Racionalidades – 96ª edição.

0
122

ANTES DE TUDO:

“Já voltarão os abraços, os beijos / Dados com calma / Se encontra um amigo / Saúda-o com a alma / Sorria, jogue um beijo / De longe, seja próximo / Não se toca o coração / Somente com as mãos”. (Jorge Drexler, cantor uruguaio).

*

ELEIÇÕES 2020 – Em entrevista à imprensa, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que a definição sobre a prorrogação ou não da data das eleições ficará para o final desse mês, no mais tardar o início de julho, que a decisão será tomada após ouvir técnicos.

Afirmou ainda que o único consenso é que os mandatos não serão prorrogados, pois os atuais prefeitos e vereadores foram eleitos para exercerem um mandado de quatro anos, nem mais, nem menos.

Ora, vejo na imprensa que a vida já está voltando ao normal em vários estados e cidades, inclusive com o município de São Paulo (SP) abrindo seu comércio, o maior do país, desde a última quarta-feira. Assim, pelo andar da carruagem, a tendência é que em outubro tudo já estará normalizado.

Daqui pra lá ainda temos o restante de junho e os meses de julho, agosto e setembro. É tempo demais. Até as escolas e academias já estarão funcionando.

Estou começando a me convencer da desnecessidade de adiamento dos prazos. Até porque as campanhas eleitorais já vêm sendo bem mais virtuais do que presenciais.

 *

FÁBIO FARIA – A nomeação do deputado federal Fábio Faria (PSD-RN) para o novo Ministério das Comunicações é apontada como mais um desdobramento do acordo entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o chamado Centrão.

Apesar de eleito pelo Rio Grande do Norte, o deputado divide seu tempo entre Brasília, onde trabalha, e São Paulo, onde reside. Inclusive, há tempos falam que ele tem a pretensão de transferir seu domicílio eleitoral para a capital paulista.

De todo modo, o blog deseja sucesso ao futuro 23º ministro.

OBS. Na campanha, o então candidato Bolsonaro disse que seu governo teria, no máximo, 15 ministérios.

*

EXPEDIENTE – Através do Ato Conjunto nº 06, publicado ontem, o Tribunal de Justiça, Ministério Público, Defensoria Pública e Tribunal de Contas do Estado prorrogaram até o dia 30 de junho a suspensão do expediente presencial em suas respectivas repartições.

*

NÃO ENTENDO – A região Sul do país é a que menos sofre as consequências da pandemia de Covid-19. A taxa de mortos por grupo de 100 mil habitantes é de 2,5, enquanto no Nordeste é de 13,1. A média nacional é de 18,3 (Dados de quarta-feira).

O curioso é que logo no início, quando o vírus nem havia chegado ainda a este Florão da América, teve quem dissesse que aqui ele não encontraria um ambiente propício para se alastrar, por sermos um país de clima tropical, e que o vírus se propagava mais em regiões frias.

Os dados trazidos acima mostram exatamente o contrário.

*

DESEMPREGO – A curva de demissões continua ascendente. Em maio foram registrados 10.526 pedidos de seguro-desemprego no Rio Grande do Norte, contra 7.350 feitos em abril, um aumento considerável. No Brasil foram 960.258 pedidos.

O único estado do país onde o número de pedidos de seguro-desemprego diminuiu foi o Acre.

*

COMPLEMENTO SALARIAL – A maioria dos países no mundo está destinando grandes parcelas de suas receitas para socorrerem os desempregados, e também complementando a renda de quem teve perdas salariais.

A França está destinando 20% do PIB para tal fim. No Brasil, ainda que o Auxílio Emergencial fosse estendido até dezembro, essa percentagem ficaria em 0,55%.

*

FALANDO NISSO – O economista Milton Friedman, referência dos teólogos da direita liberal, argumentava que a pobreza é algo que afeta negativamente a todos, não apenas aos pobres, e que, portanto, os atos de alívio à miséria resultam em benefícios para todas as pessoas.

Ele defendia um modelo chamado de “imposto de renda negativo”, onde o governo pagaria uma percentagem da diferença entre o salário do trabalhador e o teto da isenção.

Explicando melhor: atualmente, no Brasil, é isento de pagar o Imposto de Renda o trabalhador que recebe até R$ 1.903,00 por mês. Assim, Friedman defendia que se alguém recebesse R$ 1.500,00, por exemplo, o governo teria que complementar com alguma percentagem em cima dos R$ 403,00 que faltam para alcançar o limite da isenção. Poderia ser 20%, 30%, 50%, isso ficaria a cargo de cada governo. A regra incluiria até os desempregados, que no caso receberiam a percentagem com base no valor de R$ 1.903,00.

Acho curioso que o ministro da Economia, Paulo Guedes, nunca tenha tocado no assunto, vez que ele é da escola de Chicago, que tem Milton Friedman como maior referência.

*

PRA FECHAR – O cuidado com os mais pobres não deve ser de responsabilidade dos indivíduos caridosos, mas sim do estado. Jamais confunda caridade com políticas públicas de redistribuição de renda.

*

ESQUERDA CAVIAR – Justamente por isso não tem lógica alguém criticar um esquerdista abastado por ele andar em carro importado, morar numa mansão etc. O desfazimento destes bens não resolve o problema da desigualdade social. Aliás, desfazer-se dos bens em nome de uma causa tem mais a ver com religião e filosofia do que com política.

*

DEVOLUÇÃO – O cidadão que recebeu o Auxílio Emergencial este ano e que em 2021 tiver rendimentos anuais acima do valor da isenção de Imposto de Renda, terá que devolver o valor recebido a título de Auxílio Emergencial.

*

VISITA PRESIDENCIAL – O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), estará no Ceará no próximo dia 20. Ele vem conferir a chegada das águas da bacia do Rio São Francisco ao município de Milagres, na região do Cariri.

O presidente ainda está decidindo se irá à Fortaleza. No caso, visitaria o aeroporto Pinto Martins, recentemente reformado.

*

ENFIM O DOCUMENTÁRIO É LIBERADO – No ano de 2000, a prefeitura de Mossoró produziu o documentário “O País Dix-sept”, que contava a trajetória de vida do ex-governador Jerônimo Dix-sept Rosado Maia, falecido num acidente aéreo aos 40 anos de idade.

Na época, a ideia era relembrar os 90 anos de seu nascimento e 50 de sua morte. Por uma questão que desconheço, o documentário não foi lançado, ficando todo este tempo guardado pela sua filha, a ativista cultural Isaura Rosado, que enfim decidiu torná-lo público através do YouTube.

A produção, de aproximadamente 28 minutos, traz depoimentos, entrevistas e muitos vídeos e imagens antigas de Mossoró e região. Apesar da curta duração, é muito informativo. Vale a pena assistir, especialmente para quem gosta de história regional.

Clique aqui.

*

ORGULHO DO AVÔ VINGT-UN – O advogado Marcelo Dantas Rosado Maia, neto de Vingt-un Rosado (já falecido) e filho do pediatra Dix-sept Rosado Sobrinho, venceu a edição de maio do concorrido concurso literário da revista Piauí. Ele teria que elaborar um texto que tivesse a frase “Um fio de cabelo no meu paletó” e o elemento estranho “Darth Vader”. Não poderia exceder 05 mil toques.

O advogado ganhou com o texto “O Beletrista de Antanhos”, desbancando outros 67 concorrentes.

Como mossoroense, também me sinto orgulhoso. A revista Piauí é conhecida por tratar dos assuntos do cotidiano em textos impecáveis e de fôlego, com aquela pitada literária, sempre pendendo para o sarcasmo e bom humor. Figurar nas suas páginas é um forte indício de qualidade literária.

O texto está na página 91.

*

DESASTRE, O CONCEITO. – Segundo a Cruz Vermelha, desastre é “um episódio súbito, calamitoso, que afeta e prejudica o funcionamento de uma comunidade ou sociedade, e que provoca perdas humanas, materiais, econômicas ou ambientais acima das capacidades de resposta daquela comunidade ou sociedade, lançando mão de seus próprios recursos”.

*

CURIOSIDADE DENTRO DE CURIOSIDADES – A música Calúnias, do refrão “Telma, eu não sou gay”, é uma versão feita por Léo Jaime de “Tell me Once Again”, da banda Light Reflections. A versão original fez muito sucesso, especialmente por constar na famosa coletânea Década Explosiva.

Agora, duas curiosidades dentro da curiosidade. 1) A banda Light Reflections é brasileira, de São Paulo, mas só cantava em inglês, e 2) Quando fez a versão, Léo Jaime era da banda João Penca & seus Miquinhos Amestrados. Ney Matogrosso foi apenas o convidado para fazer o vocal. A gravadora, contudo, decidiu que a canção seria lançada no disco de Ney, o que foi feito, contra a vontade do cantor, que achava tudo aquilo meio “nada a ver”.

*

ERVAS NÃO EMAGRECEM – Um estudo feito por cientistas da Universidade de Sydney, Austrália, com quatro mil pessoas, concluiu que chás não ajudam a emagrecer. Outros benefícios há, mas não emagrece. Chá-verde e chá-mate fizeram parte do estudo.

*

PEI E BUFO:

* O leite cru, direto da vaca, é repleto de bactérias nocivas à saúde. Nem pensar em tomá-lo.

* A China ultrapassou o Brasil e se tornou o maior parceiro comercial da Argentina.

* A música mais tocada no Brasil neste momento é “Na Raba Toma Tapão”, de Niack.

* O blog não se mete na intimidade e nem na vida privada de ninguém.

* 42% dos alunos matriculados em universidades privadas deverão desistir de seus cursos.

* Vênus e Urano são os únicos planetas do sistema solar que giram (movimento de rotação) no sentido leste-oeste.

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas para o número 99648-2588 (WhatsApp).