PEI E BUFO – 373ª edição.

0
106

* O jornal Tribuna do Norte, que não costuma publicar editoriais, o fez hoje. No texto, discorre sobre o deserto de ideias que marcam a pré-campanha a governador, fala em pacto de mediocridade entre os pré-candidatos. “Falta de conexão com a vida cotidiana”, diz trecho.

* O deputado estadual Kléber Rodrigues (PSDB) já anunciou que apoiará a pré-candidata Fátima Bezerra (PT) para o cargo de governador; e o pré-candidato Rogério Marinho (PL) para o Senado. É o “voto camarão 2022” ganhando corpo.

* A cobrança de mensalidades em universidades públicas, um dos temas do momento, divide o ex-presidente Lula (PT) e o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSB). O PT é contra, já Alckmin defende que quem pode deve pegar, inclusive ele levantou essa bandeira em 2018.

* Em entrevista ao jornal O Globo, Fernando Haddad (PT) disse não acreditar que Bolsonaro consiga dar um golpe caso perca as eleições. Ele lembra que hoje o Brasil tem oito milhões de universitários, que em 1964 eram 200 mil, e da elite. “Eles defenderão nossa democracia”, acredita.

* I – A operação da Polícia Militar do RJ na Vila Cruzeiro foi desastrosa, simplesmente porque não resolveu o problema. Muita gente se ufana porque foram mortos 28 bandidos. E daí, resolveu o problema? Não aparecerão outros bandidos? A criminalidade na região acabará?

* II – Uma operação dessas acarreta fechamento de comércios, de creches, escolas, traumatiza crianças, abala o sistema nervoso de muitas pessoas. Não me compadeço dos bandidos mortos, mas tenho plena convicção que não estamos diante da melhor forma de acabar com a criminalidade.

* Ocorrerá na próxima quinta-feira (02), em todo o Brasil, mais uma edição do Dia Livre de Impostos, onde comerciantes são incentivados pelos CDLs a vender alguns produtos sem o valor dos tributos, para assim mostrar à sociedade a alta carga tributária presente nos itens.

* Está em fase de implantação o projeto “200 anos, 200 livros”, que seleciona as 200 melhores obras brasileiras desde 1822. A escolha foi feita por profissionais de diversas áreas. O RN figura na lista com “Dicionário do Folclore Brasileiro”, de Câmara Cascudo.

* I – A plataforma Netflix subiu ontem o filme “Elis” (2016). Como ainda não havia assistido, aproveitei para fazê-lo. A obra inicia com a chegada de Elis ao Rio de Janeiro, vinda do RS, justamente no dia do Golpe Militar, em 01º de abril de 1964.

* II – Na sequência, faz um resumo de sua trajetória, das dificuldades iniciais até se transformar numa das fundadoras do que conhecemos hoje como MPB, culminando com seu fim trágico. O filme consegue fazer um bom resumo do que foi a sua atribulada vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome