PEI E BUFO – 338ª edição.

1
116

* I – Para burlar a proibição das coligações, políticos, em todo o país, estão combinando de se unirem numa única sigla e assim montar um chapão. Vencida a eleição, é só voltar para o partido de origem na próxima janela partidária, caso queira.

* II – De todo modo isso fortalece os partidos políticos, justamente o que pretendia o legislador ao proibir as coligações. Quanto às federações, elas exigem um nível de fidelidade o qual os políticos preferem evitar, por isso a dificuldade de montá-las.

* I – O senador Jean-Paul Prates (PT-RN) mostrou-se, nos últimos três anos e pouco, ser um excelente representante do estado no Congresso Nacional, talvez o melhor, mas sua reeleição seria muito difícil. Apesar de sua capacidade técnica, falta-lhe approach para a política.

* II – Caso ele permaneça no PT, sem mágoas, participando da campanha eleitoral, é bem provável que, numa eventual volta da sigla ao comando da nação, ele seja aproveitado em algum cargo do primeiro escalão na sua área. Capacidade técnica ele já mostrou ter.

* I – Na Bahia, o governador Rui Costa (PT) não irá mais renunciar ao mandato para concorrer ao cargo de senador, como era ventilado. Assim, o vice-governador João leão (PP), que estava lambendo a rapadura para assumir a cadeira, rompeu e vai caminhar com ACM Neto (União Brasil).

* II – Apesar do rompimento em nível estadual, o vice João Leão continuará apoiando a pré-candidatura do ex-presidente Lula (PT). Ora, até ACM Neto (União Brasil) já anda dizendo que não tem nada contra o petista.

* Em artigo na Folha de S. Paulo, o advogado e professor Thiago Amparo mostrou os cortes que o governo federal fez na área de proteção à infância e juventude. Segundo ele, há muita preocupação com as crianças da ficção, mas quase nenhuma com as crianças reais.

* Estamos nos aproximando do dia 31 de março, aniversário de 58 anos do golpe militar que instaurou uma ditadura em nosso país. O período sempre é de tensão, ante a existência de um presidente que se mostra entusiasta do período.

* Na gangorra do que faz mal e faz bem para a saúde, o óleo de coco mudou de posição. Cientistas vêm alertando que ele é prejudicial à saúde, sobretudo por aumentar o chamado colesterol ruim, vez que se trata de gordura altamente saturada. Matéria n’O Globo de hoje trata do assunto.

* Sempre que numa tela aparece a apresentação da música “I Don’t Want to Talk About it”, surge alguém pra dizer que se trata da filha de Rod Stewart. Na realidade, é a cantora escocesa Amy Belle, sem nenhum parentesco com o cantor. Outro detalhe, a canção é uma versão. Originalmente é da banda Crazy Horse.

1 comentário

  1. Viva o regime militar! Só incomodou os vagabundos e os canalhas! Nessa época sim, existia Ordem e Progresso! Hoje é uma putaria só! O regime militar só foi ruim pra cabra safado!!!
    O resto é argumento de vagabundo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome