Racionalidades – 112° edição.

0
90

INSOSSO – O debate de ontem à noite, na Super TV HD, foi enfadonho e sem novidades. Pareceu uma reprise do debate anterior, da TCM. Inclusive, a candidata Rosalba Ciarlini (PP) repetiu a pergunta que havia feito a Cláudia Regina (DEM), que, por sua vez, repetiu a resposta.

O candidato Allyson Bezerra (SD) ficou todo tempo procurando embate com a prefeita Rosalba Ciarlini. Professor Ronaldo (PSOL) e Irmã Ceição (PTB) reforçaram o caráter caricato de suas candidaturas. A candidata Isolda Dantas (PT) foi a única que tentou centrar o debate em propostas, não encontrando ressonância.

Também pesou contra o debate as falhas técnicas e de produção, especialmente no áudio e no bloco onde o professor Ronaldo não foi perguntado e não teve oportunidade de perguntar. A produção ficou sem saber o que fazer diante da situação inesperada, deixando o mediador Saulo Vale em maus lençóis.

No geral, nada acrescentou à campanha.

*

PESQUISA – Na semana, a rádio Difusora AM divulgou uma pesquisa realizada pelo Instituto AgoraSei. Os números mostraram os candidatos Rosalba Ciarlini (PP) e Allyson Bezerra (SD) empatados. De pronto, os apoiadores de Rosalba foram às redes sociais desacreditá-la, dizendo que os números eram fantasiosos e outros te-te-re-tês.

O fato é que ninguém pode cravar nenhuma certeza.

Se os números são irreais, por que o grupo da prefeita não utiliza os órgãos de imprensa ligados a ela para publicar uma pesquisa “verdadeira”? Fica essa indagação.

O blog tomou conhecimento que o novato Instituto TS2 vem realizando várias pesquisas internas para o rosalbismo. Se os números são diversos do AgoraSei, por que não contratar uma pesquisa para divulgação pública? Tão simples, melhor do que ficar jogando palavras ao ar, dizendo que os números são irreais, mas sem mostrar os “reais”.

*

VOTO ÚTIL – O fato é que a disputa em Mossoró está polarizada entre a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) e o deputado estadual Allyson Bezerra (SD). Vencerá quem souber tirar os votos das candidatas Cláudia Regina (DEM) e Isolda Dantas (PT), que somam uns 15% do eleitorado, o chamado voto útil.

*

ALTA PRODUTIVIDADE – O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte alcançou a marca de 01 milhão de atos realizados pelos magistrados desde o início do ano, entre sentenças, decisões e despachos, destacando que 75% do total realizados durante a pandemia.

Quanto aos servidores, eles realizaram mais de 5,5 milhões de atos no mesmo período.

Os números mostram que não houve moleza na pandemia e que o home office vem funcionando.

*

SEGUE FECHADO – Muitos hotéis Brasil afora já reabriram suas portas após a pandemia, mas o Thermas Hotel & Resort segue fechado, sem perspectiva de reabertura. É triste ver um patrimônio da cidade, elogiado em todo o país, com as portas fechadas.

Lamentável ainda saber que nenhum político procurou os diretores do hotel para verem a possibilidade de reabertura. Nas campanhas só se fala em geração de empregos, mas num momento desses ninguém aparece para tentar encontrar uma solução para o problema.

*

REABERTURA – A partir de amanhã (31) volta a funcionar o Barraco do Betinho do Frango. O local recebeu uma reforma completa, o que proporcionará mais conforto e comodidade para os frequentadores. A administração estará a cargo de Gomes, irmão do saudoso Betinho do Frango.

O restaurante funcionará de terça a domingo a partir das 6h. No cardápio tem comidas regionais (panelada, buchada, carneiro…), cachorro quente, feijoada aos sábados e, claro, o tradicional frango assado.

Desde já desejo enorme sucesso e já aviso que serei cliente assíduo.

*

FERIADO – A maioria dos entes públicos transferiu o feriado do Dia do Servidor Público, que foi quarta, para hoje. Muito dificilmente você encontrará um órgão público aberto. Para os servidores, um feriadão e tanto, pois emenda com Finados, na segunda-feira. Muito descanso, praia, cerveja, livro…

*

SÉRIE – Por sugestão do bancário aposentado Jorge de Castro, assisti a série policial “Bom Dia, Verônica”, disponível na Netflix. Gostei. Conta a história de um esposo abusivo, que mantém a mulher em situação análoga a de cárcere privado. Além disso, ele é um serial killer que força a esposa a ser cúmplice dos crimes. A situação passa a ser investigada pela escrivã Verônica, que também luta para encontrar outro serial killer que atrai as mulheres através de um aplicativo de relacionamento. Além disso, há magia negra, corrupção, rusgas com a delegada e um crime mal contado envolvendo o pai da escrivã.

A série tem várias cenas de tirar o fôlego. Um suspense policial que consegue nos prender, apesar de algumas pontas soltas e situações ilógicas, mas estas há em todas as séries, não é mesmo? Vale maratonar no feriadão. São apenas 08 episódios com 40-44 minutos cada.

*

CARREATA – Em Governador Dix-sept Rosado, o candidato a vereador Paulo Sérgio de Aristeu (SD) promoverá carreata saindo da Mega Casa Show, Rua Manoel Joaquim. A concentração começa às 16h, com previsão de saída às 17h.

É a primeira vez que Paulo Sérgio tenta uma vaga na Câmara Municipal. Jovem, inteligente, disposto a exercer a real função de um vereador, ele tem tudo para honrar o voto dos seus eleitores, caso conquiste uma cadeira. Tem meu apoio e meu voto.

Sim, eu voto em Governador Dix-sept Rosado.

*

VENENO NA CARA – O chamado Botox é feito a partir de uma toxina produzida pela bactéria Clostridium botulinum, que tem o poder de paralisar os músculos da face. A substância foi descoberta em 1895 pelo cientista belga Emile van Ermengem, mas só passou a ser utilizado para fins estéticos em 1994. Em seu estado bruto ela é tão mortal que apenas um grama pode matar mais de um milhão de pessoas, caso seja dispersa na atmosfera. Por isso, o manuseio é perigosíssimo, e a quantia usada para produzir o Botox é microscópica.

Toda a produção de Botox, de 1994 até os dias atuais, cerca de 100 milhões de ampolas, foi feita utilizando apenas 0,5 g da toxina. A fabricação é exclusiva da farmacêutica Allergan, que o faz num prédio localizado em Westport, uma minúscula cidade localizada no Oeste da Irlanda. Todo o Botox utilizado no mundo sai dessa fábrica.

A fórmula e os processos de fabricação são mantidos no mais absoluto sigilo. A fábrica tem regras semelhantes à de presídios de segurança máxima. Não entrar com equipamentos eletrônicos é uma.

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas para o número 99648-2588 (WhatsApp).

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome