UH, TERERÊ…É SEXTA-FEIRA…

1
220

Se o povo falar, falar, nem ligue/

Nem ligue e deixe o povo falar.

*

untitled

Cambada, chame o menino que hoje é sexta-feira, dia de molhar a garganta. Hoje tem reunião da galera do COPÃO, no NARCIZÃO, ali na rua que dá acesso ao motel Elus. Coloque sua viola debaixo de braço e siga para a confraria.

ubaldo.bento

 Lá você descobre até que o comediante Bento Ribeiro é filho do romancista João Ubaldo Ribeiro.

*

Hoje será a estreia mundial do filme “Smurfs”. Muita gente está pensando que a película foi rodada em Mossoró, sobretudo nas redações de alguns jornais. Não, não foi. Os Smurfs do cinema entretém e nos faz rir; os daqui nos faz chorar.

*

E por falar em Smurfs, o vereador Daniel Gomes (PMDB) usou a tribuna para anunciar seu retorno à bancada governista. Um gaiato que estava acompanhando a sessão sapecou: – É a mais prefeita materialização da chamada “volta dos que não foram”.

*

franciscanos

Os jornalistas Carlos Santos e Tuca Viegas foram direto da procissão de São Francisco de Assis para o aniversário de Carlos Escóssia. O vereador Genivan Vale, que também estava na procissão, preferiu ir para a casa ensinar novos truques as suas filhas.

*

O mar é a metade de um coração…

*

Não sei por que as revistas mantêm a seção “cartas”. Quem diabo ainda envia cartas para as redações?

*

“Mulher e futebol são uma calcinha de surpresa” (Ângela Bismarck, modelo).

*

Essa aconteceu no último sábado. O multi Alex Polary chegou lá no Cândidus Mall dizendo que no dia anterior havia tomado o melhor suco da vida dele. Aos olhares atentos de Carlos Escóssia e Weber, Polary sapecou: “Rapaz, o suco é bom demais, tomei ali na lanchonete que abriu. É o melhor que já bebi na vida. É tão bom que no outro dia em amanheci expectorando, suando frio, com sinusite e a cabeça latejando”. Carlos Escóssia então vaticinou: “O diabo é quem toma esse suco”. Hehehe.

*

 cigarros

Quando eu era criança pequena lá no Alto da Conceição, eu e a pirralhada fazíamos de cédulas as embalagens dos cigarros. O Advance (foto acima) era um dos que valiam mais, assim como o Camel, JP e Charm.

*

E nessa semana, ali próximo ao ginásio Pedro Ciarlini, um meliante parou um adepto de caminhadas com intenção de roubar-lhe o celular. Pediu o aparelho e solicitou à vítima que esperasse um tempinho enquanto ele analisava o item. Depois de alguns manuseios e testes o meliante devolveu o celular, dizendo que não valia a pena. É o surgimento de uma nova espécie de ladrão, o seletivo.

*

Vamos às semelhanças:

jacia

kiko

SEMELHANÇ..

*

A pobreza fomenta a criatividade. Sem recursos para comprar os apetrechos necessários, o jeito é improvisar. Churrasco em casa de pobre é o ambiente mais propício para a criação. Inventam métodos para tirar rolha de garrafa, acender churrasqueira, armazenar carne, descongelar cerveja, armar toldo etc. E geralmente com pouco espaço, entram a física e a matemática, necessárias para rearranjar as mesas e cadeiras a fim de que acomode todo mundo. E nem te falo se chover…

*

Quanto à nota acima, escrevo por conhecimento de causa.

*

Ei, o que você acha do cara que pede caipirinha com adoçante? Tem coisa mais abaitolada do que essa? Outro sintoma de que o cara atende pela porta de trás é quando ele sabe o nome de todos aqueles salgadinhos da padaria. Desconfie do cara que sabe o que é risole, esfiha, empadinha, escondidinho, mini-torta etc. Homem mesmo só conhece coxinha e pastel.

*

Dia desses liguei para um amigo, a fim de tirar uma dúvida, e na ocasião perguntei o que ele estava fazendo. O cara disse que estava cuidando de suas plantas medicinais: adubando-as, podando-as, tirando as ervas daninhas etc. Bicho, sinceramente, isso né coisa de quem é 100% algodão não? Homem que é homem só toma chá quando a mãe ou a avó faz, e somente para acabar com uma ressaca ou uma doença, e ainda assim toma achando ruim. Tomar chá só por tomar né atitude masculina não. Temos de tomar café preto, forte e amargo, como aqueles que eram servidos na antiga sede da revista Papangu, no centro da cidade.

*

E vamos que vamos. Mais tarde a gente se esbarra lá no Narcizão, também conhecido como Boteco do Momom.

*

OBS. Contribuiu com este post: Hélito Honorato.

1 comentário

  1. CARTAS – Erasmo, desde setembro de 1989 mando carta pelo menos uma vez por semana, para lugares variados, inclusive para redação veículos de comunicação de massa, tais como jornais ou revistas. O percentual das publicadas é pequeno, porém já aconteceu em relação às revistas “Don Balón” (Espanha), “64” (revista de xadrez da Ucrânia), “Speak Up” (que desencadeou uma avalanche de correspondências recebidas), “Placar”, “Mad” e, por ter mandado e-mail, na “Tex” botaram a cidade como sendo Rio de Janeiro, um lugar onde nunca botei os pés (quase fui lá em 1997, quando o VASCO DA GAMA – RJ jogou a segunda partida da final do Campeonato, mas desisti). Acho que escolheram essa cidade em virtude do endereço eletrônico: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome