PEI E BUFO – 233ª edição.

1
99

* O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais anunciou que o Brasil está enfrentando a maior seca da série histórica, iniciada em 1910. Enquanto isso, o assunto mais em voga no país é a implantação do voto impresso.

* Quando cursei Direito, fim dos anos 90, o livro de Direito Constitucional era o de Alexandre de Moraes. Na época, adotado em quase todos os cursos de Direito Brasil afora. Até hoje o tenho em minha biblioteca.

* O ministro do Desenvolvimento, Rogério Marinho, que não costuma se intrometer nas pautas ideológicas e nem defender teorias conspiratórias, surpreendeu ao defender o tal do voto impresso nas redes sociais.

* Em julho, os depósitos em poupança superaram os saques, gerando um saldo positivo de R$ 6,37 bilhões. No acumulado do ano, todavia, os saques superam os depósitos, saldo negativo de R$ 10,1 bilhões.

* Mato Grosso é o estado com o maior número relativo de mortes por Covid-19. São 360 óbitos por grupo de 100 mil habitantes. A média brasileira é de 265/100.000.

* O presidente do Consórcio Nordeste, governador Wellington Dias (PT-PI), anunciou a suspensão da compra de 37 milhões de doses da vacina Sputinik V da Rússia. As restrições impostas pela Anvisa, bem como a não inclusão do imunizante no PNI, foram os motivos alegados.

* Da delegação brasileira em Tóquio, 75% dos atletas tomaram a vacina e 25% a recusaram. O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) não divulgou a lista dos negacionistas, mas deveria. Um deles é o surfista Gabriel Medina.

* O mercado de TV paga vem perdendo, em média, 160 mil assinantes por mês, segundo a Anatel. Em 2014, 20 milhões de lares tinham TV por assinatura; hoje, menos de 14 milhões. A Claro é a líder do mercado, com 6,5 milhões de assinantes.

* O cantor e compositor Guilherme Arantes lançou recentemente o disco A Desordem dos Templários, com temática medieval. Para buscar maior inspiração morou em Ávila, na Espanha.

1 comentário

  1. Meu amigo, com todo respeito, que tipo de comentário é esse, pelo amor de Deus!?

    “No Uber, uma pastilha Halls no painel significa que o motorista aceita um “oralcard” como pagamento.”

    Meu Deus, eu vinha ler esse homem e sempre encontrava comentários inteligentes e vejo isso.

    Isso é um absurdo, Erasmo. Apague essas coisas, homi!

    Chega a ser nojento esse tipo de jornalismo. Me desculpe, mais uma vez, meu comentário.

    Homi, fale sobre a cultura da cidade, dê uma nota sobre um filme, um livro, mas essa daí…

    A mídia realmente está muito mudada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome