PEI E BUFO – 293ª edição.

0
86

* O deputado estadual Nélter Queiroz continua com suas hipérboles. Na sessão de ontem disse que o secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia, deveria ser preso. O exagero acarreta a perda de credibilidade e moral.

* Em Natal, a secretaria municipal de Saúde analisa a possibilidade de desmontar o Hospital de Campanha contra a Covid-19, localizado na Via Costeira. O fechamento dependerá dos efeitos do Carnatal no número de infectados.

* As eleições para a OAB, subseccional Mossoró, ocorrerão amanhã. A campanha terminou sem que houvesse qualquer debate entre os postulantes. Pelo menos até onde eu sei.

* A grande imprensa começa a dourar a pílula da pré-candidatura do ex-juiz Sérgio Moro (Podemos) à presidência da República. Foram muitos elogios após o anúncio de que seu conselheiro na área econômica é Affonso Celso Pastore (foto), “um dos economistas mais respeitados do país”, conforme O Estadão.

* O presidente Jair Bolsonaro quer se filiar a um partido do centrão, para poder continuar a parceria ora existente, mas quer um partido que não tenha qualquer aliança com a esquerda nos estados. Esse partido não existe.

* O Ibovespa teve a terceira perda diária superior a 1%. Segundo os economistas, o motivo foi o possível aumento salarial para servidores públicos federais, anunciado pelo presidente Bolsonaro e não contraditado por Paulo Guedes, ministro da Economia.

* Na visita ao Oriente Médio, o presidente Bolsonaro disse que é a favor da realização da Copa do Mundo de dois em dois anos, proposta levantada pela FIFA. O presidente, contudo, disse que a decisão cabe à CBF, que apenas deu a opinião pessoal dele.

* Ontem atestei que a percentagem de relevância que aparece nas produções disponíveis na Netflix não deve ser levada tanto em consideração. A minissérie “Nada Ortodoxa”, por exemplo, com nível de relevância em 62%, é muito, muito boa.

* Na trama, uma adolescente judia foge da comunidade ortodoxa em que vive, nos EUA, para tentar a vida na Alemanha, onde passa a ser procurada pelo ex-marido e um primo dele. A minissérie é muito interessante por mostrar tradições e rituais dos judeus ortodoxos, em confronto com os costumes da sociedade em geral.

* No último sábado, 12 mil músicos se reuniram na Venezuela para interpretar a Marcha Eslava de Tchaikovski. A intenção é entrar para o Guinness como a maior orquestra do mundo. O título atual pertence a uma exibição na Rússia com 8.097 músicos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome