BOXEADOR ACUSADO DE ESTUPRO NAS OLIMPÍADAS É ABSOLVIDO

0
130

20170611_193924

Nas olimpíadas do Rio de Janeiro, no ano passado, o boxeador marroquino Hassan Saada foi acusado de estupro por duas camareiras da Vila Olímpica.

Em razão da acusação o atleta foi levado à delegacia, teve o passaporte recolhido e foi afastado da maior competição esportiva do mundo.

Na semana passada a Justiça Criminal do Rio de Janeiro deu o veredicto final: Hassan não estuprou ninguém.

Os depoimentos das camareiras eram repletos de contradições. Uma delas, inclusive, sumiu do mapa durante o transcorrer do processo.

Na versão do boxeador, ele apenas propôs uma saída a três. Não passou disso. Queria apenas um “ménage à trois”.

E agora, quem vai arcar com os inúmeros prejuízos causados ao atleta?

Eu sempre me policio quando se trata de estupro. É preciso prova robusta pra divulgar que alguém é estuprador, sobretudo por este ser um dos crimes mais repugnados pela sociedade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome