Racionalidades – 14ª edição

0

ALIANÇAS DE OURO – Faltando pouco para as convenções, quatro partidos são os mais cortejados para alianças, isso por causa do tempo na propaganda, do fundo eleitoral e do número de deputados federais. Nenhum dos quatro partidos deverá lançar candidaturas próprias. Assim, deverão se unir a uma candidatura já posta.

O PR tem 40 deputados, 47 segundos na propaganda e R$ 113 milhões de fundo eleitoral; O PP tem 49 deputados, 52 segundos na propaganda e R$ 131 milhões de fundo eleitoral; O PSB tem 26 deputados, 47 segundos na propaganda e R$ 118 milhões de fundo eleitoral; e o DEM tem 43 deputados, 30 segundos na propaganda e R$ 89 milhões de fundo eleitoral.

O PR tem como foco aumentar a representatividade na Câmara dos Deputados. Desta forma se juntará ao partido que tiver maiores condições de realizar isso. A aliança com Jair Bolsonaro foi descartada. Atualmente conversam com o PT.

O PP se divide entre o PDT de Ciro Gomes e o PSDB de Geraldo Alckmin. A princípio a tendência era ficar com o pedetista, mas o quadro se alterou após o pedetista chamar uma promotora de “filho da puta”.

O PSB é o mais “enganchado”. Há correntes para todos os gostos, desde o apoio a Marina Silva (REDE) à isenção, passando por defensores de alianças com PDT, PSDB e PT. Como há muitas situações especiais nos estados, a tendência é que o partido faça uma aliança nacional e libere os diretórios estaduais.

O DEM está mais propenso a fechar com Ciro Gomes (PDT), pois quer desmanchar a pecha de apêndice do PSDB. As negociações entre os dois travam na questão econômica e também em alguns desafetos que Ciro tem no DEM. Reparadas estas arestas, a aliança será feita.

*

HENRIQUE FORA, NESTA – Em entrevista a rádio 98 FM de Natal, o senador Garibaldi Filho (MDB) disse que o ex-deputado federal Henrique Alves não disputará nenhum cargo eletivo nas eleições que se avizinham. O detalhe é que o senador enfatizou bem o “na próxima eleição”, sugerindo que o ex-deputado, que saiu da cadeia recentemente, poderá participar de pleitos futuros.

Ainda na entrevista, não entendi muito bem a resposta do senador quando perguntado sobre a rejeição do pré-candidato Carlos Eduardo. Ele disse que o primo sempre focalizou sua atuação política em Natal, por isso encontra dificuldades no restante do estado, e concluiu dizendo que Carlos Eduardo tem dois tipos de rejeição, a daqueles que não o conhecem e a daqueles que o conhecem muito.

Essa parte do “daqueles que o conhecem muito” me pareceu estranha. O que o senador quis dizer com isso? Terá algo a ver com o ditado “Quem não te conhece que te compre?”. É o que ficou parecendo.

FRÁGIL – Para encerrar, o senador, que tem 71 anos, me pareceu muito frágil, com dificuldade para falar e raciocínio mais lento do que o seu convencional. Suportará mais oito anos de atividade parlamentar? Não estaria na hora de pendurar as chuteiras, passar a vez para alguém com mais disposição e vigor?

*

O NOME – Na aliança entre o pré-candidato ao governo do estado, Carlos Eduardo Alves (PDT), e a prefeita de Mossoró, Rosalba Cialini (PP), coube a esta indicar o vice na chapa encabeçada pelo ex-prefeito de Natal. Findou o nome do filho da prefeita, o publicitário Cadu Ciarlini.

Numa disputa acirrada como a que se avizinha, é temerário formar uma chapa com alguém “indicado”, rejeitando um nome que realmente tenha liderança. Geralmente as chapas para governo do estado são formadas por duas pessoas que têm representatividade, e não por alguém apenas “indicado”.

Eu sei que a prefeita Rosalba Ciarlini quer um labor para seu filho encostado, mas o mais lógico seria ter indicado o nome do deputado federal Beto Rosado (PP), que tem alguma representatividade.

*

O Parque da Cidade continua cada vez mais abandonado. Nesta semana os larápios levaram os cabos de eletricidade. Uma excelente ideia do ex-prefeito Silveira Júnior não progrediu por simplesmente ter sido uma ideia…  do ex-prefeito Silveira Júnior. Muita pequenez.

*

BEACH PARK – O fato lamentável da semana foi o acidente no Beach Park que tirou a vida de um turista paulista. Um sinistro como este é muito ruim para a imagem do empreendimento, mas devemos analisar que este foi o único óbito registrado nos quase 30 anos de existência do parque aquático que recebe 1,7 milhão de visitantes por ano. Considerando isso, tal fatalidade não deveria evitar a visita de novos frequentadores.

É 100 vezes mais fácil morrer nas ruas das periferias de Mossoró do que num brinquedo no Beach Park.

*

REMOÇÃO – O juiz Herval Sampaio (foto), atualmente exercendo o cargo de presidente da Associação dos Magistrados do Rio Grande do Norte (AMARN), não voltará mais para Mossoró quando seu mandato terminar. O Diário da Justiça publicou sua remoção, a pedido, para a 1ª Vara da Comarca de Ceará Mirim.

O magistrado deixará saudades. Nos tempos em que trabalhou em Mossoró, ele foi sempre muito presente na vida cotidiana do município, seja proferindo palestras, seja participando de entrevistas em toda a imprensa e também apresentando seus próprios programas, além de intensa participação nos eventos sociais.

As 24 horas do dia sempre foram pequenas para o inquieto Herval Sampaio, intenso em tudo o que fazia. Emotivo que é, já deve ter chorado lembrando dos momentos que viveu em Mossoró, uma cidade que tão bem o acolheu.

Nobre amigo, desejo-te sorte e conquistas na sua nova empreitada, e que um dia possas realizar aquele sonho profissional que um dia me confidenciou.

  *

SOBRAS ORÇAMENTÁRIAS – Na última terça-feira a Assembleia Legislativa decidiu que os órgãos que recebem repasses constitucionais do Executivo não precisam devolver dinheiro ao governo estadual caso haja sobras orçamentárias. A decisão foi apertada, 12 x 11, com voto de minerva do presidente Ezequiel Ferreira (PSDB).

A decisão gerou revolta entre os servidores do Executivo, os quais alegaram, através de representantes de sindicatos, que as sobras deveriam voltar para a fonte primária (governo estadual), a fim de o dinheiro servir à sociedade.

Ora, e se o dinheiro ficar na Assembleia Legislativa, Poder Judiciário, Ministério Público, Tribunal de Contas e Defensoria Pública ele não servirá à sociedade? Servirá sim. Todos estes órgãos são públicos e precisam de verbas para se manter e oferecer um melhor serviço aos cidadãos.

*

REINAUGURAÇÃO – O restaurante Gonzaga da Panelada será reinaugurado no próximo sábado, a partir das 11h. No mesmo dia, às 19h, será realizada no local uma Missa em Ação de Graças para celebrar o feito.

O restaurante foi destruído por um incêndio no último dia 14 de junho. Desde então várias campanhas foram realizadas na cidade, especialmente em grupos de WhatsApp, para arrecadar fundos e ajudar na reconstrução do restaurante, que funciona na rua Jeremias da Rocha, bairro Santo Antonio.

Gonzaga da Panelada é o típico restaurante “saideira”, para onde a turma vai comer uma panelada, buchada, sarapatel etc. após as festas. O proprietário, seu Gonzaga, traga a todos com devotada atenção, o que faz todos gostarem dele e se unirem para reconstruir seu espaço.

Além disso, todos estão sentindo falta daquele sarapatel etc. após formaturas, vaquejadas etc.

*

SEM ALIANÇAS – O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ), pré-candidato à presidência da República, está tendo dificuldades para encontrar um vice. Na segunda-feira ele anunciou que seria Augusto Heleno, general da reserva filiado ao PRP. No dia seguinte o partido negou a aliança.

Antes disso, o PR do senador Magno Malta (ES) já havia declinado do mesmo convite.

Sem outras possibilidades de alianças no horizonte, Jair Bolsonaro deverá recrutar um vice filiado ao seu próprio partido, formando assim uma chapa puro-sangue, com direito a oito segundos na propaganda eleitoral gratuita. Neste caso, o mais provável é que a vice seja a advogada Janaina Paschoal, aquela.

ESCOLHA – Nas tratativas com o PR, Jair Bolsonaro disse que cedia a vaga de vice para Magno Malta, mas o PR não poderia se juntar ao PT na Bahia e em Minas Gerais. O partido não aceitou a proposta, preferindo fazer as alianças com o Partido dos Trabalhadores nos dois estados.

*

NA HISTÓRIA – Nesta data, em 1973, morria, em Los Angeles, o ator Bruce Lee, nativo de Hong Kong. Contava com 32 anos de idade. Seu último filme, Operação Dragão, foi lançado seis dias após a sua morte. Os cinemas de Mossoró, especialmente o Cine Pax, exibiram vários filmes de karatê onde Bruce Lee figurava como ator principal. Isso nos anos 70/80. Eram os chamados vesperais. Ao terminar os filmes, só sobrava pros garajaus que ficavam entre o cinema e a casa do expectador.

*

DESEMBOLSO – Começou no último dia 18 o pagamento do Bolsa Família, que teve reajuste de 5,67%. Os beneficiados receberão até o último dia do mês. O dinheiro é liberado de acordo com o número impresso no cartão. Final 1 recebe no primeiro dia, e assim por diante.

O governo federal investe R$ 29 bilhões anuais com o programa, que beneficia 14 milhões de famílias.

*

VÁLIDO – O deputado federal Felipe Maia (DEM) postou em suas redes sociais que havia conseguido junto à Caixa Econômica que as lotéricas voltassem a receber contas da Cosern, o que deixou de ser feito há aproximadamente dois meses.

Muitos internautas zoaram do deputado, dizendo que há coisas mais relevantes a serem feitas. De fato tem, mas de qualquer modo se tratou de uma conquista, o que não deve ser desconsiderado. Pequenas conquistas não impedem as grandes.

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas para o número 99648-2588 (WhatsApp).

Racionalidades – 13ª edição.

0

CALENDÁRIO ELEITORAL – A partir de amanhã (07) os agentes políticos ficam proibidos de realizarem várias condutas, especialmente de participar de inaugurações de obras e serviços pagos com recursos públicos. Também não podem nomear, contratar ou de qualquer forma admitir, demitir sem justa causa, suprimir ou readaptar vantagens, ou por outros meios dificultar ou impedir o exercício funcional e, ainda, remover, transferir ou exonerar servidor público, salvo algumas exceções.

*

VOTO EM TRÂNSITO – O eleitor de outra cidade que estiver em Natal, Mossoró ou Parnamirim no dia do pleito poderá requerer o voto em trânsito. É necessário, contudo, que o eleitor se dirija a qualquer cartório eleitoral para habilitar-se, o que deverá ser feito entre os dias 17 de julho e 23 de agosto.

Um eleitor de Governador Dix-sept Rosado, por exemplo, que estiver, no dia da eleição, em Mossoró, poderá habilitar-se para votar nesta cidade (meu caso).

O voto em trânsito é possível nas cidades com mais de 100 mil eleitores.

*

UFA! – O governo do Estado, em comunicado oficial datado de ontem, anunciou que os vencimentos dos servidores públicos referentes ao mês de junho serão pagos até o dia 10. Diz o comunicado:

O Governo do Estado paga amanhã (06/07) 109 mil servidores (de um total de 111 mil). Serão pagos todos os servidores da EDUCAÇÃO, SAÚDE e SEGURANÇA que recebem até R$ 4 mil.

Recebem também amanhã, vencimentos INTEGRAIS, todos os INATIVOS e PENSIONISTAS, de TODAS as categorias do Estado, independente de faixa salarial. Os 2 mil servidores ativos restantes, que ganham acima de R$ 4 mil e completam a folha, recebem na segunda (09) e terça (10).

Com isso, na terça (10) a folha do estado passa a estar 100% EM DIA. O Governo injeta na economia do RN R$ 370 milhões em salários.

OBS. Na realidade, “em dia, em dia” não está, vez que se convencionou entre os entes públicos o costume de se pagar o funcionalismo dentro do mês trabalhado, além disso falta quitar o 13º de 2017. De todo modo, é algo merecedor de elogios.

O atraso do pagamento do funcionalismo público foi uma das heranças malditas da ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP).

*

FRASE“Há muitas maneiras de matar uma pessoa: cravando um punhal, tirando o pão, não tratando sua doença, condenando à miséria, fazendo trabalhar até arrebentar, impelindo ao suicídio, enviando para a guerra, etc. Só a primeira é proibida pelo Estado”. (Bertolt Brecht).

*

Quem esteve em Natal na última quarta-feira (04) foi o professor Guilherme Boulos, pré-candidato a presidente da República pelo Psol. Na agenda, várias visitas à órgãos de imprensa. Tive a oportunidade de ouvi-lo na 98 FM, em entrevista ao blogueiro Bruno Giovanni.

Como sempre, Boulos se saiu muito bem nas respostas. Desmontou todas aquelas velhas e manjadas perguntas sempre feitas aos integrantes da esquerda, tipo: “Onde o comunismo deu certo?” etc. Aliás, eu esperava mais do entrevistador. Só fez perguntas-padrão, cujas respostas o entrevistado já tem na ponta da língua. Boulos não precisou sair nem do automático para responder.

*

Logo mais às 15h a Seleção Brasileira entra em campo pelas quartas-de-final para enfrentar a Bélgica, uma seleção que não está na elite do futebol mundial, mas que vem jogando um futebol bem redondinho. Claro que o Brasil é favorito, mas não podemos entrar de salto alto. Nem uma seleção chega à toa nas quartas-de-final de uma Copa do Mundo.

Antes do jogo do Brasil haverá uma disputa que tem tudo para ser pra lá de emocionante: França x Uruguai. O jogo começa às 11h. Nesse confronto é impossível apontar um favorito. As duas seleções têm tradição, bons jogadores e fizeram boas apresentações. Incógnita total.

*

HORÁRIOS – As agências bancárias funcionarão das 9h às 13h.

O Poder Judiciário do Estado funcionará das 8h às 13h.

*

CONCURSO – Termina amanhã o prazo para se inscrever no concurso para a Polícia Federal, que oferece 500 vagas para os cargos de Escrivão (80), Papiloscopista (30), Perito Criminal (60), Agente (180) e Delegado (150). Os vencimentos variam de R$ 11.983,00 a R$ 22.672,00, mais auxílio alimentação e adicional de fronteira (neste caso, para quem for lotado em região fronteiriça).

As inscrições podem ser feitas pelo link www.cespe.unb.br/concursos/pf_18.

*

PENAS QUE EXTRAPOLAM – Todo brasileiro quer ver os corruptos condenados e presos. O sentimento nacional é esse, mas por tal razão a Justiça não pode exceder os limites da razoabilidade. Esta semana o juiz Marcelo Bretas, responsável pela Lava Jato no Rio de Janeiro, condenou o empresário Eike Batista a 30 anos de xilindró.

Não li a sentença, mas, de prima, vejo uma pena bem acima do que costumo ver, inclusive para crimes bárbaros. O jornalista Pimenta Neves, por exemplo, pegou 19 anos de cadeia mesmo tendo cometido homicídio duplamente qualificado.

É por essas e outras que algumas das decisões da Lava Jato são revistas nos órgãos superiores.

*

LULA E HADDAD CONVERSAM – O ex-prefeito de São Paulo (SP), Fernando Haddad (PT), habilitou-se como advogado do ex-presidente Lula da Silva (PT), que cumpre pena em Curitiba (PR). Hoje ele já fará uma visita ao ex-presidente. Cotado para ser o plano B do líder petista, caso ele não consiga ser candidato, Haddad e Lula deverão falar de tudo, menos de questões processuais.

*

CAMINHOS DE FÁTIMA – Ontem me encontrei rapidamente com um petista histórico num supermercado da cidade. Numa breve conversa de fila de caixa ele me disse que a senadora Fátima Bezerra (PT), em se tratando de alianças, deveria avançar para o centro, não ficar apenas na esquerda pura. Citou, inclusive, o PP da prefeita Rosalba Ciarlini. Confessou que seria difícil explicar para alguns uma aliança assim, mas que este seria o caminho mais curto para se chegar à chefia do Executivo Estadual.

*

VILÃO OU MOCINHO? – O macarrão entrou na dança do que faz bem e faz mal, dança essa que tem no ovo seu maior destaque. Atualmente o ovo é considerado mocinho da alimentação, mas já foi vilão. Na onda low carb, os carboidratos estão sendo considerados os grandes vilões da alimentação saudável e da luta contra a balança e doenças adquiridas.

Na contramão da atual tendência, a revista Saúde de maio trouxe um belo prato de macarronada na capa, com a chamada: “A ciência mostra que é possível comer macarrão várias vezes na semana sem engordar”.

Na matéria, a revista informa que recentes pesquisas mostraram que o macarrão não é esse vilão todo, que pode ser apreciado sempre, desde que acompanhado de alimentos fibrosos, como verduras etc. O problema é que as pessoas usam o macarrão como prato único, isso sim que engorda. Ele pode ser consumido rotineiramente, desde que no prato tenha acompanhamentos saudáveis. Pelo menos é que diz, em suma, a matéria.

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas para o número 99648-2588 (WhatsApp).

Prefeitura de Governador contrata empresa de correligionário de Souza por R$ 720 mil

0

No último dia 21 de junho a prefeitura de Governador Dix-sept Rosado publicou no órgão oficial o resultado do pregão presencial nº. 11/2018, que visou contratar empresa de auditoria e consultoria para fazer revisão de informativos fiscais relativos aos exercícios 2017/2018, objetivando o aumento do índice relativo à distribuição do ICMS (…). Em suma, o prefeito acredita que o município tem potencialidade para receber valores maiores na distribuição do ICMS.

A empresa vencedora foi a Auditoria e Consultoria Nordeste LTDA, com sede em Areia Branca e que tem Luiz Paulo Peixoto Gomes como um dos sócios. Pela auditoria e consultoria a empresa deverá receber R$ 720 mil, um montante significativo.

Vamos agora às coincidências.

Luiz Paulo Peixoto Gomes foi Gerente de Tributação da prefeitura de Areia Branca durante a gestão do então prefeito Souza, hoje deputado estadual. O agora parlamentar é do PHS, mesmo partido do prefeito de Governador Dix-sept Rosado, Antonio Bolota. Inclusive o parlamentar se empenhou bastante na campanha de Bolota à prefeitura, e até hoje mantém fortes laços com o político dix-septiense, tanto é que esteve na cidade há alguns dias, em evento político.

O blog não está fazendo nenhuma denúncia, apenas relatando as coincidências que envolvem a contratação, pelo município de Governador, – por R$ 720 mil – de uma empresa areia-branquense, criada no final de 2016 por um correligionário do deputado estadual Souza, fortemente ligado ao prefeito dix-septiense.

Racionalidades – 12ª edição. (Texto).

2

Na última quarta-feira, exercendo meu ofício, estive por volta das 10h30 numa residência localizada na periferia da cidade de Governador Dix-sept Rosado. Era uma casa muito humilde, sem reboco, sem portas nos cômodos, enfim, sem o mínimo de conforto. Fui atendido por uma senhora de tez sofrida, usando roupas bem velhas. Na ocasião pude notar a presença de três crianças, todas sem roupas. O marido, razão de minha visita, estava no rio. Enquanto uma das crianças foi chamá-lo, aquela senhora me relatou um pouco de seu sofrimento.

Ela disse que vive ali com o marido e os filhos, mas que logo terão que sair para um lugar ainda pior, pois não estão tendo condições de pagar o aluguel. Confidenciou que o café da manhã havia sido feijão puro, único alimento que tinha na casa. Acrescentou que os grãos foram doados por um parente que mora na zona rural.

O marido, disse ela, havia ido ao rio para ver se conseguia pescar um peixe para almoçarem. No caso de insucesso da empreitada teriam que comer feijão puro novamente.

Fui ficando comovido à medida que aquela senhora contava seu cotidiano de sofrimento. Falou ainda sobre o filho mais velho, que mora com o pai em Mossoró, um menino que tem muita vontade de fazer um curso profissionalizante, para então conseguir um emprego e tirá-la daquela vida de dor. Infelizmente, continuou a mãe, ele não tem condições financeiras de pagar uma mensalidade, e nem mesmo de comprar o material escolar dos poucos cursos gratuitos existentes.

Na conversa, ela sapecou a frase: “Eu já fui gente, já cheguei a ser amiga de muitas pessoas boas de Mossoró, de viver andando com elas”. Ato contínuo disse os nomes de algumas pessoas bem conhecidas da geografia mossoroense, sempre com um semblante que expressava um quê de boas lembranças.

Sobre uma dessas pessoas ela perguntou: “Ele ainda é vivo?”. Eu respondi que sim. Ela então finalizou: “- Ali é gente boa”, com o mesmo quê de boa lembrança.

(A pessoa a que ela se referiu deve estar nas casas dos 50 anos, o que me levou a pensar por que ela perguntou se havia morrido. Deve ser por que aquela fase de “ser gente” ela vê com demasiado distanciamento temporal).

Enfim chegou o marido, um rapaz aparentemente bem mais novo do que minha interlocutora. Com ele o papo foi apenas profissional. Ele logo assinou o mandado de intimação e então voltou para o rio. No período, contudo, mostrou-se bem simpático. A pressa em voltar era mais do que justificada. Já era quase 11h e ele ainda não tinha pescado nada.

Quando eu estava de saída, a senhora olhou pra mim e disse: “- Se encontrar Fulano e Beltrano diga a eles que mandei lembranças”. “Direi sim. Pode ter certeza”, respondi.

O que mais me comove é saber que aquela família não é a única a passar sérias privações. Situações como aquela eu vivencio rotineiramente. Destaquei este caso pelo desabafo da senhora. No geral noto que as pessoas omitem seus sofrimentos e dificuldades.

Impossível presenciar essas situações de extrema pobreza e não se revoltar com os políticos que desviam dinheiro da saúde, educação, habitação etc. Se não houvesse tanto dinheiro sendo desviado essas pessoas poderiam ter uma vida minimamente digna .

OBS. Foto meramente ilustrativa.

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas para o número 99648-2588 (WhatsApp).

Racionalidades – 11ª edição.

0

SÓ PARA CONSTAR – Antes de tudo, não sou jornalista, não me apresento como jornalista e não tenho obrigação de jornalista. Escrevo essa coluna semanal por hobby, e também para exercitar o cérebro. Profissionalmente sou servidor da Justiça Estadual.

No geral eu opino sobre o que leio durante a semana. Também costumo trazer curiosidades e assuntos que não estão na “time line”, para usar um termo da moda.

Procuro ofertar aos leitores um blog diferente do convencional, sabendo que, por esta razão, tenho um público peculiar.

*

O inverno começou às 7h07 de ontem. Já está sentindo aquele friozinho?

*

FRASE“Quem quer ver Lula derrotado deve torcer para que o seja nas urnas. Lula impedido será um fantasma a assombrar não apenas a eleição, mas o mandato presidencial que se seguirá”. (Roberto Pompeu de Toledo, em artigo na Veja).

*

FUNCIONALISMO AINDA EM ATRASO – Os dias passam e o governador do Estado não consegue colocar em dia o pagamento do funcionalismo estadual. Já nos aproximamos do final de junho e parte dos servidores ainda não recebeu os vencimentos de maio. O 13º de 2017 também não foi pago.

É por essas e outras que o governador Robinson Faria (PSD), pai de Fabinho, é hostilizado aonde chega. Caso queira ser reeleito, ele deve cuidar logo para colocar o pagamento do funcionalismo em dia. É o mínimo.

*

TUCANO LIVRE DE MORO – Esta semana o Superior Tribunal de Justiça, através de sua Corte Especial, entendeu que o processo em desfavor do ex-governador Beto Richa (PSDB), do estado do Paraná, não deve tramitar na 13ª Vara Federal Criminal do Paraná, que tem a frente o juiz Sérgio Moro. É impressionante como os tucanos de penas claras e anéis nas patas conseguem se esquivar da Vara do juiz Moro.

E nem sei se esse temor de enfrentar o juiz da 13ª Vara se justifica…

*

UMA ESTRELA NO FIM DO TÚNEL – Caso a 2ª Turma do STF julgue a favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na próxima terça-feira (26), ele terá vitória dupla. Além da liberdade, ficará apto a concorrer ao cargo de presidente da República. Pelo menos é isso o que defende o criminalista Gustavo Badaró, professor de Direito Penal da USP, em entrevista ao Estadão.

Uma hipotética decisão favorável suspenderia os efeitos da sentença de segundo grau, tirando assim o ex-presidente da Lei da Ficha Limpa. Para o petista seria o melhor dos mundos, vez que ele lidera todas as pesquisas de intenção de votos.

É preciso, contudo, cautela. O histórico de Lula no STF não é dos melhores. A 2ª Turma é formada pelos ministros Edson Fachin, Celso de Melo, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes.

*

DISTORÇÃO – Não entendo essa celeuma envolvendo a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar supostas irregularidades envolvendo os acordos de colaboração premiada.

De umas semanas para cá começaram a pipocar denúncias as mais diversas sobre as colaborações premiadas. Caso de colaborações direcionadas, de pessoas que pagavam para não serem acusadas etc.

Tudo isso precisa ser apurado. Ou será que policiais federais e procuradores da República são seres imaculados, acima do bem e do mal?

*

NOTA DE ESCLARECIMENTO – A assessoria do vereador Rondinelli Carlos (PMN) enviou nota ao blog para esclarecer postagem publicada aqui na coluna passada. Ei-la:

Ao ler o seu blog nos deparamos com a nota “Um terço dos vereadores almeja a AL-RN” e nela consta o nome do vereador Rondinelli Carlos (PMN). Sobre essa disposição em disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa, refutamos e afirmamos:

– Exercendo o seu primeiro mandato, o edil tem o foco de continuar o mandato na Câmara Municipal de Mossoró, atendendo os anseios da população, em sua plenitude.

– Nesses primeiros 18 meses de mandato, o vereador Rondinelli Carlos (PMN) já apresentou 225 indicações, 48 projetos de lei (sendo 04 já sancionados e/ou promulgados), 51 requerimentos, 36 emendas, 29 projetos de decreto legislativo e 02 projetos de resolução.

– O trabalho continuará firme. Com e para o povo até o ano de 2021, onde estudaremos uma proposta de reeleição.

– Registramos que o vereador e a sua assessoria são leitores assíduos do seu blog. Nos colocamos à disposição para quaisquer dúvidas. Grato!

Nota do Tio – Eu que agradeço pelo esclarecimento. Este espaço sempre estará disponível para o contraditório. Daqui desejo sucesso ao edil, que conheço desde o ginasial, quando estudávamos no Dom Bosco.

*

EXPEDIENTE NO JUDICIÁRIO – Hoje não haverá expediente no âmbito do Poder Judiciário do Estado do Rio Grande do Norte. A determinação está na Portaria Conjunta nº. 22/2018. Na próxima quarta-feira (27) o expediente será das 08h às 13h.

Já a Justiça do Trabalho funcionará hoje das 13h às 17h30.

*

ENFIM A DATA-BASE – Ontem, foi publicada no Diário Oficial do Estado a Lei Complementar n.º 634/2018, assinada pelo governador do Estado no dia anterior, 20 de junho.

Trata-se da implantação da data-base para os servidores, uma luta antiga da categoria. A conquista é atribuída ao atual presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Expedito Ferreira, que se esforçou pessoalmente para que o projeto fosse aprovado no Legislativo e sancionado pelo governador. Sem contar, é claro, o trabalho dos sindicatos que defendem a categoria. É uma luta de anos.

OBS. Cumprindo agenda em Mossoró, o presidente do Tribunal foi recebido com muita alegria pelos servidores do Fórum (foto acima).

*

TOTALMENTE SEM SENSO – Vi um homo sapiens sapiens escrever no Facebook que estão exagerando em relação aos brasileiros que fizeram aquela “brincadeira” com uma russa. Segundo ele, só estão criticando porque os rapazes estavam com “camisas do golpe”, e que por isso são taxados de conservadores. No caso, seria uma forma de atacar os conservadores. É até difícil de explicar, mas é isso.

Como diria uma antiga amiga minha: “Se cria uma pessoa dessas?”. Esse está no nível “camisa-de-força”.

*

AVANTE, BRASIL – A Seleção Brasileira de Futebol entra em campo daqui a pouco. Teoricamente pegará uma equipe bem mais fraca do que a primeira. A previsão é que ganhe com mais de um gol de diferença. Além da vitória, o brasileiro espera ver nossos jogadores fazendo bonito, com dribles desconcertantes, belas jogadas etc. Está bom de Neymar Jr. parar com aquele cai-cai.

*

REVOLTANTE – Há 49 crianças brasileiras presas e separadas dos seus pais nos Estados Unidos. A mais nova tem cinco anos. O governo brasileiro até agora não fez nada para solucionar esse seriíssimo problema. Não entendo como os EUA, um país com democracia plena, pratica este tipo de atentado aos direitos humanos e à dignidade da pessoa humana. Não, você não leu errado, isso está acontecendo nos EUA.

*

AULA DINÂMICA – Algumas academias de Mossoró já oferecem aulas de circuito funcional (Synergy). Trata-se de uma atividade bem dinâmica, ideal para quem não suporta a monotonia dos exercícios convencionais. A aula compreende dez ou mais atividades realizadas em circuito, com duração de 30 segundos cada.

Cada aula tem três rodadas, com pausa de 2 minutos entre uma e outra. Ao terminar o circuito o aluno terá trabalhado os mais diversos grupos musculares. São 40 minutos, em média, de atividade física intensa. As aulas são ministradas três vezes por semana, sempre com mudanças de atividades, por isso se torna tão dinâmica.

*

MAIS UMA CNH DE DEVEDOR É APREENDIDA – O juiz de Direito Luiz Antonio Júnior, da Comarca de Ipameri-GO, determinou a apreensão da CNH, passaporte e cartões de crédito de um executado por dívida junto à instituição financeira.

No curso do processo não foram encontrados bens em nome do devedor para quitar a dívida de R$ 14 mil. O juiz alegou, contudo, que nas redes sociais o executado postava diversas fotos em viagens nacionais e internacionais. Textualmente:

“Como é possível uma pessoa fazer diversas viagens internacionais todo ano e, mesmo assim, não ter numerário em conta bancária e não ter bens registrados em seu nome, sequer um único veículo? O padrão de vida evidenciado para a sociedade revela a ocultação de bens do devedor.

Frise-se que neste caso o juiz só tomou tal decisão por causa da incongruência entre a pobreza do devedor nos autos e sua vida postada nas redes sociais.

*

VACINAÇÃO – Após segunda prorrogação, termina hoje, no Rio Grande do Norte, a campanha de vacinação contra a gripe. Pelos cálculos do Ministério da Saúde em relação ao RN, 89 mil pessoas integrantes do público-alvo não tomaram a vacina.

Caso sobre vacinas apenas o encerramento da campanha, estas poderão ser aplicadas em crianças de 05 a 09 anos e em adultos de 50 a 59 anos.

*

MENOS FORO – Na última quarta-feira a Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que governadores e conselheiros de tribunais de contas estaduais só serão julgados por aquele órgão se os fatos imputados a eles tiverem sido durante o exercício do cargo e em função dele. Caso contrário, o processo tramitará no juízo de primeira instância.

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas para o número 99648-2588 (WhatsApp).

Racionalidades – 10ª edição.

2

SÓ PAPO – O Papa Francisco completou cinco anos a frente da Igreja Católica Apostólica Romana. Sua ascensão ao cargo emocionou o mundo todo, que viu nele – o primeiro sul-americano a alcançar tal posto – um homem humilde, carismático e humano.

*

Já nos primeiros dias após sua entronização, disse que a igreja deveria acolher os homossexuais. Disse ainda, anos depois, que aqueles que estão em segundas núpcias também devem ser recebidos pela igreja.

*

Muitos, contudo, querem do Papa mais do que palavras dóceis. Nestes cinco anos nada foi mudado na doutrina católica. Casados em segundas núpcias, por exemplo, continuam proibidos de comungar. Num documento oficial de 2016 o Papa anunciou que só existe casamento entre pessoas de sexos opostos.

*

Com tantos sinais, mas sem nenhuma ação concreta, muitos já o veem como um conservador carismático, e não como um revolucionário, como se pensava. É bom frisar, todavia, que não se muda em poucos anos uma instituição milenar. Possa ser que Francisco esteja apenas semeando novos tempos.

*

UM TERÇO DOS VEREADORES ALMEJA A AL-RN – Dos 21 vereadores da Câmara Municipal de Mossoró, sete são apontados como pré-candidatos a deputado estadual. Quase todos ainda exercendo o primeiro mandato. Definição mesmo só vejo em relação a Isolda Dantas (PT) e Genilson Alves (PMN), mas outros cinco também poderão se aventurar: Flávio Tácito (PPL), Ozaniel Mesquita (PR), Raério Cabeça (PRB), Alex do Frango (PMB) e Rondinelli Carlos (PMN).

*

Além desses nomes, há outros tantos em Mossoró que também lutarão por uma cadeira na Assembleia Legislativa, que atualmente só tem Larissa Rosado (PSDB) como representante de Mossoró. Havendo só uma candidatura à reeleição, o caminho fica, teoricamente, mais fácil, vez que Mossoró tem eleitorado para eleger uns quatro deputados, pelo menos é isso o que devem pensar nossos trocentos pré-candidatos a deputado estadual.

*

SEM AULAS – Há 40 dias, os alunos do Educandário Dix-septiense, maior escola municipal de Governador Dix-sept Rosado, estão sem aulas. O motivo é a realização de uma reforma no prédio onde funciona a escola, e como a quantidade de alunos é muito grande, não tem outro local disponível para a realização das aulas. O jeito é esperar.

Para piorar, os serviços de reforma estão parados desde o início da semana. O Ministério Público já foi avisado. A educação deve estar entre as prioridades de qualquer administração. A paralisação das aulas traz inúmeros prejuízos para os alunos, e também para os pais e a sociedade em geral.

Daqui torço que o prefeito Antonio Freire (PHS) resolva logo este sério problema.

*

O FUTURO DOS TRANSPORTES – Quando se trata de avanços tecnológicos na área de transportes, o nome a ser pesquisado é o do sul-africano Elon Musk, hoje radicado nos EUA. Já em 2008 sua empresa lançou o carro Tesla Roadster, que abriu caminho comercial para os carros elétricos, isso porque o Roadster era veloz e tinha autonomia de 390 km, bem a frente dos modelos pretéritos, os quais não superavam os 150 km de autonomia, isso se locomovendo a 60 km/h.

*

De 2008 para cá os avanços foram muitos, em vários modelos lançados pela Tesla, a montadora de Musk. Em 2020 chegará ao mercado o novo Tesla Roadster, com autonomia de 1.000 km e velocímetro que supera os 400 km/h. Frise-se que estamos falando de carros elétricos, os quais são carregados em tomadas.

*

Elon Musk não trabalha apenas com carros, ele também tem projetos futuristas para caminhões, trens, metrôs e até foguetes, alguns já em pleno funcionamento. Uma fábrica de testes do Hyperloop, um trem que atinge até 1.100 km/h, foi montada em Contagem (MG).

*

A maior ambição de Musk, contudo, é levar o homem à marte. Para tanto, criou a empresa SpaceX, que vem investindo pesado para alcançar esse objetivo até 2022 (com robôs) e até 2024 (com humanos). “Nossa ideia é tornar a humanidade uma espécie multiplanetária (…) ou nos tornaremos uma civilização espacial ou ficaremos presos aqui até algum evento de extinção”, já disse Elon Musk.

*

Ler qualquer matéria sobre as empresas de Musk é o mesmo que antever o futuro no que se refere aos transportes. Ele já mostrou que não é nenhum lunático, sem pecado do trocadilho. Até agora vem cumprindo o que promete.

*

AGRIPINO ENTRA NA FILA DO STF – Na terça-feira, a 2ª Turma do STF, por 3 x 2, recebeu denúncia em desfavor do senador potiguar José Agripino (DEM). A maioria entendeu que há provas suficientes para o recebimento da denúncia. No caso em tela, o senador é acusado de receber R$ 1,1 milhão para assegurar um contrato de inspeção veicular entre um consórcio e o Estado do Rio Grande do Norte.

A denúncia foi embasada em provas decorrentes da colaboração premiada de George Anderson Olímpio da Silveira.

O STF não acatou a denúncia na parte referente a ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP).

*

ENGAVETOU – No dia 16 de janeiro os advogados do ex-presidente Luiz Inácio peticionaram ao juiz Sérgio Moro solicitando a liberação de R$ 3 milhões que foram bloqueados num processo em desfavor da ex-primeira-dama Marisa Letícia. Como o processo foi extinto em relação a ela, a liberação deve ser feita. Não há discussão nenhuma quanto a isso.

*

O juiz Sérgio Moro, sem ter muita opção, resolveu “esquecer” o pedido. Na terça-feira última, contudo, após reclamação dos advogados, o desembargador João Gebran Neto deu um prazo de três dias para o juiz analisar a petição.

*

AGRÍCOLA SOCIAL – A Agricola Famosa, em parceria com o SESC, irá realizar hoje (15/06), das 09h às 11h da manhã, a Ação Socioambiental de Conscientização sobre o Meio Ambiente. A programação será na Escola Estadual Gilberto Rola, situada na comunidade da Vila Maisa, zona rural da cidade de Mossoró-RN.

*

O evento terá a presença das equipes do Projeto Pensando Verde (SESC), onde oferecerá oficinas com a utilização de materiais recicláveis, como também o projeto SESC Lúdico, que oferecerá brincadeiras educacionais, quais sejam: jogos de tabuleiro, jogos de salão, atividades recreativas, dentre outras. Todas voltadas para o meio ambiente.

*

MORDAÇA? – Na última quarta-feira (13), o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), órgão de controle da atividade dos membros do Judiciário, publicou o Provimento n.º 71/18, que disciplina a atuação dos magistrados nas redes sociais.

Segundo o provimento, o magistrado deve agir com cautela, reserva e discrição ao publicar seus pontos de vista em perfis pessoais nas redes sociais. O texto também estabelece que os magistrados devem evitar pronunciamentos oficiais sobre casos em que atuou.

Os magistrados não estão impedidos de criticar ou defender ideologias, ideias, programas de governo e econômicos, conceitos etc., mas devem evitar críticas pessoais a candidatos, lideranças e partidos políticos que visem prejudica-los perante a opinião pública.

A Associação Nacional dos Magistrados Estaduais (Anamages), uma das entidades que representam os magistrados, se voltou publicamente contra o provimento, chamando-o, em nota, de “Provimento da Mordaça”.

*

TORCIDA MACAMBÚZIA – O brasileiro não está demonstrando muita empolgação com a 21ª Copa do Mundo, realizada na Rússia, que começou ontem. É só sobre isso que se fala na grande imprensa, sempre em matérias com dados para provar esse desinteresse. O comércio de produtos relacionados à Seleção Brasileira é o maior parâmetro. Os lojistas dizem que as vendas estão muito aquém das copas pretéritas. A esperança é que a Seleção se saia bem nos primeiros jogos, para ver se a população se anima.

Lembro muito bem das copas passadas. Nunca houve essa necessidade de a seleção começar bem para o brasileiro se animar. A Copa do Mundo já começava com todo mundo empolgado: ruas enfeitadas, bandeiras nas janelas, muros pintados etc.

Os motivos para o desânimo são muitos, desde a crise que o país enfrenta até a falta de identificação com os atletas, passando pelo 7 x 1, claro.

 *

FRASE“A partida de futebol é mais disputada por torcedores do que por atletas no campo“. (Carlos Drummond de Andrade)

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas para o número 99648-2588 (WhatsApp).

Racionalidades – 09ª edição.

0

IMPEACHMENT MOVIE – Estreou ontem no MultiCine Cinemas do Partage Shopping o filme O Processo, um documentário que traz cenas de bastidores e imagens do que ocorreu nas ruas e no Congresso Nacional durante o período em que tramitou o processo que culminou com o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

Pelas críticas que li o documentário não tem lado, apenas mostra os fatos como eles aconteceram. O filme é exibido num único horário, 21h.

*

APENAS CORDIALIDADE – Durante a 10ª edição do Pingo da Mei Dia, a senadora Fátima Bezerra (PT) posou para fotos ao lado da prefeita Rosalba Ciarlini (PP). A foto logo se espalhou nas redes sociais, especialmente em grupos de WhatsApp. Seria um sinal de alinhamento para as eleições que se avizinham? Não, não foi.

*

Todos os anos a senadora Fátima Bezerra prestigia o evento, considerado o maior de Mossoró, e todas as vezes visita o camarote institucional da prefeitura, independentemente do ocupante da vez do Palácio da Resistência. Quem procurar vai encontrar fotos dela com Fafá Rosado, Cláudia Regina e Silveira Jr. Trata-se de uma visita cordial de uma senadora a uma prefeita, somente.

*

Em entrevista ao Jornal da Tarde, da rádio Rural, a vereadora Isolda Lula Dantas (PT) disse que, até a presente data, não há nenhuma conversa política entre o PT da senadora e o grupo político da prefeita de Mossoró. É bom frisar no “até o momento”.

Apesar de atuações bem díspares na política potiguar, é bom lembrar que o PP, partido da prefeita, era da base aliada no governo Dilma Rousseff. Sob o viés partidário a união não seria tão incongruente.

*

OS CAMAROTES DO PINGO – Por falar em Pingo da Mei Dia, as redes sociais foram tomadas por reclamações acerca dos camarotes instalados no evento. A maioria das queixas girava em torno de superlotação, banheiros insuficientes e cerveja quente. Ao contrário do ano passado, quando houve reclamações pontuais, este ano elas foram generalizadas.

*

Bem, é bom ouvir o outro lado, até porque nas edições pretéritas não houve essa gritaria toda, sugerindo assim que o problema foi nesta edição (espero que não ocorra nas edições vindouras). E o que disse o outro lado?

*

Alguns organizadores ouvidos pelo blog se queixaram da indecisão quanto à realização do evento e do atraso na entrega das cervejas, em ambos os casos por causa da greve dos caminhoneiros. De fato, não havia depósitos com cerveja em quantidade durante toda a semana passada. Os caminhões com cerveja só começaram a chegar na cidade na sexta-feira à tarde, e muitos só chegaram no sábado pela manhã, isso explica a cerveja quente.

*

Quanto à superlotação e insuficiência de banheiros, a culpa é realmente dos organizadores, mas acredito que eles – ao menos os mais compromissados com os clientes – calcularão corretamente o número de senhas à venda, devendo assim diminuir consideravelmente em relação a este ano, isso se o espaço for o mesmo.

Não devemos demonizar os organizadores, pois, como escrevi acima, não houve tantas queixas nas edições passadas, mostrando que eles sabem sim organizar camarotes com open bar.

*

“CEY” – Na coluna da semana passada escrevi sobre o iminente arquivamento da Comissão Especial de Investigação (CEI) do Lixo. O iminente virou real. A maioria dos nossos vereadores votou pelo seu arquivamento, o que acabou acontecendo, mesmo ferindo de morte a legislação pertinente, consoante especialistas ouvidos pelo blog.

*

Não esperava outra atitude de nossa Câmara Municipal, desde sempre subserviente às ordens do Executivo. Não é de hoje que vereadores governistas votam contra o povo para satisfazer a vontade do chefe do Executivo, consequência do toma lá dá cá imundo que move nosso sistema político.

*

Vereadores governistas têm que seguir as ordens do Executivo para assim manter seus cargos e contratos na administração. Sempre foi assim, e não avisto mudança no horizonte. O sistema é feito para funcionar deste modo. Se mudarmos os 21 vereadores, ainda assim veremos a situação se repetir.

Os que não estão no esquema são empurrados para a oposição, onde esperneiam, esperneiam, esperneiam, esperneiam… e esperneiam. Não passa disso.

*

Esse discurso de que o povo não sabe votar é balela. Recentemente a Câmara Municipal teve uma renovação significativa, mas os novos ocupantes logo aprenderam como as coisas funcionam, e então passaram a agir como todos os outros, na base do toma lá dá cá. Renovar não adianta.

*

TRAGÉDIA – O filme Deadpool 2, ainda em cartaz nos cinemas, guarda um episódio triste. A dublê Joi Harris, de 40 anos, morreu durante a gravação de uma das cenas. Ela perdeu o controle da moto e acabou colidindo contra uma estrutura de vidro. A perícia eximiu os produtores do filme de qualquer culpa no episódio.

*

O PERIGO MORA AO LADO – Comumente, as mulheres evitam lugares ermos e escuros, especialmente becos onde há pouco movimento. O coração dispara se em sua direção aparece um cara usando capuz. O temor de ser estuprada é grande.

Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), contudo, o lugar onde a mulher corre mais riscos de ser estuprada é a própria casa. 70% dos estupros de mulheres têm como agressor algum familiar, amigo ou vizinho. É bom ficar atento!

*

DESORGANIZAÇÃO JUNINA – O evento Mossoró Cidade Junina é considerado, pela Lei n.º 2.494/09, um bem cultural local. É um patrimônio de todos os mossoroenses, pena que alguns gestores não saibam cuidar desse bem com zelo.

Ontem à tarde, momentos antes do show de abertura, com a banda Aviões do Forró, era grande o corre-corre na Estação das Artes. Tudo sendo montado do jeito que dava certo, às pressas.

*

Em grupos de WhatsApp circularam áudios e vídeos de comerciantes revoltados com a falta de organização e com o descaso e ignorância dos representantes da prefeitura que estavam no local. A acusação era de que a prefeitura não cumpriu o que foi acordado com os barraqueiros, especialmente nos quesitos material, espaço e localização. Lamentável!

P.S. Já após concluir essa coluna soube que um dos camarotes desabou. O evento já era previsível, inclusive postei isso nas minhas redes sociais. Não precisava ser nenhum Robério de Ogum para prever que isso poderia acontecer. Estive à tarde na Estação das Artes e vi a precariedade das estruturas e a rapidez irresponsável dos que a montavam. Graças a Deus não houve mortes, apenas feridos. Profundamente lamentável. 

*

TODO O TEMPO DO MUNDO – Dias antes de iniciar o Mossoró Cidade Junina tudo já deveria estar pronto, até porque a Estação das Artes é um espaço isolado, delimitado por muros. Uma montagem feita dias antes não atrapalharia o trânsito, nem causaria transtorno, diferentemente de eventos realizados em ruas e avenidas, os quais necessitam de uma logística maior e de um tempo mais exíguo para montagem.

*

IMORAL – A banda Aviões do Forró recebeu da prefeitura municipal a quantia de R$ 330 mil para realizar um show com duas horas de duração. O pagamento fere de morte o princípio constitucional da moralidade pública. A cidade passa por vários problemas, entre estes o desabastecimento nos equipamentos de saúde, greve de algumas categorias, ruas esburacadas, violência crescente e defasagem salarial dos servidores.

Com tantos problemas mais urgentes para resolver, é um acinte contratar uma banda de forró por R$ 330 mil. É um soco no estômago do cidadão que vê várias falhas nos serviços básicos. Sem contar que a prefeitura de Assu contratou a mesma banda por R$ 220 mil.

Sinceramente, estão tripudiando do povo.

*

O PETROLEO É NOSSO – Durante a greve dos caminhoneiros muito se falou acerca do método utilizado pela Petrobras para definir o preço dos combustíveis. O ex-presidente optou por um método que agradava por demais ao mercado, por isso virou logo o queridinho dos grandes empresários e da imprensa que eles dominam.

*

 Vale lembrar, contudo, que a Petrobras não é uma empresa privada (ainda não), tanto é que seus servidores são escolhidos mediante concursos públicos e suas negociações são feitas mediante licitação. Na realidade, trata-se de uma Sociedade de Economia Mista, e como tal deve cumprir sua função social, além da necessidade de ser fiscalizada pelo poder público e pela sociedade.

*

Nas redes sociais muitos trataram do assunto como se a Petrobras já fosse uma empresa totalmente privada, não atentaram para o seu caráter público. É claro que muitos a querem privatizar, mas não vejo essa opção como a melhor. O petróleo é nossa maior riqueza, não acho uma boa entrega-lo ao capital estrangeiro.

*

ELA NÃO É CAMELO – Em São Paulo, uma trabalhadora foi demitida por justa causa pelo fato de ter bebido uma garrafa de água de 500 ml durante o expediente. O caso foi levado à Justiça do Trabalho, que, claro, deu razão à empregada. Na sentença, a juíza Luciana Bezerra de Oliveira, da 57ª vara, sapecou:

“A reclamada não contratou robôs. Seus empregados são seres humanos. E, como tais, precisam beber água com regularidade. E não se trata de querer, de luxo ou capricho, mas de necessidade fisiológica… A atitude da reclamada de despedir sua empregada por justa causa por beber uma garrafa de água (repita-se, pois necessário!) é, além de um exagero, um exemplo de desrespeito ao mais elementar direito de qualquer ser humano, de qualquer ser vivo na face da Terra que é o de matar a própria sede”.

Além dos danos morais, fixados em mais de R$ 11 mil, a empresa ainda deverá arcar com 15% dos honorários sucumbenciais e multas diversas relativas às cláusulas normativas das convenções coletivas da categoria da autora.

Além disso, por ter mentido sobre fornecimento de água, foi aplicada multa por litigância de má-fé, no valor de 10% da causa em favor da autora.

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas para o número 99648-2588 (WhatsApp).

Racionalidades – 08ª edição.

0

DITADURA NUNCA MAIS – Ultimamente tenho visto muitas pessoas pedirem uma intervenção militar. Quem assim age não tem a mínima noção do que está fazendo, assim penso. O regime militar, que durou de 1964 a 1985, representa a mancha mais negra da história brasileira de Cabral até os dias atuais.

Neste período não havia liberdade de imprensa e nem de expressão, não havia ampla defesa, nem respeito às garantias individuais e coletivas. A população vivia amordaçada, com medo de represálias. Todos eram vítimas em potencial dos generais.

*

No Doi-Codi foram torturados muitos artistas, jornalistas, estudantes e quem mais os militares achassem que era uma ameaça à ordem. Frise-se no “achar”. Não precisava ser comprovada a desobediência às regras do regime. Muitos foram torturados nos porões sem nada deverem, apenas por estarem na hora e lugar errados.

Onde já se viu alguém querer o retorno de um regime desses?

*

Querem um militar no comando da nação? Então que consigam isso no voto. Na campanha que se avizinha terá um candidato que se mostra saudosista do regime militar, inclusive aproveitando um momento de grande audiência para fazer loas a um dos torturadores mais conhecidos do regime.

*

O pré-candidato Jair Bolsonaro é o que mais se aproxima do retorno do regime militar. Quem acha que a solução é a volta da ditadura militar deve votar nele. O caminho deve ser democrático. Que o povo escolha seu comandante, seja este quem for; o que não podemos é nos comportar como o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que optou pela ruptura democrática por não se conformar com a derrota que obteve nas urnas.

 *

VACINA PRORROGADA – A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe, prevista para acabar hoje, 01º, foi prorrogada até o dia 15 de junho no município de Tibau, de acordo com a secretária municipal, Márcia Alves.

O motivo é que a meta de imunizar 90% do público-alvo não foi atingida, por isso, existe a necessidade de prorrogar, já que não serão disponibilizadas novas doses. “Assim, alertamos as pessoas dos grupos prioritários que ainda não tomaram a vacina que procurem um posto mais próximo tomar a vacina”, reforça a secretária.

*

A vacina que protege contra três subtipos do vírus da gripe (H1N1, H3N2 e Influenza B) está disponível nas unidades de saúde.

Para receber a imunização é preciso levar documento de identificação e, se possível, a carteira de vacinação.

OBS. Já quando do fechamento da coluna obtive a informação de que a Campanha da Vacinação foi prorrogada em todo o estado do Rio Grande do Norte.

*

ABSURDO – Falando nisso, na lista do público-alvo estão os adolescentes entre 12 e 21 anos que estejam cumprindo medidas socioeducativas, ou seja, aqueles “meninos bons” que furtaram, assaltaram, mataram e que por isso se encontram recolhidos nos Centro Educacionais (Ceducs) da vida.

Já o seu filho, um adolescente bom que só tira nota azul na escola, não tem direito à vacina.

Um país desses, que prioriza os delinquentes em detrimento dos adolescentes de bem pode dar certo? Isso explica muita coisa.

*

Sim, acrescento, os homens e mulheres que estão recolhidos no sistema prisional também integram o público-alvo.

Meu Deus, pare o mundo que eu quero descer.

*

ABSOLVIDA – No dia 06 de agosto de 2014, a empresária Kaline Barros (foto) foi presa preventivamente após ser acusada de estelionato. Segundo o que foi divulgado à larga pela imprensa à época, ela teria enganado quatro pessoas, vendendo-lhes imóveis no Loteamento Cidade Jardim, negociações estas que não se confirmaram. Cada vítima “caiu” com R$ 3 mil, que seria a taxa de adesão. A empresária e corretora de imóveis passou 17 dias atrás das grades. Além disso, teve sua vida destroçada. Mãe de quatro filhos, Kaline sofreu o pão que o Diabo amassou nos anos seguintes à prisão.

*

No decorrer do processo foram ouvidas as vítimas e as testemunhas, tanto da acusação quanto da defesa. Após a colheita de todas as provas, o Ministério Público pediu a absolvição da acusada, por não ter restado comprovada sua culpa pela não concretização das negociações. A juíza Ana Cláudia Secundo seguiu a mesma linha de raciocínio, absolvendo assim Kaline Barros.

*

Mesmo tendo conseguido provar sua inocência, a corretora Kaline Barros clama pela ampla divulgação da sentença absolutória, para assim desfazer a imagem que a imprensa criou dela em 2014, quando de sua prisão. Com a decisão, ela conquista um grande aliado na difícil missão de reconstruir sua vida e restaurar sua imagem profissional.

Sua defesa em juízo foi feita pelo advogado Eduardo Souza.

*

PINGO – Ocorrerá amanhã mais uma edição do Pingo da Mei Dia, o maior evento de Mossoró. Segundo a prefeitura, responsável pela organização, a festa iniciará pontualmente ao meio-dia, com saída simultânea – em pontos distintos do circuito – dos quatro trios que animarão os presentes. Ao todo, doze atrações se apresentarão nos quatro trios que circularão pela Avenida Rio Branco (Corredor Cultural), tendo como limites as ruas Felipe Camarão e João Marcelino.

*

Por ordem da prefeitura, não haverá camarotes na calçada do Teatro Municipal e nem no Memorial da Resistência, deixando assim mais espaço para os presentes e comerciantes avulsos. Decisão acetada!

O blog destaca ainda que todas as atrações que se apresentarão já receberam o cachê na última quarta-feira.

Sou um grande entusiasta do evento, e sinto que a população, no geral, também o é. Mossoró se inquieta nos dias que antecedem ao Pingo. Ninguém fala noutra coisa. A expectativa sempre é muito grande.

*

Entre os vários camarotes disponíveis, o blog sugere o do Thermas, que se instala no Papo de Buteco, a melhor localização do evento, único com três lados, o que permite uma maior visualização dos trios e dos presentes.

Além disso, o camarote possui seguranças; open bar do início ao fim com água, refrigerante, caipirinha e cerveja em garrafa; atração musical própria; opções de petiscos etc.

*

 FRASE DA SEMANA“Na limpeza urbana de Mossoró, o que fede menos é o lixo”. (Carlos Santos, jornalista e blogueiro).

*

“CEY” DO LIXO – A frase acima se refere ao iminente arquivamento de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) instalada na Câmara Municipal de Mossoró para investigar os contratos sem licitação entre a prefeitura municipal e a empresa baiana Vale Norte, os quais garantiram a esta R$ 52,3 milhões entre abril de 2016 e maio de 2018.

*

A comissão é formada pelos vereadores Manoel Bezerra (PRTB), Emílio Ferreira (PSD) e Alex do Frango (PMN). Numa reunião interna, por 2 x 1, foi decidido pelo seu arquivamento. A decisão será submetida ao plenário.

Manoel Bezerra e Emílio Ferreira foram os vereadores que votaram pelo arquivamento da CEI. Ambos possuem vários cargos na estrutura da prefeitura municipal. O voto deles garante a permanência desses cargos. Mais uma prova de que os nossos representantes estão se lixando para o povo, só pensam no próprio umbigo.

*

TOMA LÁ DÁ CÁ– Desde que me entendo por gente a Câmara Municipal de Mossoró funciona dessa forma. Os vereadores situacionistas, agraciados com cargos e contratos na prefeitura, obedecem caninamente o prefeito da vez. Os oposicionistas, até não integrarem o esquema, mostram alguma independência.

Aquilo que a gente vê na campanha eleitoral é o mais puro exercício de cinismo, desfaçatez e hipocrisia. Cara de pau em seu grau mais elevado.

*

MACARRÃO FREE – A cada novo estudo ou pesquisa, um alimento é condenado ou tido como essencial. O ovo é o que mais muda. Já foi vilão, acusado de aumentar os níveis de colesterol, mas agora é o queridinho dos nutrólogos, isso depois de muitas idas e vindas. Quanto à gema, continua provocando discussões.

*

Um estudo recente, publicado no conceituado British Medical Journal, contudo, vai de encontro a tudo o que pregam os nutricionistas. Pesquisadores canadenses concluíram que macarrão não engorda. Segundo eles, apesar de ser feito de farinha de trigo, o alimento tem baixo índice glicêmico. O segredo estaria no processo de fabricação, onde o calor aglutina a proteína (glúten), daí a massa demorar mais para ser digerida.

Os pesquisadores recomendam a massa grano duro e que o ponto de cozimento seja al dente.

A informação acima está na edição de maio da revista Boa Forma, página 57.

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas pelo telefone 99648-2588 (WhatsApp).

Racionalidades – 07ª edição.

1

DESNÍVEL – Caminhar pelas calçadas do Centro da cidade é uma atividade bem complicada. Não existe nenhum nivelamento. Parece até que os moradores e comerciantes fazem questão de construir suas calçadas num nível diverso do vizinho. Há casos onde a diferença passa de dois palmos, o que impossibilita o trânsito de idosos, deficientes físicos e carrinhos de bebê. Por isso a gente vê tanta gente andando pelas avenidas e ruas, em meio aos veículos.

*

Não podemos, contudo, atribuir a culpa aos moradores. Caberia ao poder público municipal fiscalizar as construções e fazer valer o Código de Postura do Município. É cediço que o problema remonta às primeiras construções urbanas, mas há formas de regularizar a situação, basta ter vontade de resolver, o que nossa prefeita, a doutora Rosalba Ciarlini (PP), parece não ter, pois está no seu quarto mandado e nunca moveu uma palha para solucionar esse sério problema de acessibilidade e fluxo de pedestres.

*

INATIVO – Por falar nisso, se as prefeituras recebessem carimbos de ativo e inativo pelas suas ações, a de Mossoró teria um inativo em negrito. Saúde, Educação e Segurança não funcionam. Quem quiser saber como anda o município procure ouvir a Difusora AM, única rádio que abre para os ouvintes denunciarem o que acontece de errado na administração municipal. Como os relatos são dos próprios usuários dos serviços oferecidos pela administração municipal, concluímos que são verdadeiros e refletem a realidade, sem maquiagem.

*

De modo inverso, a FM Resistência é a rádio a ser evitada. Sua linha mudou radicalmente. Como num passe de mágica, os apresentadores passaram a ver na cidade um mundo rosa (com trocadilho e tudo). De repente a falta de insulina nos postos de saúde deixou de incomodar, a falta de transparência deixou de ser problema, as licitações para o Mossoró Cidade Junina deixaram de ser questionadas, e por aí vai. A cidade passou a ser uma Zurique.

*

E A DUPLA POTIBA? – Alguém me dá notícias do que andam fazendo os times Baraúnas e Potiguar? Algum trabalho nas categorias de base? Ou, melhor ainda, há categorias de base?

Ou será que os times são montados a partir do nada antes de cada campeonato? Se for assim lamento dizer que nosso futebol nunca sairá do nível em que se encontra, apesar de todo o esforço dos dirigentes e abnegados. O trabalho deve ser perene.

*

POSSÍVEL SOLUÇÃO – Trabalho de base, com cobrança de mensalidade por aluno, poderia ser uma solução para o nosso futebol. Nossa cidade é repleta de escolinhas de futebol, até porque todo pai tem esperança de que o filho seja um novo Messi.

Baraúnas e Potiguar, por já terem um nome consolidado, poderiam açambarcar esse mercado.

*

GUTEMBERG DIAS – quarta-feira, durante participação no jornal Boca da Noite, da 98 FM, o geógrafo Gutemberg Dias, presidente municipal do PC do B, reiterou sua pré-candidatura ao cargo de deputado estadual, mas confirmou que seu nome – entre outros, frise-se – é cogitado para ocupar a vaga de vice na chapa para governador a ser encabeçada pela senadora Fátima Bezerra, do PT. Ele se disse lisonjeado por lembraram de seu nome e que está pronto para abraçar essa missão, caso seja ele mesmo o escolhido.

*

Cá de minha parte vejo que Gutemberg Dias é um excelente nome para compor a chapa. Trata-se de um político sereno, com boa aceitação em todos os grupos, sem arestas com ninguém, mesmo integrando o PC do B, que muitos associam a radicalismos. Além de tudo, é muito importante que alguém de Mossoró integre as chapas que disputarão o cargo de governador, afinal, a cidade é o segundo maior colégio eleitoral do estado, o que não pode ser desprezado, Fernando Bezerra que o diga.

*

VÍDEO – O professor Robério Paulino, que foi candidato a governador do Estado no último pleito, visitou esta semana o município de Governador Dix-sept Rosado, onde se reuniu com lideranças políticas locais e com grupos de jovens que sempre o apoiaram naquela cidade.

*

Paulino, que é pré-candidato a deputado estadual pelo PSOL, aproveitou para gravar um vídeo em frente ao prédio onde funcionava o Fórum. Ele lamenta a agregação à comarca de Mossoró, que teve como consequência o fechamento do Fórum local. Disse que a medida prejudicou sobretudo a população mais carente, que agora tem que se deslocar a Mossoró para resolver assuntos que envolvam o Judiciário, gastando um dinheiro que não tem.

*

BLOQUEIO DAS CONTAS – Num acordo judicial realizado em julho do ano passado, a prefeitura de Mossoró se comprometeu a pagar o FGTS dos Agentes de Combate a Endemias em vinte parcelas mensais de R$ 40.811,48. Para variar, o acordo foi descumprido. A prefeitura só pagou três, e ainda assim sempre após o dia acordado. Diante do descumprimento, o juiz Magno Kleiber bloqueou R$ 285 mil das contas municipais.

O dinheiro deverá ser repassado aos agentes em até 48h após a apresentação da documentação necessária por parte dos beneficiados.

*

DESBASTECIMENTO – Já recebo notícias de postos sem combustíveis em Mossoró e região. Motoristas já enfrentam filas para abastecer o carro. A foto acima foi tirada ontem à tarde na cidade de Russas (CE), vizinho a Baraúna (RN).

O aumento do preço dos combustíveis é consequência da política adotada pelo governo Temer, que atrelou o valor do produto ao mercado, sem observar a função social da estatal. Seu governo cortou o subsídio que existia até julho do ano passado. Assim, o consumidor teve que arcar sozinho com o valor do combustível, isso para a Petrobras aumentar seus lucros e posar de bonita perante o mercado estrangeiro.

*

BLOQUEIO DO TWITER – O presidente dos EUA, Donald Trump, costuma usar sua página no Twitter para divulgar suas ações, atacar adversários, demitir ministros, emitir suas tresloucadas opiniões etc. Aproveitando-se da interação que a rede social possui, Trump costuma ouvir cobras e lagartos dos usuários, os quais ele logo bloqueia, ou melhor, bloqueava.

*

A juíza federal Naomi Reici determinou que o presidente não poderá mais bloquear nenhum usuário. Segundo ela, Trump, pelo uso, fez de sua página no Twitter um fórum público. Assim, bloquear usuários seria o mesmo que proibir a liberdade de expressão.

Os advogados do presidente questionaram a decisão. “Ele não é obrigado a ficar num ato público se as pessoas começarem a xingá-lo”, comparou seus advogados.

*

NÃO VAI VINGAR – Na semana passada esse blog trouxe a possibilidade de vários partidos se unirem num único bloco para disputar as eleições presidenciais. No caso esse grupo se apresentaria como a opção de centro, e o candidato mais provável seria o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Parece que a ideia virou água. No mínimo perdeu uma grande força. No meio da semana o MDB lançou candidatura própria, a do ex-ministro Henrique Meirelles. Sem o MDB, o bloco se transforma em bloquinho. Será que ainda vale à pena?

*

AUMENTO DA FOME EXTREMA – No início do ano passado, 13,34 milhões de brasileiros viviam na extrema pobreza. No final do mesmo ano esse número pulou para 14,83 milhões, um aumento de 11%. O número total de famintos corresponde a 7,2% da população.

São dois anos consecutivos com aumento do número de pessoas que vivem em situação de penúria. O número contrasta com o período de 2001 a 2012, quando foi erradicada 75% da pobreza extrema.

*

PONTO FACULTATIVO – Vários órgãos públicos Brasil afora decretaram ponto facultativo hoje, entre estas a prefeitura de Porto Velho (RO) e o TRT da 4ª região, tanto a primeira como a segunda instância. Em São Paulo, o serviço de coleta de lixo foi suspenso.

Estas medidas e centenas de outras foram tomadas em consequência da greve dos caminhoneiros, que já dura três dias. O país começa a ser desabastecido, lembrando assim a Venezuela.

*

POLÊMICA NA CMM – A mensagem n° 8/2018, que veta por inconstitucionalidade o Projeto de Lei Ordinário (PLOL) nº 22/2018, chamado de “Lei de reserva de mercado,” tem causado polêmica e trancou a pauta da Câmara Municipal de Mossoró por dois dias consecutivos nesta semana.

*

O projeto foi aprovado em plenário e vetado pelo poder executivo, mas como a última palavra é do legislativo o PLOL voltou ao plenário para apreciação do veto. A proposta ainda não é ponto pacífico entre os vereadores e por esse motivo as sessões não têm conseguido quórum para destravar a pauta, que deve ser retomada na próxima semana.

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas pelo telefone 99648-2588 (WhatsApp).

Racionalidades – 06ª edição.

0

UNIÃO – Um grupo de políticos, chancelados pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, pretende lançar um manifesto conclamando vários pré-candidatos a se juntarem numa chapa única, formando “um polo democrático e reformista”.

FHC, o chanceler Aloysio Nunes Ferreira (PSDB), o senador Cristovam Buarque (PPS-DF) e o deputado Marcus Pestana (MG) foram os primeiros a assinar o manifesto, que só será disponibilizado ao público nos últimos dias do mês corrente.

*

Essa união integraria os pré-candidatos João Amoedo (Novo), Flávio Rocha (PRB), Paulo Rabelo de Castro (PSC), Rodrigo Maia (DEM), Geraldo Alckmin (PSDB), Álvaro Dias (Podemos) – e, talvez, até Marina Silva (Rede). O candidato seria o que estivesse melhor nas pesquisas na semana anterior ao registro das candidaturas.

*

Alguns passos nesse sentido já foram dados. Na semana passada o deputado Heráclito Fortes (DEM-PI) promoveu um jantar em Brasília para tratar do assunto. Participaram do encontro o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann (PPS-PE), o ex-ministro da Educação Mendonça Filho (DEM-PE) e os deputados Jarbas Vasconcelos (MDB-PE), Danilo Forte (PSDB-CE), José Carlos Aleluia (DEM-BA) e Benito Gama (PTB-BA).

*

A dificuldade agora é convencer cada um dos pré-candidatos visados a compor esse polo, que será apresentado como a opção de Centro para as eleições.

*

PODRIDÃO – Na última terça-feira a Câmara Municipal de Mossoró instaurou uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para analisar os contratos entre a municipalidade e a Vale Norte, responsável pelo recolhimento de lixo na cidade. Num período de dois anos a empresa embolsou quase R$ 52 milhões dos cofres públicos, sempre com dispensa de licitação, o que gera uma enorme desconfiança, pois há várias empresas que prestam esse serviço, e só é comum realizar dispensas quando o serviço é exclusivo de uma só empresa.

*

Cabe agora à Câmara Municipal de Mossoró investigar essa situação, o que pode ser feito analisando documentos, ouvindo especialistas e convocando representantes da prefeitura e da empresa para se explicarem.

*

Pelo que conheço o histórico do nosso Legislativo em relação ao Executivo, posso antecipar que a CEI será arquivada sem que produza nada de concreto. Pode até ter vereadores interessados em investigar, mas a maioria é subserviente ao Palácio da Resistência, isso por causa dos cargos que possuem, dos contratos e de todas aquelas coisas que os prefeitos fazem para manter a tal da base aliada. E o povo, ó!

*

VIOLÊNCIA – Na última segunda-feira, o homicídio de um jovem universitário nas imediações do Hiper Bompreço gerou uma grande comoção no município. Segundo a versão mais corrente, ele teria sido baleado após tentar fugir de um assalto.

O problema da violência urbana, que aumenta a cada estatística, não é um problema apenas para a área de segurança pública. Eu diria até que cabe a tal setor a menor parte pela culpa do aumento da violência.

*

O problema da segurança pública deve ser resolvido nas secretarias de Educação, Juventude e de Ação Social, seja qual nome se adote em cada município. Nossos jovens precisam de escola em tempo integral, de cursos profissionalizantes, de inserção no campo de trabalho como aprendizes etc., e tais iniciativas devem ser prioridade, não devem ser projetos com poucos recursos, sazonais. Deve ser política de estado. Não se constrói uma nação forte se não houver destinação maciça de recursos para a área de educação.

*

Alguns se aproveitam da comoção causada por um homicídio para pregarem o armamento da população. Não, não adianta armar o cidadão até os dentes, muito pelo contrário. Quanto mais armas nas ruas, mais crimes. Imaginem se todos forem para mesas de bar armados, se todos os motoristas andassem com uma arma ao seu alcance. Transformar o país numa daquelas cenas da Rocinha, com pessoas andando armadas com fuzis pelas ruas, não adianta.

A sua avó de 82 anos continuaria sendo uma vítima iminente quando estivesse saindo do banco com sua aposentadoria. A não ser que ele saiba usar uma AK-47.

*

ABATEDOUROS ILEGAIS – A 2ª Promotoria de Justiça de Mossoró, que tem à frente a promotora Ana Ximenes, recomendou ao município que assegure a interdição de oito abatedouros clandestinos de aves que estavam atuando em Mossoró. As interdições foram realizadas pelo Serviço de Inspeção Municipal (SIM), após requerimento do Ministério Público.

A promotora deu um prazo de dez dias para a prefeitura explicar que providências tomou para garantir a interdição dos abatedouros clandestinos. O prazo começou a correr no último dia 16, data da publicação no Diário Oficial do Estado (DOE).

*

FIRMEZA – Não sei você, mas quando alguém, diante de uma denúncia, sai com evasivas do tipo: “Não irei me pronunciar” ou “Só falo na presença dos meus advogados”, já sinto aí um forte indício de culpa no cartório. Quando alguém está certo e convicto de sua honestidade, faz questão de apresentar sua versão. Foi o que fez Galeno Camilo, médico que atende em Macau.

*

Após denúncia de que teria apalpado de forma maliciosa os seios de uma paciente, o médico tratou logo de apresentar sua versão para os fatos, o que fez com riqueza de detalhes. Senti firmeza nas declarações do profissional. A uma, porque foram logo após a acusação; a duas, porque trouxe de forma minuciosa o que aconteceu.

A secretária municipal de Saúde também aposta suas fichas na inocência do médico.

*

ELA LIA, INCRÍVEL! – Quarta-feira vi uma cena rara – infelizmente rara. Ao passar por um ponto de ônibus vi uma jovem, coisa de 15, 16 anos, lendo um livro. No seu entorno, outros adolescentes dedilhavam seus celulares, o que é a regra. Deu enorme vontade de parar o carro e ir conversar com aquela jovem. Cenas assim são cada vez mais raras, pessoas assim são cada vez mais raras, especialmente na adolescência. Sem saber, a leitora anônima me fez ter um pouco de esperança no futuro da juventude.

*

ATACAREJO – O Dia a Dia, atacarejo do grupo Rebouças, será enfim inaugurado. Há anos o prédio está concluído, mas o funcionamento não havia sido autorizado pelo Corpo de Bombeiros, isso em razão de uns dutos da Petrobras que passam por baixo do estabelecimento.

A inauguração será na próxima quarta-feira (23), às 19h. O Dia a Dia fica no prolongamento da Avenida Rio Branco, já próximo à BR 304, altura do conjunto Santa Delmira. O blog deseja sucesso aos empreendedores.

*

DANOS MORAIS – O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro confirmou sentença de 01º grau que condenou uma produtora em razão de postagens nas redes sociais atacando o sambista Dudu Nobre, chamando-o de caloteiro.

A produtora alegou que trabalhou para o músico durante sua campanha eleitoral para o cargo de vereador, em 2016, e que não teria recebido o dinheiro acordado. A produtora fez uma verdadeira anticampanha contra o músico nas redes sociais. A Justiça entendeu que ela extrapolou seu direito de manifestação. O valor da indenização foi fixado em R$ 25 mil.

Abaixo, um trecho da decisão:

“Embora o direito à livre expressão e informação estejam assegurados, o seu exercício por meio de redes sociais não é amplo e irrestrito, estando condicionado à preservação de outros direitos fundamentais igualmente tutelados”.

*

E-COMMERCE – No ano passado foram negociados 03 milhões de veículos através do site OLX, isso representa 21% do total de vendas de veículos no país. No segmento “eletrônicos e celulares” foram negociados 8,3 milhões de itens.

*

CUSTO DE VIDA – A revista inglesa The Economist divulgou no mês passado sua tradicional lista das cidades mais caras para se viver. O cálculo leva em conta 400 produtos e serviços. Curiosamente, não há nenhuma cidade americana na lista das 10 mais caras. A primeira da lista é a cidade-estado de Singapura, seguida por Paris (França), Zurique (Suíça) e Hong Kong (China).

A mais barata é Damasco (Síria), seguida de Caracas (Venezuela) e Almaty (Cazaquistão).

*

Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas pelo telefone 99648-2588 (WhatsApp).