Racionalidades – 106ª edição.

0
53

PAROQUIAL – Eleições municipais refletem a realidade local. Ninguém vota para prefeito em razão da atuação do governador, partidário ou não do candidato paroquial.

*

QUANDO FAZ A DIFERENÇA – A influência pode ocorrer quando o gestor estadual decide abraçar uma campanha, como foi o caso da ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP), que fez o possível e o impossível para eleger Cláudia Regina (DEM) prefeita de Mossoró em 2012, e conseguiu.

A atuação da então governadora, inclusive, extrapolou os limites da legalidade, rendendo mais de uma dezena de ações eleitorais em desfavor da prefeita eleita, acarretando a cassação de seu mandato.

*

RUMOS DIFERENTES – As duas tomaram caminhos diferentes e hoje são adversárias políticas, com ambas sendo candidatas a prefeito de Mossoró. Maliciosamente, os jornalistas de cativeiro, na expressão do jornalista William Robson, focam nas ações eleitorais em desfavor da ex-prefeita Cláudia Regina, mas omitem que a então governadora Rosalba Ciarlini está por trás de todos eles.

*

EM GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO – A escolha da vereadora Zineuda Macedo (MDB) para ser a vice na chapa à reeleição do prefeito Antonio Bolota (MDB) não pegou e pegou a todos de surpresa.

Não pegou, pois o nome já vinha sendo cogitado há muito tempo, em razão do capital eleitoral da vereadora, a mais votada nas últimas eleições, sendo ela peça-chave para o projeto de reeleição.

Pegou porque há alguns dias vazou nos grupos de WhatsApp um áudio onde ela diz a um interlocutor que será novamente candidata a vereador, que não será candidata à vice pois administração de Bolota não é boa.

 O fato é que, apesar do áudio, a participação de Zineuda Macedo na chapa fortalece a candidatura à reeleição do atual prefeito.

*

OS OUTROS – Pela oposição teremos duas candidaturas. A mais competitiva será a encabeçada pelo médico Arthur Vale, filho do ex-prefeito Adail Vale, que terá como vice o vereador Brejeirinho (PSB); Na outra, o vereador Vandinho Carlos (PL) será o candidato a prefeito com Rogerlan Freitas (PC do B) como vice.

*

AINDA – O ex-prefeito Gilberto Martins (PRB), também um nome de peso na política dix-septiense, fez live ontem no Instagram informando que está tentando viabilizar legalmente sua candidatura a prefeito. Não deu maiores detalhes.

*

ROGÉRIO MARINHO – A revista Veja da semana trouxe uma matéria de quatro páginas desfavorável ao ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

A reportagem relata fatos ocorridos entre 2005 e 2007, os quais ainda estão sob investigação e podem acarretar condenação para o ministro. Marinho alega que são fatos antigos. Pode até ser, mas ainda estão bem vivos na Justiça.

No período, o ministro era presidente da Câmara Municipal de Natal. A denúncia traz provas de que ele contratou vários servidores fantasmas, e que pagava com dinheiro da Câmara Municipal profissionais que lhe prestavam serviços particulares.

Uma dessas profissionais é a médica Angélica Gomes, que atendia numa clínica montada num prédio pertencente a Marinho, e que mensalmente era remunerada pelo trabalho. Ela só não sabia que era servidora da Câmara, o que só veio a descobrir através da investigação do Ministério Público.

A matéria teve pouquíssima repercussão, mas nem por isso o ministro dorme tranquilo, As acusações são graves e robustas em provas, o que lhe pode ser um problema no propósito de ser candidato a governador do Rio Grande do Norte em 2022.

*

NÃO ENTENDI – O projeto de reforma administrativa acaba com as férias de 60 dias no serviço publico. Ocorre que apenas magistrados e membros do Ministério Público possuem tal direito, categorias que ficaram de fora da reforma. Além do mais, o projeto também prevê o fim da aposentadoria compulsória como pena administrativa, o que só existe na magistratura. Alguém pode me explicar?

*

QUEIXA – Falando nisso, magistrados acham que a imprensa poupa o Ministério Público quando omite que promotores e procuradores também têm direito a 60 dias anuais de férias, assim como defensores públicos de alguns estados. “Por que a mídia só foca nos juízes?”, costumam indagar.

*

ESTABILIDADE – Até 1967 a legislação do país previa a estabilidade no emprego privado. Com a extinção do direito, foi criado o FGTS para compensá-lo.

Como a reforma administrativa prevê o fim da estabilidade no serviço público, nada mais justo do que os futuros servidores públicos também tenham direito a FGTS.

*

CONSULTÓRIO POLICIAL – A Portaria nº 2282/20 obriga a médicos informarem à autoridade policial sempre que receberem uma possível vítima de estupro. Além disso, e o grande absurdo, os profissionais devem informar às vítimas as possíveis sanções cíveis e criminais para quem faz denunciação caluniosa. Os médicos não estão curtindo nadinha essa portaria. Foge de suas tarefas e aptidões.

*

SERVIDOR A DOMICÍLIO – Há alguns dias, a conselheira Maria Tereza Uille Gomes, do CNJ, determinou ao Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) que enviasse um servidor para a casa do desembargador Carlos Alberto Lopes, a fim de auxiliá-lo durante as sessões virtuais. Detalhe: o servidor deveria estar imunizado, ou seja, já ter contraído a Covid-19.

Depois da péssima repercussão, a conselheira voltou atrás e desfez a determinação.

*

FRASE“Não há maior maldição numa casa, nem suma família, que servir-se com suor e com sangue injusto”. (Pe. Antonio Vieira).

*

SÍMBOLOS NACIONAIS SÃO DE TODOS – No início do ano, num evento partidária na Alemanha, durante a fala da primeira-ministra Ângela Merkel, alguém na plateia começou a agitar uma bandeira daquele país. Merkel imediatamente pediu que o símbolo nacional fosse recolhido e guardado, que estes só deveriam ser utilizados em eventos oficiais.

Vale frisar que a primeira-ministra é conservadora, cristã e integra um partido do espectro direito da política, o União Democrata-Cristã.

Os alemães sabem muito bem o que aconteceu na última vez que um partido político se apropriou dos símbolos nacionais.

*

COMBATE PERENE – A Operação Lava-Jato é uma força-tarefa, e como toda tarefa tem início, meio e fim. O combate à corrupção pelos órgãos de fiscalização e punição, contudo, não deve parar nunca, nem deveria depender de forças-tarefas.

*

DEFESA DOS ANIMAIS – O Senado Federal aprovou um projeto de lei que aumenta a pena para quem comete maus-tratos contra gatos e cachorros, de 03 meses a 01 ano de detenção para 02 a 05 anos de reclusão, mais multa e perda da guarda.

O projeto seguiu para sanção ou veto do presidente da República.

*

PAZ NAS ESTRADAS – A Polícia Rodoviária Federal informou que não houve nenhuma morte por acidente nas rodovias federais que cruzam o Rio Grande do Norte durante o Feriado da Independência.

O Comando do Policiamento Rodoviário Estadual registrou 31 acidentes nas rodovias estaduais, com uma morte, em Lagoa de Pedras (RN).

*

DERAM MAIS UM PASSO – Em 2019, na Bienal do Livro no Rio de Janeiro, o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) tentou recolher quadrinhos da Marvel onde dois heróis do sexo masculino aparecem se beijando. A decisão gerou uma tremenda polêmica na época, que só serviu para impulsionar as vendas do gibi.

Pois bem, na última edição da história em quadrinhos, lançada no último dia 09, os heróis Wiccano e Hulkling se casam, em cerimônia com participação de diversos outros heróis da editora, como a Capitã Marvel, O Homem de Ferro e o Quarteto fantástico.

Os heróis Wiccano e Hulkling aparecem nas histórias da Marvel desde 2005, quando surgiram na HQ Jovens Vingadores.

*

PEI E BUFO  

* Vale à pena visitar a obra de Auta de Souza, poetisa nascida em Macaíba no ano de 1876, falecida aos 24 anos, de tuberculose.

* Comecei a ver no GloboPlay a série A Verdade sobre o Caso Harry Quebert, de drama policial. Concluí o segundo capítulo. Parece ser boa.

* A melhor forma de se destacar na multidão é escolher a multidão certa.

* Em agosto, 464 mil trabalhadores solicitaram o seguro-desemprego. O número é 18,7% menor quando comparado com julho, que registrou 571 mil pedidos.

* A voluntária que teve efeitos colaterais com a vacina de Oxford não integrava o grupo dos que receberam placebo. Ela realmente tomou o imunizante.

* O goleiro Bruno, atualmente no time Rio Branco, do Acre, conseguiu autorização judicial para tirar a tornozeleira eletrônica durante os jogos oficiais do clube.

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas para o número 99648-2588 (WhatsApp).