Racionalidades – 107ª edição.

0
92

CEMITÉRIOS – A prefeita de Mossoró tem mais um abacaxi pra descascar. Ontem, o juiz da 3ª Vara da Fazenda Pública determinou que o município tem 120 dias para providenciar a licença ambiental dos dois cemitérios públicos da cidade.

Através de uma denúncia anônima, o Ministério Público começou a investigar a situação dos dois cemitérios, daí descobriu muitas irregularidades, inclusive a falta de licença ambiental. Com as provas em mãos, ajuizou uma ação civil pública.

O Ministério Público também descobriu que o lençol freático pode estar sendo contaminado com necrochorume, substância decorrente da putrefação dos cadáveres.

Mais um descaso da administração municipal.

*

EXPORTAÇÕES – Em agosto, as exportações do Rio Grande do Norte cresceram 55,8% se comparado a julho. O principal produto da lista foi o melão, 2.062 toneladas.

Apesar do número animador, a situação ainda não voltou ao normal. Quando comparamos com agosto do ano passado, há uma queda de 18,8% nas exportações.

*

ELEIÇÕES EM GOVERNADOR – Quatro candidaturas foram lançadas à prefeitura. O atual prefeito, Antonio Bolota (MDB), tem a vereadora Zineuda Macedo (MDB) como vice.

Pela oposição são três chapas: Arthur Vale (DEM) e Brejeirinho (PSB); Vandinho Carlos (PL) e Rogerlan Freitas (PC do B); e Gilberto Martins (PRB) e Marília Dantas (PRB).

*

INDEPENDENTE – O partido Solidariedade em Governador Dix-sept Rosado formou uma boa nominata para concorrer ao Legislativo, mas optou por não apoiar oficialmente nenhuma candidatura a prefeito.

Entre os postulantes a uma cadeira na Câmara Municipal está o administrador Paulo Sérgio da Costa, o Paulinho de Aristeu, representante da nova geração dix-septiense, que anseia ocupar uma cadeira no Legislativo para lutar em prol do crescimento da cidade, com boas e novas ideias, trazendo uma visão atualizada da ação parlamentar.

*

FOGOS – Na quarta-feira à tarde a Polícia Civil prendeu em Tibau o acusado de matar o cabeleireiro Leonardo Borges da Silva (Leozinho), fato ocorrido no dia 23 de agosto último, no Espetinho do Major, em Mossoró.

Logo após o anúncio foram ouvidos vários fogos de artifício no Conjunto Liberdade, onde o cabeleireiro morava, em sinal de comemoração à prisão.

Particularmente, não sabia que fogos de artifício também tinham esta serventia.

No mais, parabéns à polícia pela prisão do acusado, que não teve o nome revelado.

*

PREVISÃO ORÇAMENTÁRIA – Na Lei Orçamentária Anual (LOA) o governo estadual prevê para o ano que vem receitas na ordem de R$ 13,2 bilhões e despesas de R$ 14,2 bilhões, ou seja, um déficit de R$ 925,9 milhões.

Quando assumiu o governo, o déficit previsto anual era de R$ 1,87 bilhão. Já no primeiro ano baixou para R$ 450 milhões. O objetivo era equilibrar as finanças até o fim do mandato, mas aí veio a pandemia…

*

RENDA BRASIL – Menos de 24h depois de dizer que esquecessem o programa Renda Brasil, o presidente Jair Bolsonaro voltou atrás e autorizou o senador Márcio Bittar (MDB-AC), relator do orçamento, a retomar as discussões sobre o novo programa.

O problema é que precisa retirar recursos de algum lugar para colocar no futuro Renda Brasil, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, só olha pra baixo na hora de buscar esses recursos, jamais para cima, conflitando assim com o presidente, que já disse não querer tirar dos pobres para dar aos paupérrimos.

*

BOLSA FAMÍLIA – Na impossibilidade de criar o Renda Brasil, uma opção seria alargar o Bolsa Família, ampliando as linhas de pobreza. Atualmente, considera-se na pobreza aquela família cuja renda seja de R$ 178,00 por pessoa e na extrema pobreza a família cuja renda não ultrapassa R$ 89,00.

A ideia é aumentar essas faixas para R$ 250,00 e R$ 100,00, respectivamente, o que incluiria várias famílias no programa.

*

CONCORDÂNCIA – A existência de uma renda mínima para as famílias mais vulneráveis financeiramente é um dos poucos consensos entre direita e esquerda.

*

SEM VOTO IMPRESSO – O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que o voto impresso é inconstitucional, sepultando assim a ideia de sua implantação, ao menos por enquanto.

 Particularmente, nunca vi muita lógica nessa teoria de que os votos impressos resolveriam problemas de fraudes nas urnas eletrônicas. Nunca me convenci disso.

*

NÃO É COM A GENTE – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anunciou que problemas de desrespeito às regras de distanciamento social e afins não é da alçada do órgão. Assim, os candidatos que promoverem aglomerações, que não usarem máscaras etc. não receberão punição no âmbito da Justiça Eleitoral, como multa e diminuição do tempo de propaganda eleitoral, por exemplo.

*

REELEIÇÃO NO CONGRESSO – Sobre eleições para as Mesas Diretoras do Senado e da Câmara, a Constituição Federal diz: “(…) vedada a recondução para o mesmo cargo na eleição imediatamente subsequente”.

Pois bem, a Advocacia-Geral da União, instada a se manifestar sobre o assunto, deu parecer dizendo que o texto acima não é claro, que permite mais de uma interpretação.

Eu devo ser muito tapado, pois pra mim o texto é claro como as águas de Maragogi. Não permite reeleição.

*

NÃO ENTENDO – Vive na igreja, mas é incapaz de perdoar. Deve então mudar de templo, pois o padre ou pastor não está conseguindo incutir o básico do básico. O perdão é um dos principais alicerces do pensamento cristão.

Viver na igreja e não conseguir perdoar é como fazer o curso de Direito e não ouvir a outra versão diante de uma situação que lhe chega. É esquecer os princípios básicos.

*

SEM JEITO – O governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, é acusado de receber propinas de empresários. Num vídeo de julho de 2019, divulgado na quarta (16), ele aparece chegando num prédio com uma mochila, saindo uma hora depois. Segundo um delator, a mochila chegou vazia e saiu com aproximadamente R$ 100 mil, dinheiro de propina. A corrupção no estado é endêmica.

*

NÚMEROS DO IDEB – No recorte dos primeiros anos do Ensino Fundamental a situação na rede pública de ensino no Rio Grande do Norte é até boa: alcançamos índice 4,7 para uma meta de 4,4.

O mesmo não podemos dizer em relação à rede privada, que no mesmo recorte alcançou índice 6,5 para uma meta de 6,7.

No geral, o estado conseguiu melhorar o índice, há vários anos estagnado, mas ainda assim continua muito ruim, o que nos coloca como o 04º pior do país. Precisamos melhorar muito.

*

NOME LIMPO – A Serasa lançou uma ação para renegociação de dívidas com até 50% de descontos. Chamada de Serasa Limpa Nome, a ação envolve lojas, instituições financeiras, empresas de telefonia e de internet. O objetivo é limpar o nome de aproximadamente 20 milhões de consumidores. Basta acessar o site do Serasa para ver as condições.

*

AS MELHORES – A revista Billboard elaborou uma lista com as 50 melhores músicas latinas de todos os tempos, dos anos 20 até 2018. A lista tem Bésame Mucho, Macarena, Despacito, Burbujas de Amor, La Bamba, Obsesión, Corazón Partío, entre tantas outras. A única canção brasileira na lista é Amigo, de Roberto Carlos, gravada em 1977.

Tive o trabalho de criar uma pasta no Deezer com todas as músicas. Dei o nome de “Melhores 50 Músicas Latinas”. Procura lá. Tem muita coisa boa.

*

PEI E BUFO

* O vereador João Gentil (Rede), que se dizia independente, é e sempre foi um rosalbista roxo. Alguém chegou a se enganar?

* Sabe aquela sensação de árvore em movimento, quando viajamos numa estrada? Tem nome: paralaxe. O fenômeno é utilizado para calcular a distância entre a terra e estrelas.

* E aquele vidro em que o personagem se estilhaça em cima? Ele é feito de açúcar, água e glucose líquida. Muitos vídeos no YouTube ensinam como fazer.

* Dos 167 municípios potiguares, apenas 30 estão adimplentes e podem firmar convênios e contratos com outros entes.

* “Entre o semeador e o que semeia há muita diferença. Uma coisa é o soldado e outra coisa o que peleja”. (Pe. Antonio Vieira).

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas para o número 99648-2588 (WhatsApp).

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome