PEI E BUFO – 59ª edição.

0
87

* As eleições municipais são as mais importantes. Como disse Franco Montoro: “Ninguém vive na União, ou no Estado. As pessoas vivem no município”. Mature bem seu voto.

* Desde a manhã de hoje, a Polícia Militar conta com 1.022 novos soldados, sendo 65 mulheres, habilitados para a função após a governadora assinar o ato de conclusão de curso. O primeiro desafio deles será as eleições municipais de domingo (15).

* Paulo Barreto (PT), candidato a prefeito de Pendências, vem procurando os órgãos de imprensa para refutar o jingle que atribui vários crimes a ele e familiares. O candidato se diz inocente e que está tomando as medidas legais contra os mentores da música.

* Nunca imaginei que as pessoas circulassem tanto. Aonde chego a frase é uma só: “Eu, que ando em todo lugar”. Pessoas que, até onde eu via, só iam de casa para o trabalho e vice-versa.

* O Governo Federal, através do Ministério do Desenvolvimento, reconheceu o Decreto de Calamidade Pública Estadual nº 30.071/2020, publicado no dia 20 de outubro, válido por 90 dias, prorrogáveis por mais 90.

* A China é o 04º maior destino dos produtos dos EUA, e o segundo na lista de importadores, atrás apenas da União Europeia. 18% do que os EUA importam vêm da China. Foram US$ 452 bilhões em negócios no ano passado.

* As farmácias Droga Raia e Drogasil doaram R$ 500 mil para o Hospital Infantil Varela Santiago, em Natal, valor arrecadado na campanha #TodoCuidadoConta.

* Segundo o Serasa, 62,7 milhões de brasileiros possuem dívidas em atraso. Deste total, uns 10 milhões podem quitar suas pendências com até R$ 50,00, isso por causa da Feira Serasa Limpa Nome. Negociações pelo WhatsApp (11) 99575-2096.

* O mineiro Pedro Rodrigues Filhos, o Pedrinho Matador, é considerado o maior serial killer do Brasil. Foi condenado a 400 anos de prisão por 71 homicídios. Cumpriu 42 e hoje está livre, morando em São Paulo.

* Às sextas-feiras pela manhã, precisamente às 04h59, publicamos neste blog a coluna “Racionalidades”, onde nos estendemos um pouco mais nas notas. Convido-te a ler. Já estamos na 114ª edição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome