Experiente jornalista potiguar questiona autonomia financeira da UERN.

0
136

O experiente e respeitado jornalista Cassiano Arruda Câmara dedicou toda sua coluna de hoje na Tribuna do Norte para discorrer sobre a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN).

No início ele faz um apanhado histórico, começando pela União Caixeiral; passando pela estadualização da instituição, que começou no governo de Radir Pereira, em 1987; e concluindo com a expansão pelo estado, “Com campi avançado que tem mais alunos oriundos da Paraíba do que do Rio Grande do Norte”, sem dizer qual.

O levantamento histórico ocupou a maior parte da coluna.

Ao falar da autonomia financeira em si, o jornalista lembra que o Ensino Superior é de competência do Governo Federal, que Mossoró já tem duas universidades públicas e outras tantas privadas, e que R$ 440 milhões anuais sairão dos cofres públicos estaduais para manter a instituição.

Cassiano Arruda também questiona se a prioridade do Estado não deveria ser o Ensino Básico, que é sua obrigação constitucional.

Por fim, sugere que a ação da governadora Fátima Bezerra (PT), de promover a autonomia financeira da UERN, tem a ver com o tamanho do eleitorado de Mossoró e com sua aprovação na cidade.

Com a palavra, os defensores da autonomia financeira.

Para ler a coluna de Cassiano Arruda clique aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome