JUÍZA DE APODI É CITADA EM MATÉRIA DA FOLHA

2
97

 O jornal Folha de S. Paulo de hoje traz uma extensa matéria sobre a morosidade da Justiça. Com base em dados do CNJ, a Folha traz que a Justiça de Rondônia, mesmo sendo a mais célere do país, tem um índice de atraso de 30%.

Num dos trechos da matéria, a Folha informa que pequenas práticas adotadas pelos juízes podem reduzir o tempo de tramitação de um processo. Como exemplo, cita as práticas adotadas pela juíza de Apodi, Adriana Santiago Bezerra.

Abaixo, o trecho onde consta o exemplo da juíza potiguar:

O caso de Adriana Santiago Bezerra exemplifica bem a questão. Ela é a única juíza criminal de Apodi (cidade do interior do Rio Grande do Norte) e acumula a Vara Criminal e os Juizado Especial Criminal.

“Aquela região prevê três juízes, mas é comum o juiz acumular três funções. Eu também desempenho funções administrativas e eleitorais”, diz.

Em 2008, a juíza resolveu reunir servidores, advogados e membro do Ministério Público para elaborar um levantamento sobre a gestão da Vara Criminal e do Juizado Especial.

“A primeira medida foi a gravação de audiências. Ao invés de tomar nota das declarações, tudo era realizado de forma gravada. Acabava o processo em praticamente uma audiência. Uma medida simples resultou em mais velocidade”, diz.

Ela também reduziu os atos processuais. Por exemplo, ao invés de expedir um mandado de citação (para o réu se defender) e um segundo mandado para que a pessoa fosse intimada a comparecer à audiência de instrução, fazia um ato apenas.

O número de audiências realizadas aumentou 173% (passou de 100 em 2008 para 173 em 2009), o de sessões do júri 320% (foram de 5 para 16 de júris realizados). O número de processos julgados subiu 167% (de 158 para 264). E os processos pendentes passaram de 222 em março de 2009 para 12 em dezembro do mesmo ano.

“Em uma comarca de médio porte como a minha, pequenas práticas conseguem reduzir o tempo do processo e reduzir a quantidade de atos praticados. O código de processo penal já estabelecia essas práticas, mas isso não era colocado em prática”, afirma Adriana.

Nota do Tio: Rondônia é o estado que melhor remunera seus servidores. Faz jus ao lema: servidor bem pago, servidor motivado. Quanto aos juízes, as remunerações são equivalentes.

2 Comentários

  1. O exemplo da magistrada Adriana Santiago Bezerra deveria ser seguido por alguns juízes aqui em Mossoró. Com certeza a tramitação dos processos seria bem mais célere. Exemplo como esse deve ser seguido.

  2. Caro Erasmo, louvada e repleta de elógios a atitude da Magistrada Dra. Adriana Santiago, que conseguiu rapidamente dar agilidade aos processos, contudo a contagem percentual apresentada se mostra totalmente equivocada, foi acrescentada a todos os itens indadivertidamente 100%.
    Veja a quantidade de audiência de 100 para 173, ou seja aumentou 73% e não 173%, os juris de 5 para 16, assim aumento 220% e não 320%, já o número de processos julgados aumentou 67% e não 167% (de 158 para 264).
    É necessário pois a correção, muito embora repita-se foi uma melhora significativa, e esperamos que em nossa cidade (fui informada que Dra. Adriana Santiago encontra-se atuando agora aqui em Mossoró), ela consiga repetir tamanha façanha.
    Aproveito ainda para informar que procurarei me integrar em 2010 ao COPÃO, pois estou precisando discutir assuntos aleatórios…

    Paulo Melo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome