PEI E BUFO – 258ª edição.

0
91

* A 18ª Promotoria de Justiça de Mossoró ajuizou uma ação civil pública para que a Prefeitura de Mossoró e o Governo do Estado garantam ao menos três refeições diárias para as pessoas em situação de rua na cidade, atualmente em torno de 215.

* O Governo do Estado decidiu manter a vacinação de jovens entre 12 e 17 anos, com ou sem comorbidades. A dúvida surgiu porque o Ministério da Saúde recomendou a suspensão da vacinação para os jovens dessa faixa etária sem comorbidades.

* Na semana passada, a notícia da circulação da variante delta em Mossoró movimentou as redes sociais, num alarde desnecessário. Ela já é variante predominante no mundo desde o início de julho; no Brasil, responde por cerca de 70% a 73% dos casos.

* A variante delta não causou no Brasil o impacto que causou nos EUA e Europa. Nos EUA, por exemplo, a média móvel de novos casos passou de 12 mil, em junho, para 92 mil, em agosto. A teoria mais aceita é que a variante gama, de origem na Amazônia, freou a ação da delta.

* O deputado federal General Girão (PSL) disse que se orgulha de seus vencimentos (R$ 38 mil como deputado e R$ 28 mil como general da reserva), que tem o direito de comer picanha e que trabalha muito em prol do RN. Com as duas primeiras afirmações eu até que concordo.

* A percentagem de ICMS cobrada na compra de combustíveis não sofreu alterações nos últimos anos. Assim, esse imposto não justifica o aumento do preço do produto. Além do mais, é uma das principais fontes de receitas dos estados. Impossível renunciá-lo.

* Na composição do preço do combustível, a maior fatia fica com a Petrobras, 33,8%, valor que engloba custos de produção e lucro. Distribuição e revenda respondem por 9,8%. O etanol, que é adicionado à gasolina na proporção de 27%, responde por 17,2% do valor.

* O STF suspendeu, após pedido de vista do ministro Alexandre de Moraes, a votação do caso envolvendo o marco temporal das terras indígenas. O placar está em 1 x 1, sendo um voto contra, Edson Fachin, e um voto a favor, Kássio Marques.

* O cantor Wesley Safadão prestou depoimento ontem na Delegacia de Combate à Corrupção em Fortaleza (CE). Há suspeitas de que ele, a esposa Thyane Dantas e a assessora Sabrina Tavares tenham furado a fila de vacinação, inclusive escolhido a vacina da Janssen.

* Em excelente artigo publicado na Piauí deste mês, o escritor Michel Laub desconstrói a tese de que o cantor e compositor Renato Russo seria bolsonarista caso fosse vivo, algo defendido por muitos seguidores do presidente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome