Racionalidades – 27ª edição.

0
43

FÁTIMA QUER GANHAR? – Apesar de todos os eventos favoráveis, a eleição da senadora Fátima Bezerra (PT) ao governo do Estado não está garantida. Seu adversário no segundo turno, o ex-prefeito de Natal (RN), Carlos Eduardo Alves (PDT), ganhou algum fôlego no segundo turno, inclusive com algumas pesquisas apontando empate técnico no limite da margem de erro entre ambos.

No primeiro turno, o povo do Rio Grande do Norte, assim como o brasileiro em geral, votou contra o sistema. No caso potiguar, o sistema é representado pelas oligarquias Alves, Maia e Rosado. Assim, o povo não quis eleger ou reeleger o senador Garibaldi Filho (MDB), o senador José Agripino (DEM), o deputado federal Beto Rosado (PP) e a deputada estadual Larissa Rosado (PSDB), por exemplo.

Parece que a candidata Fátima Bezerra (PT) não entendeu ou fez que não entendeu o recado. Sua propaganda partidária fala muito timidamente desse sistema de oligarquias, prefere focar nas críticas ao ex-governador Robinson Faria (PSD). Ora, o ex-governador é carta fora do baralho. Não entendo o motivo de trazê-lo rotineiramente ao ringue.

A candidata Fátima Bezerra tem a sua disposição um arsenal de denúncias em desfavor de Garibaldi Filho, José Agripino, Henrique Alves etc., mas prefere centrar suas críticas a Robinson Faria. É difícil compreender.

Ainda assim, acredito numa vitória dela. O povo, por si só, sabe que a eleição de Carlos Eduardo (PDT) representa o retorno dos caciques acima citados ao poder, isso através de nomeações para secretarias, estatais, indicações para cargos em outros poderes etc.

*

CARLOS EDUARDO PERDE DISCURSO – Desde o início da campanha eleitoral no segundo turno o candidato Carlos Eduardo (PDT) bate na tecla de que um possível governo de Fátima Bezerra (PT) encontraria muitas dificuldades se o presidente for Jair Bolsonaro (PSL). O candidato alerta que o Rio Grande do Norte seria desprezado pelo presidente Bolsonaro.

Primeiramente, trata-se de uma crítica direta ao provável futuro presidente. Ao externar esse receio, Carlos Eduardo reconhece que Bolsonaro é perseguidor. Que tipo de apoiador é esse?

Por fim, e o mais importante, Bolsonaro anunciou à imprensa, esta semana, que o governo federal não deixará de fazer parcerias com os governos administrados pelo PT. Na oportunidade citou o exemplo do Piauí, comandado pelo petista Wellington Dias, reeleito. “Não podemos prejudicar um povo (o do Piauí) porque o governador do estado não se alinha ideologicamente conosco. Vamos tratar todos os estados de forma republicana”, disse.

A frase acima desmonta o principal discurso de Carlos Eduardo.    

*

NÃO CONCORDA – “Lamento no estado e nos demais locais pelos que foram para o extremismo. A candidatura de Bolsonaro não combina em nada com o que o PDT defende e coloca em seus programas de governo. Eu, vereadora em terceiro mandato, não fui ouvida por nenhum dirigente para falar da minha posição em relação a essa aliança e não me sinto representada por essa definição. Causou estranheza Carlos Eduardo tenta se associar à onda que tomou conta do país, não dá para saber como o eleitorado reagiu”. (Júlia Arruda, vereadora natalense pelo PDT, filha de um dos fundadores do partido no estado, em matéria publicada na revista Carta Capital).

*

VOTAÇÃO – O eleitor que por qualquer motivo deixou de votar no primeiro turno poderá fazê-lo normalmente no segundo turno. Tem que lembrar, contudo, de se dirigir ao Cartório Eleitoral de sua zona em até sessenta dias após o dia da votação, a fim de justificar a ausência. O mesmo vale para quem votou no primeiro turno e não votar no segundo.

Os sessenta dias contam a partir da votação que o eleitor faltou, a do primeiro ou a do segundo turno.

*

DO POVO – Uma qualidade do prefeito de Governador Dix-sept Rosado, Antonio Bolota (PHS), é não se esconder da população. Ele costuma andar a pé e sem séquito pelas ruas da cidade, algo incomum quando se trata de prefeitos. O flagra acima foi feito por mim na última quarta-feira (24), por volta das 11h. O prefeito é esse com mochila nas costas.

*

DE DESCONFIAR – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) adiou, pela segunda vez, o julgamento do registro de candidatura de Kericlis Ribeiro (Kerinho), candidato a deputado federal, que foi indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN). Como houve recurso, sua votação ficou sub-judice, não sendo computada no cálculo final.

Caso o registro seja deferido pelo TSE, os 8.990 votos entram no cálculo, o que altera a lista de eleitos, saindo Fernando Mineiro (PT) e entrando Beto Rosado (PP).

Trata-se, teoricamente, de uma decisão simples. Como o requerente não apresentou os documentos obrigatórios, mesmo sendo intimado para tal, sua candidatura não pode ser registrada.

Curiosamente, o julgamento já foi adiado duas vezes, o que é atípico quando se trata de casos de fácil deslinde. Tais adiamentos geram muitas desconfianças. A mais forte tem a ver com a atuação de caciques potiguares nos bastidores, especialmente o senador José Agripino e o ex-deputado estadual Carlos Augusto, os quais teriam interesse no deferimento do registro, o que garantiria a permanência de Beto Rosado na Câmara dos Deputados.

Há algo estranho no ar.

*

PROTESTO – A garra do povo argentino não se resume ao futebol. As manifestações populares contra medidas do governo são bastante comuns no país. Esta semana muitos foram pra frente do congresso daquele país a fim de contestar pontos da lei orçamentária que está sendo votada.

O brasileiro não chega nem perto desse nível de politização. Como diz a música do Skank: “Nossa indignação é uma mosca sem asas, não ultrapassa a janela de nossas casas”.

*

CRUEL – Poucos sabem que os ovos que nos alimentam são produzidos mediante tratamento cruel dado às galinhas. Pra início de conversa, os pintinhos machos, por não terem serventia na indústria de ovos, são incinerados, asfixiados ou triturados vivos assim que nascem. Os que têm melhor sorte são tingidos e vendidos em feiras.

As fêmeas, chamadas de poedeiras, têm um terço do bico cortado e cauterizado (debicagem), isso para evitar que as aves se biquem e se machuquem durante as várias crises de estresse que terão ao longo de seus dois anos de vida, onde porão, em média, 720 ovos. Elas passam o tempo de vida num espaço tão curto que não conseguem nem mesmo abrir as asas.

*

PERSEGUIÇÃO À IMPRENSA – O candidato Jair Bolsonaro, na esteira do destampatório expressivo dos últimos dias, diz que a Folha de S. Paulo é fábrica de fake news. E que, eleito presidente, cortará as verbas publicitárias do jornal. Ora, a Folha é o jornal mais lido do país. E deve ser tratado como tal. Vingar-se do jornal sob a alegação de que está falseando os fatos não é decisão de bom senso. Pode se defender com direito de resposta. A Folha costuma respeitar esse direito. (Gaudêncio Torquato do Rego).

*

ELEIÇÃO PROTOCOLAR – O presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ-RN), desembargador Expedito Ferreira, convocou para a próxima quarta-feira, 31 de outubro, a data da eleição dos novos dirigentes do Poder Judiciário potiguar para o biênio 2019-2020. A votação irá ocorrer durante a sessão administrativa da Corte Estadual de Justiça. A sessão começa às 8h e os desembargadores irão escolher presidente, vice-presidente, corregedor geral de Justiça, diretor da Escola da Magistratura e ouvidor, entre outros cargos, para os dois anos subsequentes.

Trata-se de uma eleição sem disputa, como comumente ocorre em todos os tribunais do país. Na realidade há um rodízio entre os integrantes da corte. Obedecendo a esta regra, o próximo presidente será o desembargador João Rebouças, natural de Areia Branca (RN).

*

PALAS ATENA NO EVENTO DA SOMOS – Nos últimos dias 21, 22 e 23 o grupo educacional Somos promoveu um encontro com vários de seus parceiros no Hotel Villa Santo Agostinho, em Bragança Paulista (SP). O evento contou com uma série de palestras e oficinas voltadas para representantes de instituições de ensino em todo o país. O objetivo foi apresentar a estes profissionais o que há de novo no mundo pedagógico, a fim de eles implantarem os avanços em suas respectivas escolas.

A escola Palas Atena, localizada no Conjunto Vingt Rosado, em Mossoró (RN) foi uma das convidadas para o evento, tendo sido representada pelo casal que está a frente da instituição, Sueli Costa (diretora) e Alderi Leocádio (vice-diretor), além da coordenadora Maria Luziense.

A Palas Atena oferece educação infantil e ensino fundamental I e II. É um referencial de ensino de qualidade na zona leste da cidade.

*

MECA DOS SANDUÍCHES – No mês de dezembro será inaugurado em Mossoró um parque de food track. Serão 17 trailers com os mais variados tipos de sanduíches e hambúrgueres. Funcionará ao lado da farmácia ExtraFarma, unidade da Avenida João da Escóssia.

*

TIBAU – No último veraneio, a pousada e restaurante New Beach, na praia de Gado Bravo, foi o point mais visitado pelos veranistas. A organização era dos empresários Nil e Oscar do Cândidu’s. Em meados do ano, contudo, as atividades foram encerradas.

Os veranistas, contudo, não ficarão na mão. O point voltará a funcionar, mas com um novo nome e uma nova administração. O espaço será assumido pelos proprietários do restaurante Seu Marza, que até já escolheram um nome para o local: Vila do Mar.

Desde já desejo sucesso aos empreendedores.

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas para o número 99648-2588 (WhatsApp).

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome