi, dia 04 de janeiro.

*

TESTADO E REPROVADO – O economista Paulo Guedes, futuro ministro da Fazenda, pretende implantar no Brasil o modelo previdenciário chileno, adotado naquele país em 1981.

Ocorre que o modelo se mostrou ineficiente, e já tramita no legislativo daquele país um projeto para alterá-lo. Matéria completa sobre esse assunto você pode ver no site brasileiro do jornal El País.

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas para o número 99648-2588 (WhatsApp).

Justiça do Trabalho de Mossoró determina retorno de gerente de banco às suas funções.

0

Um funcionário que entrou no Banco do Brasil mediante concurso público, exercendo inicialmente o cargo de escriturário, foi conseguindo ascender profissionalmente na instituição bancária, chegando ao posto de gerente geral da agência de Lavras da Mangabeira (CE).

Naquela cidade, o banco passou a cobrar metas humanamente impossíveis de serem alcançadas, isso por causa da pobreza do local, da crise econômica e financeira que abalou o país, entre outras razões. Para piorar, a agência foi desativada após ser destruída durante uma tentativa de furto.

Após a desativação, o atendimento bancário da cidade passou a ser realizado na própria casa do gerente, em condições bastante precárias. Num segundo momento a prefeitura cedeu uma sala aos funcionários do banco, mas o imóvel não tinha condições de abrigar toda a estrutura bancária. Assim, os serviços mais complexos eram realizados ou finalizados na agência de Várzea Alegre (CE).

Mesmo com tantas adversidades, as cobranças de metas não cessaram. Temendo perder o emprego, o gerente lançou-se de um artifício vetado pelo banco, mas que NÃO CAUSOU NENHUM PREJUÍZO à instituição, muito pelo contrário. Ele decidiu compartilhar uma de suas senhas com outros funcionários, para assim ser mais fácil cumprir as metas, numa operação que envolve questões técnicas e interna corporis difíceis de serem explicadas aqui.

Ao descobrir a ação, o banco decidiu demitir o funcionário por justa causa, alegando irregularidades e improbidade na prestação de serviços. O desligamento aconteceu no último mês de março.

Inconformado, o gerente decidiu acionar a Justiça do Trabalho, alegando especialmente a pressão para o cumprimento de metas inalcançáveis, o que o forçou a lançar-se do artifício do compartilhamento de uma de suas senhas.

Em decisão divulgada no mês passado, o juiz Vladimir Paes de Castro, da 1ª Vara do Trabalho de Mossoró, determinou que o banco reintegrasse o autor ao cargo de gerente geral e que a título de indenização pagasse o valor equivalente à soma dos salários referentes aos meses em que ficou afastado de suas funções.

O funcionário foi assistido pelo advogado Waltency Soares, da assessoria jurídica do Sindicato dos Bancários de Mossoró e Região. Ao comentar a decisão, o advogado disse que se tratava de um marco, que deverá servir de parâmetro para outras tantas ações que tratam de pressões para atingimento de metas hercúleas.

A decisão mostrou que, apesar da reforma trabalhista, ainda há magistrados que observam o cunho protetivo e humanístico da justiça laboral.

O desfecho favorável garantiu dupla alegria ao gerente reintegrado. A uma, por causa do próprio retorno ao trabalho; a duas, pois pode mostrar à sociedade que sua demissão nada teve a ver com desvio de dinheiro ou coisa parecida, como muitos chegaram a dizer.

Que a decisão sirva de exemplo para que os bancos deixem de sobrecarregar seus funcionários com metas draconianas. Impor objetivos é normal num ambiente de trabalho, mas eles devem ser atingíveis, e que passem a levar em consideração situações peculiares, como no caso acima citado.

Processo nº 0000491-37.2018.5.21.0011.

Oposição registra chapa em Governador Dix-sept Rosado

0

Chapa oposicionista formalizou hoje candidatura à Mesa Diretora da Câmara Municipal de Governador Dix-sept Rosado para o biênio 2019/2020. A chapa terá a vereadora Simara Dantas como presidente, Chagas Cruz como vice-presidente, Dener Pio como primeiro secretário e Vandinho Carlos como segundo secretário. A eleição será na próxima quinta-feira (08).

Racionalidades – 28ª edição.

4

O EXEMPLO DO HOSPITAL DO RIM – Esta semana viralizou nas redes sociais um vídeo onde enfermeiras do Hospital do Rim de Mossoró aparecem dançando e animando um grupo de pacientes, oportunizando um momento de alegria àqueles que passam por um tratamento tão penoso. É possível ver a alegria estampada no rosto de todos – enfermeiros e pacientes – algo incomum num ambiente hospitalar.

O vídeo, que inclusive foi veiculado no RNTV 1ª edição de quarta-feira (31), não me pegou de surpresa. Passei três anos e meio indo ao mencionado hospital três vezes por semana, acompanhando o tratamento de diálise de minha saudosa mãe.

No período, sempre notei o carinho dispensado aos pacientes por todos os profissionais da instituição, a começar pelos maqueiros, responsáveis por receber os pacientes com dificuldades de locomoção. De minha parte só tenho a elogiar a todos que integram aquela instituição de saúde.

Justamente por isso fiquei enormemente revoltado quando assaltantes/vândalos atearam fogo no local, há aproximadamente três meses. Esses meliantes jamais teriam feito isso se soubessem a importância do Hospital do Rim para Mossoró e região.

*

ROSALBA – A “maior” eleitora de Mossoró sai das eleições 2018 com péssimo desempenho. Além dos baques no primeiro turno, quando não elegeu nenhum de seus candidatos, ela também não conseguiu que o candidato Carlos Eduardo (PDT) fosse o líder de votos nem mesmo em Mossoró, onde ele perdeu para Fátima Bezerra (PT) por uma diferença superior a 10.500 votos.

O candidato Carlos Eduardo (PDT), ao compor chapa com Kadu Ciarlini, filho de Rosalba, imaginou que ganharia as eleições ao menos em Mossoró e região. Enganou-se de verde e azul. Rosalba não demonstrou ter a força que ele esperava.

*

FUTURO PROMISSOR – Três novos nomes surgem no tabuleiro político para as eleições municipais de 2020 em Mossoró: Lawrence Amorim, Alysson Bezerra e Isolda Dantas.

*

PT POTIGUAR – O Partido dos Trabalhadores do Rio Grande do Norte ganhará musculatura a partir de 01º de janeiro. Terá a governadora do estado, um senador, dois deputados federais e dois estaduais. Nunca o partido teve tamanha representação no estado. Resta saber se saberão aproveitar o momento.

*

ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS – O candidato Fernando Haddad (PT) ganhou em mais municípios do que Jair Bolsonaro (PSL), 2.810 a 2.760. Ainda assim a diferença pró-Bolsonaro foi superior a 10,5 milhões de votos. Entre os mil municípios com os maiores IDHs do país, Bolsonaro venceu em 967, enquanto Haddad conquistou 33. Já nas mil cidades menos desenvolvidas, Haddad ganhou em 975 e Bolsonaro em 25. Os dados foram levantados pelo jornal Estado de S. Paulo.

*

MORO – Um dos primeiros atos do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), foi convidar o juiz federal Sérgio Moro para ser o ministro da Justiça e Segurança Pública, convite imediatamente aceito. O ato gerou enorme polêmica, pois foi deste juiz a decisão que afastou Lula da Silva – que tinha enormes chances de vencer já no primeiro turno – do pleito eleitoral. Além disso, durante a campanha o juiz tomou algumas decisões que prejudicaram a candidatura petista de Fernando Haddad, como o levantamento do sigilo da delação do ex-ministro Antonio Palocci.

Os eleitores de Bolsonaro defendem que Sérgio Moro é um juiz implacável contra a corrupção, é honesto etc. A questão, contudo, não é esta. A sua nomeação cheira muito a toma lá dá cá. A impressão é que Bolsonaro está cumprindo sua parte no acordo.

*

LIVRARIA SARAIVA – Na última segunda-feira (29) foi comemorado no Brasil o Dia Nacional do Livro. Diferentemente do que eu imaginava, não houve nenhuma comemoração especial, muito pelo contrário. Em Mossoró, foi justamente neste dia que a única livraria da cidade, a Saraiva, encerrou suas atividades, deixando muitos mossoroenses desapontados.

Vale destacar que a unidade de Mossoró não foi a única a ser fechada, outras dezenas de filiais Brasil afora encerraram suas atividades no mesmo dia. Trata-se da difícil concorrência com os livros digitais, que são mais baratos e também facilmente encontrados para downloads em sites de streaming.

Como apreciador do livro físico, fiquei muito triste com a notícia.

*

PARTOS – A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que os partos cesarianos representem até 15% do número total de partos. No Brasil, essa percentagem é de 55%. Quando isolamos apenas os partos realizados na rede privada, a percentagem passa para absurdos 84,6%. O que deveria ser exceção passou a ser regra no país.

*

SÉRIE B – Ontem à tarde, o Mossoró Esporte Clube recebeu o Palmeira de Goianinha no Nogueirão, em jogo válido pela semifinal do da série B do campeonato potiguar. Na partida, iniciada às 15h, o time mossoroense chegou a fazer 3 x 0, mas o Palmeira conseguiu fazer um gol já próximo do final da partida, o que elevou a decisão para os pênaltis, vez que o jogo de ida tinha sido 2 x 0 pro Palmeira.

Nos tiros livres o Palmeira venceu por 5 x 3, eliminando assim o time mossoroense. A decisão será na próxima terça-feira, às 15h, na Arena das Dunas, quando a equipe de Goianinha enfrentará o Alecrim. Apenas um sobe para a elite do futebol potiguar.

*

CONMEBOL – No momento, de todos os clubes brasileiros, apenas o Fluminense e o Atlético-PR estão disputando competição internacional, no caso, a Copa Sul-americana. Quem diria, hein? Rsrsrs.

*

DISPUTA NA OAB – Três chapas disputam a presidência da OAB-RN, a Atitude OAB (presidente: Aldo Medeiros Filho), a Avança OAB (presidente: Paulo de Souza Coutinho) e a Juntos por uma nova Ordem (presidente: Magna Letícia).

Em Mossoró a disputa será entre Bárbara Paloma, apoiada pelo atual presidente da subseção de Mossoró, o contador Canindé Maia; e Otoniel Maia Jr., apoiado pelo presidente da OAB estadual, Paulo Coutinho.

As eleições serão realizadas no dia 28 de novembro.

*

LENDA – Não, mãos despelando nada tem a ver com doença no fígado. Trata-se de um processo natural do corpo humano, sem ligação com qualquer doença.

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas para o número 99648-2588 (WhatsApp).

Racionalidades – 27ª edição.

0

FÁTIMA QUER GANHAR? – Apesar de todos os eventos favoráveis, a eleição da senadora Fátima Bezerra (PT) ao governo do Estado não está garantida. Seu adversário no segundo turno, o ex-prefeito de Natal (RN), Carlos Eduardo Alves (PDT), ganhou algum fôlego no segundo turno, inclusive com algumas pesquisas apontando empate técnico no limite da margem de erro entre ambos.

No primeiro turno, o povo do Rio Grande do Norte, assim como o brasileiro em geral, votou contra o sistema. No caso potiguar, o sistema é representado pelas oligarquias Alves, Maia e Rosado. Assim, o povo não quis eleger ou reeleger o senador Garibaldi Filho (MDB), o senador José Agripino (DEM), o deputado federal Beto Rosado (PP) e a deputada estadual Larissa Rosado (PSDB), por exemplo.

Parece que a candidata Fátima Bezerra (PT) não entendeu ou fez que não entendeu o recado. Sua propaganda partidária fala muito timidamente desse sistema de oligarquias, prefere focar nas críticas ao ex-governador Robinson Faria (PSD). Ora, o ex-governador é carta fora do baralho. Não entendo o motivo de trazê-lo rotineiramente ao ringue.

A candidata Fátima Bezerra tem a sua disposição um arsenal de denúncias em desfavor de Garibaldi Filho, José Agripino, Henrique Alves etc., mas prefere centrar suas críticas a Robinson Faria. É difícil compreender.

Ainda assim, acredito numa vitória dela. O povo, por si só, sabe que a eleição de Carlos Eduardo (PDT) representa o retorno dos caciques acima citados ao poder, isso através de nomeações para secretarias, estatais, indicações para cargos em outros poderes etc.

*

CARLOS EDUARDO PERDE DISCURSO – Desde o início da campanha eleitoral no segundo turno o candidato Carlos Eduardo (PDT) bate na tecla de que um possível governo de Fátima Bezerra (PT) encontraria muitas dificuldades se o presidente for Jair Bolsonaro (PSL). O candidato alerta que o Rio Grande do Norte seria desprezado pelo presidente Bolsonaro.

Primeiramente, trata-se de uma crítica direta ao provável futuro presidente. Ao externar esse receio, Carlos Eduardo reconhece que Bolsonaro é perseguidor. Que tipo de apoiador é esse?

Por fim, e o mais importante, Bolsonaro anunciou à imprensa, esta semana, que o governo federal não deixará de fazer parcerias com os governos administrados pelo PT. Na oportunidade citou o exemplo do Piauí, comandado pelo petista Wellington Dias, reeleito. “Não podemos prejudicar um povo (o do Piauí) porque o governador do estado não se alinha ideologicamente conosco. Vamos tratar todos os estados de forma republicana”, disse.

A frase acima desmonta o principal discurso de Carlos Eduardo.    

*

NÃO CONCORDA – “Lamento no estado e nos demais locais pelos que foram para o extremismo. A candidatura de Bolsonaro não combina em nada com o que o PDT defende e coloca em seus programas de governo. Eu, vereadora em terceiro mandato, não fui ouvida por nenhum dirigente para falar da minha posição em relação a essa aliança e não me sinto representada por essa definição. Causou estranheza Carlos Eduardo tenta se associar à onda que tomou conta do país, não dá para saber como o eleitorado reagiu”. (Júlia Arruda, vereadora natalense pelo PDT, filha de um dos fundadores do partido no estado, em matéria publicada na revista Carta Capital).

*

VOTAÇÃO – O eleitor que por qualquer motivo deixou de votar no primeiro turno poderá fazê-lo normalmente no segundo turno. Tem que lembrar, contudo, de se dirigir ao Cartório Eleitoral de sua zona em até sessenta dias após o dia da votação, a fim de justificar a ausência. O mesmo vale para quem votou no primeiro turno e não votar no segundo.

Os sessenta dias contam a partir da votação que o eleitor faltou, a do primeiro ou a do segundo turno.

*

DO POVO – Uma qualidade do prefeito de Governador Dix-sept Rosado, Antonio Bolota (PHS), é não se esconder da população. Ele costuma andar a pé e sem séquito pelas ruas da cidade, algo incomum quando se trata de prefeitos. O flagra acima foi feito por mim na última quarta-feira (24), por volta das 11h. O prefeito é esse com mochila nas costas.

*

DE DESCONFIAR – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) adiou, pela segunda vez, o julgamento do registro de candidatura de Kericlis Ribeiro (Kerinho), candidato a deputado federal, que foi indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN). Como houve recurso, sua votação ficou sub-judice, não sendo computada no cálculo final.

Caso o registro seja deferido pelo TSE, os 8.990 votos entram no cálculo, o que altera a lista de eleitos, saindo Fernando Mineiro (PT) e entrando Beto Rosado (PP).

Trata-se, teoricamente, de uma decisão simples. Como o requerente não apresentou os documentos obrigatórios, mesmo sendo intimado para tal, sua candidatura não pode ser registrada.

Curiosamente, o julgamento já foi adiado duas vezes, o que é atípico quando se trata de casos de fácil deslinde. Tais adiamentos geram muitas desconfianças. A mais forte tem a ver com a atuação de caciques potiguares nos bastidores, especialmente o senador José Agripino e o ex-deputado estadual Carlos Augusto, os quais teriam interesse no deferimento do registro, o que garantiria a permanência de Beto Rosado na Câmara dos Deputados.

Há algo estranho no ar.

*

PROTESTO – A garra do povo argentino não se resume ao futebol. As manifestações populares contra medidas do governo são bastante comuns no país. Esta semana muitos foram pra frente do congresso daquele país a fim de contestar pontos da lei orçamentária que está sendo votada.

O brasileiro não chega nem perto desse nível de politização. Como diz a música do Skank: “Nossa indignação é uma mosca sem asas, não ultrapassa a janela de nossas casas”.

*

CRUEL – Poucos sabem que os ovos que nos alimentam são produzidos mediante tratamento cruel dado às galinhas. Pra início de conversa, os pintinhos machos, por não terem serventia na indústria de ovos, são incinerados, asfixiados ou triturados vivos assim que nascem. Os que têm melhor sorte são tingidos e vendidos em feiras.

As fêmeas, chamadas de poedeiras, têm um terço do bico cortado e cauterizado (debicagem), isso para evitar que as aves se biquem e se machuquem durante as várias crises de estresse que terão ao longo de seus dois anos de vida, onde porão, em média, 720 ovos. Elas passam o tempo de vida num espaço tão curto que não conseguem nem mesmo abrir as asas.

*

PERSEGUIÇÃO À IMPRENSA – O candidato Jair Bolsonaro, na esteira do destampatório expressivo dos últimos dias, diz que a Folha de S. Paulo é fábrica de fake news. E que, eleito presidente, cortará as verbas publicitárias do jornal. Ora, a Folha é o jornal mais lido do país. E deve ser tratado como tal. Vingar-se do jornal sob a alegação de que está falseando os fatos não é decisão de bom senso. Pode se defender com direito de resposta. A Folha costuma respeitar esse direito. (Gaudêncio Torquato do Rego).

*

ELEIÇÃO PROTOCOLAR – O presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ-RN), desembargador Expedito Ferreira, convocou para a próxima quarta-feira, 31 de outubro, a data da eleição dos novos dirigentes do Poder Judiciário potiguar para o biênio 2019-2020. A votação irá ocorrer durante a sessão administrativa da Corte Estadual de Justiça. A sessão começa às 8h e os desembargadores irão escolher presidente, vice-presidente, corregedor geral de Justiça, diretor da Escola da Magistratura e ouvidor, entre outros cargos, para os dois anos subsequentes.

Trata-se de uma eleição sem disputa, como comumente ocorre em todos os tribunais do país. Na realidade há um rodízio entre os integrantes da corte. Obedecendo a esta regra, o próximo presidente será o desembargador João Rebouças, natural de Areia Branca (RN).

*

PALAS ATENA NO EVENTO DA SOMOS – Nos últimos dias 21, 22 e 23 o grupo educacional Somos promoveu um encontro com vários de seus parceiros no Hotel Villa Santo Agostinho, em Bragança Paulista (SP). O evento contou com uma série de palestras e oficinas voltadas para representantes de instituições de ensino em todo o país. O objetivo foi apresentar a estes profissionais o que há de novo no mundo pedagógico, a fim de eles implantarem os avanços em suas respectivas escolas.

A escola Palas Atena, localizada no Conjunto Vingt Rosado, em Mossoró (RN) foi uma das convidadas para o evento, tendo sido representada pelo casal que está a frente da instituição, Sueli Costa (diretora) e Alderi Leocádio (vice-diretor), além da coordenadora Maria Luziense.

A Palas Atena oferece educação infantil e ensino fundamental I e II. É um referencial de ensino de qualidade na zona leste da cidade.

*

MECA DOS SANDUÍCHES – No mês de dezembro será inaugurado em Mossoró um parque de food track. Serão 17 trailers com os mais variados tipos de sanduíches e hambúrgueres. Funcionará ao lado da farmácia ExtraFarma, unidade da Avenida João da Escóssia.

*

TIBAU – No último veraneio, a pousada e restaurante New Beach, na praia de Gado Bravo, foi o point mais visitado pelos veranistas. A organização era dos empresários Nil e Oscar do Cândidu’s. Em meados do ano, contudo, as atividades foram encerradas.

Os veranistas, contudo, não ficarão na mão. O point voltará a funcionar, mas com um novo nome e uma nova administração. O espaço será assumido pelos proprietários do restaurante Seu Marza, que até já escolheram um nome para o local: Vila do Mar.

Desde já desejo sucesso aos empreendedores.

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas para o número 99648-2588 (WhatsApp).

Racionalidades – 26ª edição.

2

DESRESPEITO ÀS INSTITUIÇÕES – Mal foi eleito deputado federal pelo Rio Grande do Norte, o general Eliéser Girão (PSL) já começou a polemizar. Disse que ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) que assinassem alvarás de soltura em favor de políticos corruptos deveriam sofrer impeachment e serem presos.

O absurdo foi escrito no Twitter e depois confirmado perante reportagem do jornal O Estado de S. Paulo.

É normal que um cidadão se indigne quando um ministro manda soltar um político corrupto, mas daí querer seu impeachment e prisão já é demais. Os magistrados têm a garantia do livre convencimento. Por mais que não concordemos com decisões judiciais, devemos acatá-las ou ataca-las mediante recurso processual.

Mais um indício da pouca afeição desse povo às regras legais e democráticas.

*

QUEM É? – Eliéser Girão Monteiro Filho nasceu em Fortaleza (CE), em 08 de maio de 1955. Formou-se em 1976 na Academia Militar das Agulhas Negras, onde se tornou amigo do general Augusto Heleno. Foi para reserva em 2009.

Girão começou a trajetória no Rio Grande do Norte em 10 de março de 2014, quando foi nomeado, pela então governadora Rosalba Ciarlini, para ser secretário estadual de Segurança Pública e Defesa Civil. Vivíamos uma tensão pré-Copa. Sua nomeação foi uma sugestão de José Eduardo Cardoso, então Ministro da Justiça do governo Dilma.

Por último, Girão foi nomeado secretário municipal de Segurança Pública em Mossoró na administração Rosalba Ciarlini, tendo se desincompatibilizado do cargo para disputar as eleições, consagrando-se vitorioso com 81,6 mil votos.

*

PRAÇA DA CONVIVÊNCIA – Em entrevista ao Meio-Dia Mossoró, na 95 FM, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Lahyre Rosado Neto, disse que até o fim do ano deverá haver uma licitação para reformar a Praça da Convivência, um dos maiores pontos turísticos do município, mas que atualmente se encontra em aparente abandono.

Lahyre disse ainda que encerrada a reforma será feita uma outra licitação para escolha dos comerciantes que ocuparão os pontos comerciais disponíveis no local.

O secretário esclareceu que a primeira e única licitação para a escolha de comerciantes foi feita em 2008 e que se venceu há três anos. Após o encerramento foi feito um contrato temporário que se vencerá no final deste ano. Pelos termos do contrato, os comerciantes lá instalados devem pagar uma taxa mensal à prefeitura, mas poucos estão realizando os pagamentos. “Só participará da licitação quem estiver em dia”, alertou o secretário.

Como cidadão mossoroense e frequentador eventual do local, torço por sua reestruturação. Atualmente, diante de tantos problemas, sentar-se num dos restaurantes e afins da praça não é nada prazeroso. A salvação são alguns comerciantes que oferecem aos clientes um excelente tratamento, apesar dos pesares.

*

AGROTÓXICOS – O Brasil é o campeão mundial de uso de agrotóxicos. Por ano é consumido mais de 01 bilhão de litros. Não há motivos, contudo, para deixar de ir às feiras e ao supermercado. Após aplicados nas plantações, os pesticidas são degradados por processos físico-químicos, pela ação do sol, da temperatura ou por atividade microbiana. Tudo é fiscalizado pela ANVISA e IBAMA, que cuidam para que os alimentos tenham níveis de agrotóxicos que não prejudiquem os consumidores.

Na realidade, os agrotóxicos só representam um risco para quem trabalha diretamente com eles, como os empregados das fazendas. Um caso bastante conhecido é o de Vanderlei Matos da Silva, que trabalhava numa lavoura de abacaxi em Limoeiro do Norte (CE). Ele morreu aos 31 anos, vítima de síndrome hepatorrenal, decorrente do manuseio de agrotóxicos. A Del Monte, responsável pela plantação, foi condenada a pagar indenização à família da vítima (foto).

*

DICA – Se o nobre leitor não confia muito na fiscalização do IBAMA e da Anvisa, pode fazer uma solução caseira para eliminar quaisquer resquícios de agrotóxicos nos alimentos, basta deixa-los de molho por 15 minutos numa solução que contenha uma colher de sopa de bicabornato de sódio para cada litro de água.

*

PL DO VENENO – Ainda sobre o assunto acima, tramita no Congresso Nacional o Projeto de Lei nº 6299/02, que altera várias regras sobre o uso dos agrotóxicos. Como ela prevê regras menos exigentes para o uso dessas substâncias, vem sendo chamada pejorativamente de “PL do Veneno”. A votação do projeto só deverá ser retomada no ano que vem.

*

GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO – Uma mudança de lado no espectro político movimentou as rodas de conversas no município de Governador Dix-sept Rosado.

A presidente da Câmara Municipal, Simara Dantas, do PHS, decidiu se unir à ala que faz oposição ao prefeito Antonio Bolota, também do PHS. Com a decisão de Simara, a oposição ao prefeito passa a ser maioria na Câmara Municipal.

Agora são cinco vereadores na oposição: Brejeirinho (PSB), Professor Chagas Cruz (PSD), Dener Pio (PP), Vandinho Carlos (PR) e Simara Dantas (PHS).

Esse único ato representou três derrotas para o prefeito: rompimento com uma integrante de seu partido, perda do apoio da presidência da Câmara Municipal e perda da maioria naquela casa legislativa.

A decisão da vereadora tem muito a ver com as eleições da Mesa Diretora da Câmara para o próximo biênio. Com este atual formato fica mais fácil ela garantir a reeleição.

Tem a ver também com as próximas eleições municipais. A intenção é formar um grupo forte para disputar o pleito com o atual prefeito, Antonio Bolota.

Continuam acompanhando o prefeito os vereadores Zineuda Macedo (MDB), Mundinho Roseno (PHS), Ed Júnior (PROS) e Davi Marcolino (DEM).

Não será novidade, contudo, se Davi Marcolino também migrar para a ala oposicionista. As relações entre ele e o prefeito não estão nada boas.

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas para o número 99648-2588 (WhatsApp).

Poetas locais participam de evento literário na Espanha

0

O Centro de Estudos Brasileños de Salamanca promoverá hoje (16) e amanhã (17), duas sessões de leitura e de apresentação literária da XXI edição do Encontro de Poetas Ibero-americanos, coordenado pelo poeta peruano-español Alfredo Pérez Alencart, professor da Universidade de Salamanca, e realizado em colaboração com a Fundación Salamanca Ciudad de Cultura y Saberes.

Hoje, 16 de outubro, às 18h, no salão de atos do Palácio de Maldonado, se realizará a leitura e apresentação dos livros de Álvaro Alves de Faria e Leocádia Regalo (A duas vozes/A dos voces, Trilce Ediciones, com versões de A. P. Alencart e de Jacqueline Alencar); de David de Medeiros Leite (Mi Salamanca, com versão de A. P. Alencart e fotos de José Amador Martín, Sarau das Letras e Trilce Ediciones) e de Ângela Rodrigues Gurgel, Clauder Arcanjo, Jane Menezes, Raí Lopes e Welma Menezes, com imagens de Marcão Melo (Semiosis Poética, Sarau das Letras).

Já amanhã, 17de outubro, às 12h, o Palácio de Maldonado apresentará uma sessão de leitura poética das obras de Luis Frayle Delgado, Asunción Escribano, Verónica Amat, Aníbal, Lozano, Aída Acosta, Montserrat Villar González, Araceli Sagüillo, Elena Díaz Santana, Carmen Prada Alonso, Juan Carlos Martín, Sofía Montero, Fernando Gil Villa, José Antonio Valle Alonso, Xenaro Ovín, Emilia González Fernández, Manuel Vidal Vallinas, Rafael Ángel García Lozano, María Isabel Andrés Llamero, María Ángeles Pérez López e Antonio Costa Gómez. O ato se encerrará com uma breve apresentação dos livros de António Salvado (Sirgo. Catorze títulos esgotados) e de Enrique Viloria (Derroteros de la Retina).

A entrada é livre até completar a lotação.

É muito gratificante ver pessoas de nossa terra, assim como vizinhos cearenses, integrando esse projeto literário de enorme alcance. Tive acesso ao livro Semiosis, onde pude apreciar belos versos de Ângela Gurgel, Clauder Arcanjo, Jane Menezes, Raí Lopes e Welma Menezes.

Aproveito e trago os versos iniciais de uma poesia onde Welma Menezes (foto), que também é juíza de Direito, trata de tradições sertanejas:

Se arreglan para la feria

Como Maria Bonita y Lampião

Llevando sandalias de cuero

Para la sagrada fiesta de San Juan.

São poetas potiguares e cearenses difundindo seus talentos mundo afora, e com isso elevando o nome de suas terras.