PEI E BUFO – 162ª edição.

3
107

* A comarca de Upanema desenvolveu um formulário eletrônico para que o jurisdicionado possa protocolar ações que envolvam até 20 salários-mínimos, sem necessidade de advogado. O usuário preenche os dados pessoais, descreve os fatos e anexa os documentos. Depois é só esperar.

* Guilherme Boulos (PSOL) não será candidato a presidente em 2022, tentará o governo de São Paulo. A informação é da colunista Mônica Bérgamo, da Folha de S. Paulo.

* Com a decisão proferida ontem pelo STF, não há mais nenhum impedimento legal em desfavor do ex-presidente Lula. Ele está elegível. Resta agora cuidar da saúde e reunir condições políticas, caso queira (provavelmente sim), ser candidato à presidência em 2022.

* A deputada federal Renata Abreu (Podemos-SP) está comemorando seu aniversário com uma vaquinha virtual, pedindo aos amigos que depositem o dinheiro que seria para o presente. O que for arrecadado será revertido em cestas básicas. A meta é R$ 50 mil.

* Deixar de tomar a segunda dose não é uma exclusividade da imunização contra a Covid-19. Das vacinas nacionais aplicadas em adultos, e que precisam de doses de reforço, aproximadamente 30% dos imunizados não retornam para tomá-la.

* Impressiona o número de pessoas abaixo de 60 anos vitimadas pela Covid-19. De janeiro a março deste ano, a percentagem de mortos entre pessoas de 30-39 anos subiu 353%, e entre 40-49 anos, 419%. Não faz mais sentido falar em “isolamento vertical”.

* Como o termo coach anda meio comprometido, eles agora abordam os pretensos clientes dizendo que trabalham com processos de transformação, que preparam as pessoas para mudanças, acompanham desafios, fazem escutas qualificadas, pavimentam caminhos etc. São coachs!

* Caso você participasse de um programa de perguntas e respostas, estilo Show do Milhão, e lhe fosse perguntado onde fica a sede da Interpol, dificilmente você acertaria.

* Ontem, quando soube dos trânsitos do repórter Francileno Góes e do contador Gilgamés Melo, esta coluninha já estava fechada e agendada. Assim, dedico o post de hoje à memória deles. Uma nuvem de tristeza pairou sobre mim no dia de ontem. Força aos familiares.

* A banda A Cor do Som, dona de sucessos como “Zanzibar”, “Abri a Porta” e “Semente do Amor”, começou como banda suporte de Moraes Moreira, tendo entre seus integrantes Dadi (o “leãozinho” de Caetano Veloso) e Armandinho (o de Dodô e Ormar). Vale ouvi-la no fim de semana.

3 Comentários

  1. Erasmo, anuncie aí que o “grande poeta” David de Medeiros Leite não venceu a competência de Gaudêncio Torquato, a uma vaga na Academia Norte-rio-grandense de Letras. É um detalhe de nota em sua prestigiada coluna. A poesia dele mareja meus olhos, mas é aquele marejar da conjuntivite. Fiquemos, pois, por aqui. Toca pra diante!

  2. Detalhe: o competente Gaudêncio venceu com uma folga aí. Foram 32 votos para ele. Como o outro concorrente parece que tem certo trânsito entre os blogues, mídias, etc, ninguém noticiou a quantidade de votos que ele obteve. Deve ter sido uns 4, haja vista outros candidatos e também abstenções.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome