Racionalidades – 111ª edição.

0
103

DEBATE NA TCM – Nas entrevistas que concederam logo que chegaram à sede da TCM, os candidatos a prefeito de Mossoró falaram que esperavam um debate de alto nível. Já começaram a mentir daí. Teve candidata que veio com pergunta de “baixo nível” já pronta.

No geral, o embate não acrescentou muito, apesar da louvável iniciativa da emissora.

Nenhum dos candidatos trouxe nada realmente novo, apenas aquelas velhas promessas de que vai melhorar educação, saúde, segurança e patati-patatá. Projeto concreto, não vi, apenas generalizações.

Curiosamente, a pessoa mais citada foi o ex-prefeito Silveira Jr.(PSD), especialmente pela prefeita Rosalba Ciarlini, que o traz à baila sempre quando alguém aponta as falhas de sua gestão. É o seu coringa.

O debate despertou mais interesse pelo seu lado caricato, com situações e falas sendo motivo de pilhérias nas redes sociais. Só por isso mesmo.

*

ELEIÇÕES 2020, MODORRENTA – A campanha eleitoral em Natal segue totalmente sem graça. A reeleição do prefeito Álvaro Dias (PSDB) é tão certa como dois e dois são quatro. A possibilidade de segundo turno, que chegou a ser cogitada, perdeu força. A única disputa é pra ver quem será o segundo colocado, se o delegado Sérgio Leocádio (PSL) ou se Kelps Lima (SDD).

Em Mossoró, o avanço do candidato Allyson Bezerra (SDD) vem trazendo um pouco de emoção à disputa, mas mesmo assim a diferença entre ele e a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) ainda gira em torno de 08%. Apenas com o avanço da campanha e a divulgação de novas pesquisas veremos se o tempo irá esquentar ou esfriar.

Animadas mesmo estão algumas campanhas nas cidades de pequeno porte, onde o acirramento político faz a população esquecer até mesmo a pandemia.

*

EXPECTATIVA – Muitos aguardam ansiosos o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) publicar o acórdão sobre a decisão que cassou o mandato do deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL).

Caso o acórdão cancele seus votos, a cadeira será assumida pelo suplente Jacó Jácome (PSD), mas se os votos não forem cancelados, quem assumirá será Robério Paulino (PSOL).

*

OPORTUNIDADE DE QUITAR DÍVIDAS – O governo do Estado publicou na quarta-feira (22) um novo Programa de Recuperação de Créditos Tributários (Refis), com o propósito de beneficiar devedores de ICMS e IPVA, com dívidas geradas até 31 de julho deste ano.

O desconto para pagamentos à vista chega a 95%. Há também a possibilidade de parcelar o débito em até 60 vezes, com 60% de desconto. Só não renegocia sua dívida quem não quiser.

Informações e negociações pelo WhatsApp 84 3232 2190, pelo site www.set.rn.gov.br ou numa das unidades da Secretaria Estadual de Tributação espalhadas pelo estado.

*

O PAPA PELAS MINORIAS – Num documentário lançado esta semana na Itália, o papa Francisco defende que os homossexuais têm direito a ter uma família, que eles são filhos de Deus, além de outras declarações em prol do mundo LGBTQI+.

Não foi uma surpresa, o atual Papa sempre mostrou inclinação pelas minorias, não apenas pelo público gay. Também é notória sua defesa aos imigrantes e moradores de países pobres.

É bom destacar que a visão do Papa tem muita força, mas não representa a visão da Igreja Católica, instituição secular que se move na “velocidade” de um continente em direção ao outro. Qualquer mudança acontece de forma extremamente lenta, com muita resistência. A opinião do Papa vale mais para gerar reflexão e talvez iniciar um processo que poderá levar décadas para ser concluído.

*

VACINAS – Há quase 150 instituições testando vacinas para combater a Covid-19, as quais utilizam um dos sete métodos existentes: vacina de RNA, vacina de DNA, vacina com vírus inativo, vacina com vírus enfraquecido, vacina de vetor viral, vacina de proteínas e a vírus-like particles (VLP). Cada um dos métodos com suas vantagens e poréns.

O governo federal tem parceria com a vacina que vem sendo desenvolvida pela Universidade de Oxford, que utiliza o método “vacina de vetor viral”, onde um vírus inofensivo, criado em laboratório, como o adenovírus, produz as mesmas proteínas do novo coronavírus. A técnica existe desde 1980. Teoricamente, o método é o que deveria oferecer maior resistência ideológica, vez que trabalha com vírus transgênicos, produzidos em laboratório.

A vacina produzida pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech, que tem parceria com o governo de São Paulo, utiliza o método “vacina com vírus inativo”, que é o mais tradicional e básico de todos, utilizado há décadas nas vacinas contra poliomielite, gripe e hepatite A.

*

MAIS OPORTUNIDADE – A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovou no meio da semana uma lei que traz uma série de benefícios para os micros e pequenos produtores, a chamada Lei das Micro e Pequenas Empresas.

Um dos artigos prevê que as licitações de até R$ 200 mil serão exclusivas para empresas com faturamento anual de até R$ 4 milhões.

Outro ponto prevê a dupla visita de fiscalização, onde a primeira terá caráter meramente educativo.

Também prevê desburocratização, facilitação de empréstimos etc.

As medidas foram decididas em comum acordo entre empresários, governo do Estado, Assembleia Legislativa, Sebrae e outros integrantes do setor produtivo.

O texto agora segue para o Executivo.

*

POLÊMICA – Doutor em hidrologia e professor da UFRN, João Abner vem argumentando que a solução encontrada para trazer água das bacias do Rio São Francisco para o Rio Grande do Norte não foi a mais viável, que se insistirem no que tem no projeto, feito no governo de Fernando Henrique Cardoso, a água só chegará ao estado daqui a uns sete anos.

Cheio de papéis e cálculos, o professor tem batido nas portas das autoridades, especialmente do ministério do Desenvolvimento, para mostrar a necessidade de alteração no projeto. Até agora não deram muito ouvidos a ele.

*

PRIMEIRO VOTO FEMININO – Em 1880, a dentista gaúcha Isabel de Mattos Dillon conseguiu na Justiça o direito de votar, sendo considerada até hoje a primeira brasileira a exercer esse direito/dever.

O Rio Grande do Norte, contudo, tem sua importância na história do voto feminino. Em 1929, Alzira Soriano Teixeira foi eleita a primeira prefeita do país. Ela conseguiu se eleger como chefe do Executivo de Lajes com 60% dos votos.

E Celina Guimarães? Bem, em novembro de 1927 o juiz eleitoral Israel Ferreira Nunes mandou incluir o nome dela na lista de eleitores de Mossoró, em consonância com a recente legislação. Alguma mulher tinha que ser a primeira, foi ela. O ato passa longe de ser decorrente de uma luta etc.

 *

ACESSIBILIDADE – O Ministério Público Eleitoral junto à 33ª Zona Eleitoral se reuniu com representantes das três tevês locais que realizarão debates para que estes tenham recursos de acessibilidade para deficientes visuais e surdos.

Ficou acordado que todos os debates terão janela de libras e que a audiodescrição será feita pelo mediador, ante a impossibilidade de comprar os equipamentos necessários para tal fim em tão exíguo tempo.

Sobre a audiodescrição, os apresentadores terão que ao máximo transformar as imagens em textos. Este foi o acordo, posteriormente homologado pela Justiça Eleitoral.

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas para o número 99648-2588 (WhatsApp).

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome