PEI E BUFO – 289ª edição.

0
78

* Ontem, a deputada estadual Cristiane Dantas (SDD) disse que a administração da governadora Fátima Bezerra (PT) é um desastre, que a saúde está um caos. A velha mania dos políticos de usarem palavras extremas, exagerando ou diminuindo na dose.

* O deputado estadual Nélter Queiroz (MDB) seguiu no mesmo ritmo. Disse que o secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia, deveria ser exonerado, que o certo seria uma intervenção federal, que a saúde está um caos total. O exagero torna as críticas, que são válidas, caricatas.

* O ex-deputado federal Ney Lopes externou o desejo de ser candidato a senador em 2022, no entanto, disse que é difícil romper a “cortina de ferro” partidária. Frisou que se houvesse candidatura avulsa seu nome já estaria posto.

* O PL, destino do presidente Jair Bolsonaro, tem três deputados estaduais no Rio Grande do Norte: Kléber Rodrigues, Ubaldo Fernandes e George Soares. Até recentemente este último era o líder do governo Fátima Bezerra (PT) na Casa.

* O Portal UOL trouxe hoje, em destaque, uma matéria sobre o caraubense Valdetário Carneiro, chamado-o de precursor do “novo cangaço”. O texto é assinado pelo colunista Josmar Josino. Aqui.

* O ex-ministro Sérgio Moro fez um longo discurso por ocasião de sua filiação ao Podemos, ocorrida ontem. Na oportunidade falou em respeito à imprensa e às listas tríplices. Disse ainda que o país precisa de um gestor que una seu povo, e não um que coloque uns contra os outros.

* Em agosto de 1905, o escritor Euclides da Cunha saiu de casa para acertar as contas com o amante de sua esposa, Dilermando de Assis. Na briga, acabou sendo assassinado. Anos depois, Euclides da Cunha Filho quis vingar a morte do pai, mas também foi assassinado por Dilermando.

* O professor Aluísio Barros, da UERN, é um dos finalistas do 63º Prêmio Jabuti de Literatura, o mais importante do país nesta área. Ele concorre na categoria Fomento à Leitura, eixo Inovação, como coautor da obra “Diários de Emergência Covid-19”.

* O retorno da série Dexter, 08 anos depois da última temporada, tem entusiasmado os fãs. O primeiro episódio recebeu grandes elogios do público em geral e da crítica. Na nova trama, o serial killer vive sob o pseudônimo de Jim Lindsay numa pequena cidade dos EUA.

* O cantor e compositor Gilberto Gil poderá ser o novo imortal da Academia Brasileira de Letras (ABL). A votação ocorre hoje. Ele disputa a 20ª cadeira com Salgado Maranhão e Ricardo Daudt. A vaga foi aberta com o falecimento do historiador Murilo Melo Filho, em maio de 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome