ONTEM EU FIQUEI TRISTE, DESANIMADO

0
240

 

 

Via MSN, um amigo desalentado me enviou o link para um vídeo no Youtube produzido por alguns alunos da turma de Comunicação Social da UERN. A tristeza com o futuro do jornalismo motivou meu amigo a enviar o material.

Pelo que entendi, um dos professores do curso pediu aos alunos que criassem vídeos CRIATIVOS e os adicionassem no Youtube.

Assim, sete alunos se formaram em grupo e produziram isso.

Esbanjando criatividade, a turma produziu um vídeo tentando imitar o grupo Rebelde. Isso mesmo, eles produziram um vídeo tentando imitar o grupo Rebelde.

Como diz Otavinho: “É lamentável e é triste, mas é a pura realidade”.

São esses os alunos que criticam Paulo Henrique Amorim por este exercer o jornalismo sem formação profissional para tal?

No vídeo, os sete dançam ao som de Rebelde pelos quatro cantos da UERN. Uma das alunas, talvez a mais CRIATIVA, usa algo sob o vestido, na altura do umbigo. Ela se sente como Edison se sentiu ao inventar a lâmpada elétrica, tamanha sua originalidade e ideia.

Mudei completamente minha visão sobre o curso de Comunicação Social. Conheço muitos alunos bons e me baseava neles para sopesar o nível do curso, mas agora atesto, com pesar, que eles são exceção.

Resta saber que nota o professor deu para este esbanjamento de criatividade.

 

02 – 19 DE MARÇO – Se chover hoje, um bom inverno. É o que diz o homem campesino.

 

03- PÊSAMES – Faleceu ontem, de causas naturais, um dos moradores mais conhecidos do bairro Boa Vista. Seu Agildo Moura (foto), que tinha 61 anos, era muito ligado a igreja católica, sempre participando de todos os eventos por ela promovidos. Fica aqui nossa solidariedade à família enlutada.

 

04 – ELOGIO – Para não dizer que apenas critico os colunistas sociais, trago hoje duas notas bem interessantes escritas pelo colunista social d’0 Mossoroense que cobre Almino Afonso. Leiam:

 

FALANDO EM COTA – Continua a polêmica das cotas para negros e pobres em algumas universidades do País. Alguns defendem que somos todos iguais e que deveremos ter direitos iguais assim também nas universidades. Mas será que os direitos só devem ser iguais para entrar nas faculdades? E o restante da vida escolar dos negros e pobres não deve ser igual? A escola e as oportunidades para os negros e pobres aparecem na mesma proporção que surgem para os ricos e brancos? Qual a sua posição?

EM TEMPOS DE INFORMATIZAÇÃO – Os tempos são outros, não resta dúvida. Os aparelhos eletrônicos se tornaram o sonho de consumo de muitos. A problemática é tão notória que vemos famílias que deixam de comprar comida para possuir uma TV, uma parabólica e um DVD. As crianças estão em casa sem ter uma bola para brincar, sem ter direito a três refeições ao dia, mas os eletrônicos estão na sala de suas casas para distrair a fome. A falta de consciência ainda reina e a ausência cultural permanece.

 

O colunista trouxe dois assuntos bem interessantes, merecedores de intensos debates. Aproveitarei inclusive um deles para tratar no post de amanhã. Parabéns para o colunista, pena que notas assim, relevantes, são exceções no colunismo social feito por estas bandas.

 

05 – SADIA DOENTE – A Sadia enfrenta a maior crise de sua história. Segundo a grande imprensa, a única saída da empresa é vender seus ativos para a concorrente Perdigão. O governo federal acompanha a crise da Sadia de olhos arregalados, afinal, são 60 mil funcionários.

 

06 – AGILIZAR – A corregedoria do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte determinou a suspensão do expediente forense externo em todas as varas e comarcas do Estado, das 8 às 12h, até o dia 17-4. Nesse horário o TJ pretende identificar os processos a sentenciar. A meta do tribunal é julgar todos os processos distribuídos até 31 de dezembro de 2005.

 

07 – TIO COLORAU ENTERTAINMENT – Na próxima vez que for a locadora pegue o filme Bella ***** (2006), tenho certeza que você o incluirá na sua lista de melhores filmes. É uma película para te tocar. Mostra que com amor, paciência e tolerância as coisas podem chegar lá, e ter um final feliz! Filme muito bonito e inspirador. É uma lição de vida que muitos de nós precisamos aprender. Fazer o bem sem olhar a quem. Mostra que às vezes podemos estar lá em cima e de repente um acontecimento mudar tudo. Na película, um acontecimento na vida de um famoso jogador de futebol muda sua vida completamente, oportunidade em que sua vida cruza com a de uma garçonete que também passa por um momento delicado.

 

 

 Ouvindo HOW CAN YOU EXPECT TO BE TAKEN SERIOUSLY, com PET SHOP BOYS, encerro esse post.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome