BRASIL A CAMINHO DO “PARLAMENTARISMO”

4
109

Parece que o ex-presidente Lula da Silva irá mesmo compor o ministério da presidente Dilma Rousseff. Nem Lula e nem Dilma, cada um com suas razões, queria que tal situação ocorresse, mas diante dos últimos acontecimentos os dois concluíram que esta é a solução mais palusível para dar uma guinada na administração, e assim salvar o governo petista.

O ex-presidente Lula da Silva, na qualidade de ministro, trabalhará em cima de dois eixos principais: resgatar as ações sociais, meio esquecidas pela atual presidente; e sacudir a Economia, que se encontra em frangalhos.

Com seu carisma, aliado a estas medidas, ele poderá dar uma sobrevida ao governo, mantendo viva a estrela petista. Neste parlamentarismo branco, caberá à presidente Dilma Rousseff assumir o papel de chefe de Estado, tal e qual a rainha da Inglaterra.

Resta agora saber qual será a reação popular diante destas novidades que serão implementadas pelo governo petista, sobretudo o fato de transformar o presidencialismo em parlamentarismo branco.

4 Comentários

  1. Me permita discordar.

    O real objetivo da quadrilha da”Miss Pasadena”, é fazer, desesperadamente, com que o corrupto Mula Lá obtenha foro privilegiado, e consequentemente fugir das garras afiadas do juiz Sergio Moro.

    Trocando em miúdos, a quadrilha quer BLIN-DA-LO.

    Apenas os tolos e os que cagam rodando pensam diferente.

    O Mula Lá ministro, fará com que os PTralha$ deem outro grande tiro no pé. Se é que as perolas gatunas ainda tem pé para ser atingido.

    O mercado financeiro já reagiu a maracutaia. O Dólar subiu, a Bolsa caiu.

    ” FICA DILMA”.

  2. De presidente da republica, a moleque atrevido de periferia.

    “Manda a mulher do procurador vir prestar depoimento, a mãe dele. Por quê que vai minha mulher?”

    Lula, no depoimento prestado à Polícia Federal em 4 de março e divulgado nesta segunda-feira, justificando com duas frases a imediata prisão por desacato à autoridade.

    (Por Augusto nunes – jornalista de Veja, a revista mais odiada pelos PTralha$)

  3. Enquanto isso, Eduardo Cunha articula para aprovar o parlamentarismo ou o semi-presidencialismo. Já pensou que maravilha, todos os próximos presidentes serem eleitos pela câmara e, consequentemente, serem do PMDB?

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome