PEI E BUFO – 280ª edição.

0

* Segue agendado para o próximo dia 05 de novembro o leilão de arrendamento do Terminal Salineiro de Areia Branca, o chamado Porto-Ilha. Até agora nenhuma empresa demonstrou interesse no negócio. O prazo de arrendamento é de 25 anos.

* “Estocar vento”. A empresa Energy Vault vai desenvolver no RN um projeto pioneiro para armazenar a energia gerada pelas turbinas eólicas. A iniciativa garantirá energia eólica 24h por dia, sete dias por semana, acabando assim com a intermitência que ocorre hoje.

* O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, anunciou liberação de R$ 280 milhões para o RN; Já o ministro das Comunicações, Fábio Faria, está no estado instalando net gratuita no Seridó. Seria bom que ambos fossem pré-candidatos para sempre.

* O Facebook e o Instagram excluíram de suas páginas o vídeo da última live do presidente Bolsonaro, onde ele sugeriu que a vacina contra a Covid-19 causava AIDS. É o segundo vídeo do presidente removido das plataformas, no anterior ele defendia a cloroquina.

* O ex-ministro Sérgio Moro está esperando o término do seu contrato com a consultoria Alvarez & Marsal, no fim do mês, para colocar o bloco na rua. Já no próximo dia 10 de novembro assinará sua filiação ao Podemos. Ou será candidato a presidente ou a senador pelo PR ou SP.

* O governo do Ceará concluirá até o fim do ano a construção do aeroporto de Sobral, um investimento de R$ 70 milhões. Em seguida iniciará a construção do aeroporto de Morada Nova, no Vale do Jaguaribe.

* No Rio Grande do Norte, a governadora tem como meta principal concluir o pagamento das quatro folhas salariais deixadas pela gestão anterior, um valor total de aproximadamente R$ 1 bilhão. Daria para construir um bocado de aeroportos…

* As transações geracionais: Baby Boomers (1940-59); Geração X (1960-79); Geração Y (1980-94); Geração Z (1995-2010); e Geração Alpha (2011-atualidade). Esta última representa os que nasceram numa era totalmente conectada.

* Os jogadores de futebol do Brasil estão dando um belo exemplo para o mundo quando se trata de vacinação. Um levantamento feito pelo Estadão constatou que 97% dos atletas estão vacinados com ao menos uma dose, mesmo a vacinação não sendo obrigatória. Palmas!

* O cantor e compositor Benito di Paula completará 80 anos em novembro. Para festejar a data lançará o disco O Infalível Zen, com 12 faixas. Uma delas já foi disponibilizada nas plataformas de streaming, Aurora, que ele fez para a neta.

PEI E BUFO – 279ª edição.

0

* Dizer que está à disposição do seu estado, frase costumeiramente falada por pré-candidatos, não faz nenhum sentido. Estados e municípios não são entes providos da capacidade de pedir algo. É como dizer que está à disposição da chuva, da lua…

* A grande imprensa nacional não consegue esconder que defende os interesses do mercado, e que para ele trabalha. De quarta para cá só falam do quão é desastroso furar o teto de gastos. Não se importam com a fome do povo, mas apenas com os lucros da turma da Faria Lima.

* O Ministério da Educação e a Advocacia-Geral da União, no afã de agradarem ao presidente, proibiram as universidades federais de exigirem comprovante de vacinação para professores, servidores e alunos. A decisão se deu numa consulta feita pela UFSM (RS).

* Na Hungria, o primeiro-ministro Viktor Orbán calou a imprensa e ONGs, bem como aparelhou o Judiciário. Está há dez anos no poder, e contando. Um Judiciário independente é essencial para manter viva a Democracia de um país.

* O tenista Novak Djokovic, notório antivax, deverá ficar de fora de uma das maiores competições do esporte, o torneio da Austrália, que exige passaporte sanitário dos competidores.

* As palavras “belíssimo”, “genial”, “inigualável”, “desastre”, “monstruosidade”, “ódio”, “chocante”, entre outras que representam extremos, não devem ser banalizadas. O bom senso reclama o correto uso das expressões.

* Ontem, os imortais da Academia Brasileira de Letras (ABL) voltaram a se reunir presencialmente para o chá da tarde, oportunidade em que conversam sobre assuntos diversos. Fico aqui imaginando o nível, deve ser bem semelhante ao da minha turma lá em Carlos Bar.

* O Ministério da Justiça reclassificou a série “Round 6”, da Netflix, de 16 para 18 anos. Pesou para a decisão as cenas de violência extrema. Realmente, o cara leva um tiro no meio da testa e a gravação sapeca um: “Jogador 201, eliminado”. Ora eliminado…

* Quem gosta da obra do cantor cearense Belchior terá a oportunidade de ouvir muitas de suas músicas interpretadas ao vivo logo mais às 20h, no Boulevard Central, em show-cover. Promessa de ser um daqueles eventos que reúnem um bocado de gente boa.

* O cantor e compositor Caetano Veloso lançou ontem nas plataformas de streaming o disco “Meu Coco”, o primeiro de inéditas após nove anos. Pela primeira vez, Caetano lança um disco com 100% de composições próprias. O coco do título é no sentido de cabeça.

PEI E BUFO – 278ª edição.

0

* A assistente social Rosália Fernandes deverá ser a candidata a governador do RN pelo PSTU no ano que vem. Natural de Marcelino Vieira, ela é filha do conhecido comerciante “Raimundo dos Ovos”, estabelecido em Mossoró.

* A ex-vereadora de Grossos, Clorisa Linhares, deverá se lançar candidata a governador do RN. Será o nome do Brasil 35, antigo Partido da Mulher Brasileira (PMB). No âmbito nacional, o Brasil 35 chegou a ser cogitado para acolher o presidente Bolsonaro, mas as negociações não avançaram.

* Advogados de Mossoró e região poderão adquirir produtos com generosos descontos na Feira de Convênios que será realizada amanhã, 18h, no Mossoró Mall. Uma promoção da OAB e empresas parceiras.

* A última edição do podcast “Ecos da Política” (Spotify, Deezer) trouxe a curiosa história da ex-prefeita de Mossoró que elevou o valor do IPTU, fez campanha para os munícipes pagarem o tributo, negativou os inadimplentes, mas se “esqueceu” de pagar o próprio IPTU.

* Faz trinta anos que quase dois mil professores da UFRN lutam para reaver as perdas salariais que tiveram com os Planos Bresser e Verão. Na última movimentação do chamado Processo dos Precatórios, a União propôs um acordo para pagar a dívida com 65% de deságio.

* O caso do juiz que mandou matar o promotor em Pau dos Ferros, no ano de 1997, ainda rende. Hoje, o coautor intelectual do crime, ex-PM Wilson Pereira, cunhado do juiz Francisco Lacerda, foi condenado pelo Tribunal do Júri a 31 anos e seis meses de prisão no modo cadeado.

* O presidente Jair Bolsonaro, que abandonou a bandeira do voto impresso, pelo menos por enquanto, voltou a defender o uso da cloroquina e ivermectina para curar a Covid-19, ao mesmo tempo em que tenta diminuir a importância da vacina.

* Atualizando: Após aprovação na Câmara dos Deputados, o projeto de privatização dos Correios tramita na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal. Depois vai para o plenário, pra consulta pública, análise do TCU e sanção presidencial.

* A rainha Elizabeth II não cumprirá a orientação médica de suspender o consumo de uma taça de champanhe por dia, hábito que ela, de 95 anos, carrega há anos. Está certíssima. Fosse ela faria diferente, passaria a tomar duas taças. A pessoa no fim da vida…

* Em 1979 a banda australiana AC/DC lançou o disco “Highway to Hell”, seu primeiro grande sucesso. O vocalista era Bon Scott, que morreu logo após a turnê, sufocado no próprio vômito. Brian Johnson assumiu o microfone e a banda já estourou no ano seguinte com “Back in Black”.

PEI E BUFO – 277ª edição.

2

* Ontem, em entrevista ao Cenário Político da TCM, o senador Styvenson Valentim (Podemos) demonstrou uma valentia digna de guerreiro templário. Vociferou contra tudo e todos. Curioso é que no Senado ele é uma Sinhá Moça. A valentia de Valentim é só no RN.

* Em Mossoró, entra e sai legislatura, e a pauta dos vereadores palacianos, qual governo for, é sempre a mesma: Tarcísio Maia, segurança pública e irregularidade no abastecimento de água, ou seja, pautas estaduais.

* Ontem, o deus-mercado deu chilique porque o governo “ameaçou” furar o teto de gastos em R$ 30 bilhões para ajudar a complementar o Auxílio Brasil, programa que deverá substituir o Bolsa Família. Detalhe, a arrecadação anual do governo federal supera bem os R$ 2 trilhões.

* As regras que limitam a possibilidade de realizar ações sociais, como a do “teto de gastos”, não deveriam ser absolutas, mas apenas recomendações. Ninguém pode adivinhar quando a camada mais pobre da sociedade precisará de socorro estatal.

* A jovem Alessandra Jéssica (27) foi torturada até a morte na noite da última sexta-feira (15), isso porque quebrou as regras da facção que pertencia. O fato não aconteceu no Rio de Janeiro, mas em Mossoró. O corpo foi encontrado no domingo. Outros três “traidores” continuam desaparecidos.

* A revista Piauí adotou um novo modelo de gestão e financiamento. Ela será mantida por um fundo patrimonial, inciativa inédita no país, o que conferirá maior independência à publicação, disparadamente a melhor do país.

* O humorista mossoroense Talokudo foi contratado pela empresa NonStop, que agencia perfis de sucesso nas redes sociais. Segundo matéria recente da revista Piauí, empresas do tipo costumam pagar, no mínimo, R$ 25 mil mensais aos integrantes de seus quadros.

* A Amazon Prime Vídeo lançou na última sexta a série “Eu Sei o que Vocês Fizeram no Verão Passado” (2021). A primeira temporada tem oito episódios, com quatro já disponíveis. Remake de um clássico do cinema.

* Na série “Missa da Meia-Noite” (Netflix), uma ilha com poucos habitantes começa a ser palco de milagres e acontecimentos estranhos após a chegada de um novo padre. A série, de sete capítulos, é boa até os quatro primeiros, depois vira quase uma “The Walking Dead”.

* Tom Morello, do “Rage Against the Machine”, lançou disco solo na semana passada. “The Atlas Underground Fire” traz doze faixas, sendo uma delas uma versão para “Highway to Hell” (AC/DC) que ele divide com Bruce Springsteen e Eddie Vader (Pearl Jam).

PEI E BUFO – 276ª edição.

1

* Em nota enviada ao blog do jornalista William Robson, o vereador Raério Cabeção (PSD) disse que criticou o Governo do Estado, pois cumpre seu papel de fiscalizador dos atos públicos. Alguém avise a Raério que ele é vereador, e não deputado estadual.

* Sobre ter mandado a vereadora Marleide Cunha (PT) latir, o vereador disse na nota acima referida que “Pode ter utilizado termos que soam de forma dúbia”. Pode? Ora pode… Dói tanto pedir desculpas pelo erro cometido?

* No início do ano, com a gasolina custando R$ 4,92, o motorista gastava R$ 270,82 para encher um tanque de combustível de 55 litros no RN; Hoje, com o combustível custando R$ 6,67, o motorista gasta R$ 367,12 para encher o mesmo tanque, aumento de 35,5%.

* Os integrantes do Ministério Público estão lutando contra a aprovação da PEC 005/2021, que altera a composição e funcionamento do CNMP. O problema é que o próprio CNMP dá cabimento para iniciativas assim, vez que nem de longe exerce sua função de punir excessos etc.

* Hoje, em entrevista à CNN, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) foi indagado sobre a decisão do pai de não se vacinar. Ele respondeu que 100 milhões de brasileiros já estão totalmente imunizados, “que graças a Deus a população não seguiu o pai nessa decisão”.

* Na última quarta-feira (13) um homem de posse de arco e flechas matou cinco pessoas e feriu duas na cidade de Kongsberg, Noruega. Até agora não se sabe a motivação dos atos. Esper Andersen, 37, o incomum criminoso, foi preso.

* Em órgãos colegiados não deveria haver poder concentrado numa única pessoa. Falo do senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), que não agenda a sabatina de André Mendonça; e do deputado Arthur Lira (PP-AL), que não encaminha os processos de impeachment contra o presidente.

* O STF já formou maioria para manter a proibição de showmícios nas eleições do ano que vem, mas liberou shows internos, com cobrança de ingresso, para angariar fundos para a campanha. Ora, artista não é decisivo para a escolha do voto, mas dinheiro sim. Ilógico isso aí.

* O presidenciável Ciro Gomes (PDT) só conquistará o voto da esquerda se conseguir mostrar que poderá chegar à frente de Bolsonaro no primeiro turno, e só conquistará votos da direita se conseguir mostrar que poderá derrotar Lula no 2º turno.

* Para se apresentar no Rock in Rio, Elton John pediu o máximo de rosas com talos de exatos 14 cm. A organização passou várias horas percorrendo as floriculturas do estado com régua na mão. Prince exigiu 400 toalhas brancas. Axl Rose pediu dez calças jeans exatamente iguais.

PEI E BUFO – 275ª edição.

0

* As sessões na Câmara Municipal de Mossoró atingiram o nível “cortiço de novela”, com divergências sendo resolvidas aos berros, sem moderação nas palavras, com desrespeitos e a sempre presente frase “você pensa que tenho medo de você?”.

* Eu fico aqui matutando o que levaria uma pessoa a ter medo da vereadora Marleide Cunha (PT), a começar por sua compleição física. Até onde sei a vereadora nunca atentou contra a vida de ninguém, não tem ligação com o crime organizado etc. Dela, motivo zero pra ter medo.

* Aproxima-se o fim do período de proibição de reajustes salariais para servidores públicos. Muitas categorias já se organizam para pressionar prefeitos e governadores. Com inflação superando os 10% ao ano, nada mais justo.

* A proposta de mudança nas regras do ICMS sobre combustíveis prevê que o imposto terá como base o preço do combustível dos últimos dois anos. Logo, se o preço baixar no próximo ano, em razão do mercado internacional, o cálculo para o ICMS incluirá o preço alto de hoje.

* Caso as novas regras do ICMS se tornem lei, é capaz de num futuro próximo o imposto ser até mais alto do que ele é hoje, e isso por iniciativa do Congresso Nacional. Entendeu por que os governadores não estão esperneando tanto?

* A Câmara Municipal de Florianópolis (SC) rejeitou por 10 x 7 um requerimento de moção de aplauso apresentado pelo vereador Maikon Costa (PL) em benefício do empresário Luciano Hang, dono da Havan.

* No próximo mês o ex-candidato a presidente pelo Psol, Guilherme Boulos, estará em Fortaleza (CE) para inaugurar a 22ª unidade da Cozinha Solidária do MTST (Movimento dos Trabalhadores sem Teto), um projeto para saciar a fome de quem tem.

* O Projeto Unidos pela Vacina (UPV), que reúne empresários e afins defensores da imunização, entregou ontem 266 caixas térmicas aos municípios do RN. No Estado, o UPV é coordenado pelo empresário Marcelo Alecrim, dos postos ALE.

* O Baraúnas e o Mossoró Esporte Clube não conseguiram acesso à elite do futebol potiguar. Os dois times não chegaram nem na final da série B. O Potyguar de Currais Novos foi o campeão e estará na Série A do ano que vem.

* A canção “Eva” é uma versão para uma música italiana de mesmo nome gravada em 1982 pelo cantor e compositor Umberto Tozzi. A primeira versão brasileira, uma tradução literal da letra original, foi da banda “Rádio Táxi” em 1983. A mais recente, de 2020, é da banda Fresno.

PEI E BUFO – 274ª edição.

0

* Na segunda, escrevemos aqui que o colunista Vicente Serejo havia lembrado do título de cidadania potiguar concedido a Wilson Witzel. O jornalista Carlos Santos nos alertou que essa comenda não existe. Errei por tabela. A nota já foi editada.

* O ministro Ricardo Lewandowski, do STF, decidiu que não cabe ao órgão obrigar o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) a pautar a sabatina de André Mendonça para a vaga de ministro do STF. É um assunto interna corporis, entendeu Lewandowski.

* O próprio presidente Bolsonaro fez questão de divulgar que foi barrado na Vila Belmiro por não ter se vacinado. Tudo de caso pensado. Melhor as pessoas falarem disso do que dos R$ 7,00 pelo litro de gasolina, da venda de osso bovino, da inflação nos dois dígitos etc.

* O juiz Gustavo Carvalho, da 21ª Vara do Trabalho de Brasília, proibiu o presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, de nomear, exonerar e afastar servidores da instituição, bem como de publicar posts nas redes sociais os atacando.

* O ex-presidente Lula da Silva voltou a falar em regulação da mídia, mas desta vez para dizer que isso não é assunto para presidente da República, e sim para o Congresso Nacional. Sobre sua prisão pela Lava-Jato, o ex-presidente disse que era assunto encerrado.

* Nas eleições do ano que vem, para concorrer às sobras eleitorais, o candidato precisará ter 20% do quociente eleitoral e seu partido 80%. As sobras são disputadas pelos candidatos que não alcançam o quociente eleitoral, maioria dos casos.

* O preço das passagens aéreas subiu 56,8% no acumulado dos últimos 12 meses, segundo o IBGE. A alta dos combustíveis e do dólar são a principal causa da majoração.

* Renato Meirelles, do Instituto Locomotiva, disse que os índices oficiais apontam uma inflação de 10,25% no acumulado dos últimos 12 meses, mas que a “sensação térmica” é bem maior. Metáfora perfeita, quem anda em supermercado nota que os aumentos foram bem maiores do que 10,25%.

* Alunos da escola Pequeno Polegar, em São José dos Pinhais (PR), estavam reproduzindo os jogos da série “Round 6”. O diretor logo tratou de comunicar o fato aos pais, aproveitando para dizer que o conteúdo da série em nada contribui para que as crianças sejam pessoas melhores.

* A banda “Alfredo & Os Caras” lançou ontem nas plataformas de streaming musical o disco “Acústico”. Entre as canções está “22 de Outubro”, uma composição de 2008 do hoje vereador Tony Fernandes.

PEI E BUFO – 273ª edição.

0

* Daqui a pouco, às 19h, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, será o entrevistado do programa Amarelas On Air, nos canais da Veja nas redes sociais. Ontem, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, foi entrevistado no Canal Livre da TV Band.

* A Veja da semana aborda a preocupante situação da inflação em nosso país, que já ultrapassa os 10% no acumulado dos 12 meses. Há o risco de sair do controle, o que seria um enorme retrocesso. Ninguém quer voltar a 1993, quando a inflação chegou a 2 477%.

* Quando o ex-presidente Lula da Silva assumiu o comando do país, em 2002, a inflação estava em 12,5%, maior do que agora. Ao final do seu primeiro mandato, em 2005, estava em 3%.

* Uma pesquisa encomendada pelo DEM, ainda antes da fusão, revelou que a pauta de costumes perdeu relevância no momento. Um dado mostra que 68% da população é contra a liberação da maconha para uso recreativo, mas apenas 18% acha que o tema deve ser prioridade.

* A Amazon continua fazendo suas “vítimas”, a mais recente foi a Livraria Cultura de Fortaleza, que cerrou suas portas na semana passada. É impossível concorrer com a gigante de Jeff Bezzos.

* O jornalista Vicente Serejo lembrou bem que o médico Roger Abdelmassih possui título de cidadão potiguar concedido pela Assembleia Legislativa. Tá na hora de revogar a comenda.

* No filme “Projeto Gemini” (2019), um atirador de elite é clonado e então precisa enfrentar a sua cópia. Um avanço considerável da tecnologia, que permite várias cenas de briga entre o original e o clone, interpretados pelo mesmo ator, Will Smith. No Telecine Play.

* No livro “Memórias”, Xuxa Meneghel relata que aos 17 anos, quando era modelo, foi contratada para fazer umas fotos nos EUA, mas quando chegou lá descobriu que não era isso, que ficaria num hotel e receberia a visita do então presidente Figueiredo. Ela alardeou e a visita acabou não ocorrendo.

* O idealizador e responsável até hoje pelo Rock in Rio, Roberto Medina, diz que há duas atrações que ele queria muito ver no evento, mas até hoje não conseguiu: Roberto Carlos e Lady Gaga. Disse que o Rei chega a se esconder dele nos lugares, de tanto que ele insiste.

* O Guns N’Roses lançou recentemente o single “High Skool”, composição que havia ficado de fora do disco “Chinese Democracy” (2008). Desde 2016 a banda voltou à sua formação original, com Slash na guitarra e Duff Mckagan no baixo, além de Axl Rose no vocal.

PEI E BUFO – 272ª edição.

0

* O Congresso Nacional aprovou emenda à Constituição que aumenta a percentagem do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A majoração será de 0,25% em 2022 e 2023, 0,5% em 2024 e 1% a partir de 2025.

* O deputado estadual Vivaldo Costa conclamou seus pares a concentrarem esforços para enfrentar o problema da seca que começa a afligir o homem campesino. Preocupação sazonal, assim como a seca.

* A ex-deputada Cristiane Brasil, filha do ex-deputado Roberto Jefferson, vinha atuando para que Bolsonaro não ingressasse no PTB, provocando assim seu processo de expulsão da sigla. Entre a filha e Bolsonaro, Bob Jefferson optou pelo presidente, apoiando a expulsão.

* O Ministério da Economia decidiu cortar 87% do orçamento para este ano previsto para ciência e tecnologia. Dos R$ 690 milhões previstos, deixará apenas R$ 89,9 milhões. Os R$ 600 mi irão para outros ministérios.

* O ministério mais agraciado com a redistribuição tratada na nota anterior será o do Desenvolvimento Regional, que receberá R$ 252 milhões. Em resumo, o governo tirou do setor de pesquisa para agradar ao Centrão com tratores etc.

* O União Brasil, partido criado com a junção do PSL e DEM, já começou a flertar com o ex-ministro Sérgio Moro. O também ex-ministro Mandetta, apontado como um dos presidenciáveis do novo partido, não se mostra como obstáculo a uma candidatura de Moro.

* Foi publicado edital de concurso para o cargo de procurador do Estado no Ceará. São oito vagas anunciadas, mais formação de cadastro de reserva. Mais informações e inscrições no site do Cebraspe.

* “O homem pode até destruir o paraíso, se for deixado à sua própria sorte, porque já destruiu todos os paraísos na Terra”. (Don Henley, cantor e compositor).

* A atriz Fernanda Montenegro (92) será a próxima imortal da Academia Brasileira de Letras (ABL). Em sinal de respeito, ninguém quis concorrer com ela à cadeira 17, cujo último ocupante foi Affonso Arinos de Mello Franco, falecido em março de 2020.

* Tem disco novo de banda gigante. O Iron Maiden apresentou ao mundo o seu novo trabalho, Senjutsu, um disco duplo com dez faixas, seis no disco 01 e quatro no disco 02. A segunda faixa, “Stratego”, foi a escolhida para ser a música de trabalho.

PEI E BUFO – 271ª edição.

0

* Li no blog Diário Político que o ex-vereador Petras Vinícius continua desempenhando várias ações sociais nos bairros periféricos de Mossoró, dando continuidade aos trabalhos que desempenhava quando tinha mandato eletivo. Louvável a iniciativa. Leia aqui a matéria.

* O deputado estadual Nélter Queiroz (MDB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa para reclamar do trabalho dos auditores fiscais do Estado no Seridó. Disse que os comerciantes estão sendo prejudicados. Ora, basta eles andarem na linha. Simples assim.

* O “União Brasil”, partido criado com a fusão do PSL com o DEM, pretende representar a direita não bolsonarista. A agremiação partidária nasce com 82 deputados, oito senadores e quatro governadores. A aposta dos líderes é que dele saia a tão falada terceira via.

* O deputado federal Eliezer Girão, que era do PSL, deverá migrar para um partido da base aliada de Jair Bolsonaro, ou até mesmo esperar a decisão do presidente para qual partido pretende ir, e então segui-lo.

* A revista IstoÉ dedicou duas páginas da sua última edição para discorrer sobre as ações eleitoreiras do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, no Rio Grande do Norte. A matéria cita Natal, Mossoró, Caraúbas e, claro, Monte das Gameleiras.

* O ministro Rogério Marinho tem se empenhado em distribuir tratores, dessalinizadores, cisternas e poços artesianos a prefeitos, a fim de ter o apoio deles no seu projeto de ser senador da República. Até agora já fez brilhar o olhar de uns 60.

* A Receita Federal divulgou ontem que 869 302 contribuintes caíram na malha fina em 2021, o que representa 2,4% do total de declarantes (36,8 milhões). A principal causa (41,4%) foi omissão de rendimentos. Quem está nessa situação ainda pode fazer uma declaração retificadora.

* Senador Styvenson Valentim (Podemos), a virgem do cabaré…

* A história sobre a mulher de Assu que ganhou na loteria após o ex-cangaceiro Jararaca lhe ditar os números num sonho, que comentei aqui na terça-feira, está no livro “Santos Feitos à Mão”, da professora Eliane Tânia Freitas, disponível gratuitamente na internet.

* A música “My My, Hey Hey (Out of the Blue)” (1979), de Neil Young, fala da natureza efêmera da fama. Ela passou a ser bastante conhecida após Kurt Cobain (Nirvana) citá-la em sua carta de despedida.