Racionalidades – 101° edição.

0
141

A ROSA E O ROSÁRIO – Em entrevista ao programa Enfoque Político, da Super TV, apresentado por Saulo Vale, o empresário e líder do PL em Mossoró, Jorge do Rosário, disse que não era descartada a possibilidade de ele ser vice na chapa encabeçada pela prefeita Rosalba Ciarlini (Progressistas). A declaração ganhou as manchetes.

Não vejo motivo para espanto, pois o empresário já disse que vem conversando com todos os grupos e que nenhuma carta está fora do baralho.

O que me chamou a atenção na entrevista foi o fato de o empresário ter dito que ainda não conversou com a prefeita e que não houve nem convite, por parte dela, para tal.

Ora, então o Rosário está se oferecendo para a Rosa. Foi o que pareceu.

*

COMPREENSIVO – Como as chances de Rosalba Ciarlini se reeleger são enormes, é normal que a vaga de vice seja tão almejada. Afinal, ser vice-prefeito – um cargo que nem deveria existir – é bastante cômodo. No caso de Mossoró, com o plus de poder ser prefeito, vez que Rosalba Ciarlini poderá se candidatar para uma vaga no Senado em 2022.

*

FALANDO NISSO – O colunista Vicente Serejo, da Tribuna do Norte, escreveu que o desentendimento da oposição em Mossoró se deve a um trabalho realizado pelo líder Carlos Augusto Rosado, o Ravengar, que utilizou sua experiência e métodos para dividir os oposicionistas, pondo uns contra os outros. Não duvido.

*

A PRÓPRIA PREFEITA – Algumas pessoas que se submeteram ao exame de Covid-19 patrocinado pela prefeitura, na última sexta-feira, e que testaram positivo, receberam o resultado diretamente da prefeita Rosalba Ciarlini, através de ligação telefônica.

Demonstrando preocupação, ela perguntava se a pessoa estava se sentindo bem.

*

PEC DA RENOVAÇÃO DO FUNDEB – Para quem vê na educação o futuro desse Florão da América, a PEC aprovada na última terça-feira pela Câmara dos Deputados nos enche de esperança e alegria.

O texto aprovado prevê maiores investimentos onde mais precisa, que é na educação básica em municípios de pequeno porte.

Pelas regras atuais, as despesas com os primeiros anos escolares das crianças ficam a cargo dos municípios, que, no geral, não possuem condições de arcar com os custos. Pelas novas regras haverá mais investimentos da União no setor.

*

MAS SERÁ APLICADO? – Como a corrupção é uma constante no nosso meio político-administrativo, já apareceram muitos para dizer que o valor não será aplicado, que prefeitos acharão uma forma de desviá-lo. Bem, cabe aos órgãos de fiscalização, como Ministério Público e Tribunal de Contas, investigar; bem como ao cidadão comum, que tem acesso a todas as informações através dos sites oficiais.

*

NÃO BOTO FÉ – Alguém pode ter achado estranho eu não ter colocado as câmaras municipais na lista de órgãos de fiscalização. De fato, uma das funções do Legislativo é fiscalizar o Executivo, mas raramente isso ocorre nos municípios. No geral, o prefeito ou prefeita forma maioria na Câmara e então os vereadores passam a seguir caninamente as orientações das chefias do Executivo.

*

APESAR DE TUDO – Mesmo assim a aprovação da PEC da Renovação do Fundeb na Câmara dos Deputados é motivo de comemoração. A matéria segue agora para o Senado Federal.

Depois de tanto tempo, voltei a ter esperança no Brasil.

*

PEC DA PREVIDÊNCIA ESTADUAL – Oposição e situação reconhecem a necessidade de se reformar a previdência estadual, cujo débito mensal beira os R$ 140 milhões. As divergências residem em faixas salariais, classes, taxas etc., como frisei semana passada.

A oposição ao governo, contudo, quer que a votação seja após o retorno das sessões presenciais, para que os deputados fiquem cara a cara com os representantes de classes. Jornalistas que fazem oposição ao governo opinam nesta mesma toada.

Ocorre que estamos em meio a uma pandemia. Não acho que seja prudente aglomerar nas galerias da Assembleia Legislativa já em agosto, muito pelo contrário.

Assim, o único jeito é votar de forma remota, cabendo aos representantes de classes encontrarem uma forma de pressionar os deputados que não o “cara a cara”.

*

MELHOR OU PIOR – Quanto ao fato de a reforma da previdência estadual ser melhor ou pior do que a aprovada no âmbito federal, depende. Para algumas classes será melhor; para outras, pior. O deputado Kelps Lima (SDD) defende que será pior; já o deputado Vivaldo Costa (PSD) defende que será melhor, por exemplo.

Vale frisar, contudo, que a votação ainda não foi concluída; e vale lembrar que o governo federal, à época, queria uma reforma bem mais severa. As águas ainda correm.

*

CARTEIRADA – Sobre o episódio envolvendo o desembargador paulista Eduardo Siqueira, que chamou um guarda-civil de analfabeto em Santos (SP), entre outros impropérios, remeto a um outro ocorrido na França, após a Segunda Guerra.

Conta a história que o motorista que levava o general Charles de Gaulle, responsável por liderar a resistência ao nazismo na França, estacionou em local proibido. Um guarda se aproximou, bateu continência para o general, mas alertou que iria multá-lo. De Gaulle perfilou-se, devolveu a continência, e respondeu: “Cumpra o seu dever, soldado”.

 Sem mais.

*

LEILÃO – Logo mais às 10h o TRT-RN promoverá leilão de bens penhorados em Natal, Mossoró, Caicó e Currais Novos. São muitos móveis e imóveis. A realização é da Lance Certo Leilões.

*

AOS VIVOS – Quero aqui agradecer ao jornalista Carlos Santos pelo convite para participar da live “Aos Vivos”, que vai ao ar todas às segundas-feiras, 21h, no seu movimentado Instagram (@blogcarlossantos). No meu caso, participei, junto com a blogueira Christianne Alves, na edição do dia 13 de julho.

O bate-papo pode ser encontrado no canal de Carlos Santos no YouTube (link). Aproveite e se inscreva. 

O “Aos Vivos” foi uma das boas ideias surgida nesta pandemia.

*

O ENIGMA – Por falar em Carlos Santos, ele costuma usar a frase “Decifra-me ou te devoro” nas suas postagens. Sabe sua origem? Então vamos lá:

*

MITOLOGIA GREGA – Quando os visitantes chegavam a Tebas, a Esfinge perguntava: “Que animal tem quatro patas de manhã, duas ao meio-dia e três à noite?”. Logo em seguida dizia: “Decifra-me ou te devoro”. E pegue devorar gente.

O enigma foi decifrado pelo visitante Édipo, que por isso se tornou o rei daquela cidade-estado, quando então se apaixonou por Jocasta, num romance que descobriria ser proibido, mas aí já é outra história.

*

A RESPOSTA – O animal é o homem, que no início da vida engatinha, no meio da vida anda ereto e quando idoso necessita de uma bengala.

*

DOCE REMÉDIO – Até o Século XIV o açúcar era vendido como um fármaco, não como alimento. Era indicado para problemas digestivos e do sistema nervoso. Até hoje costumam correr com um copo de água com açúcar quando alguém está muito nervoso.

*

RITA GUIMARÃES – Num baile de carnaval nos anos 30, o jovem Ulysses Guimarães passou a noite cortejando a bela Chesa, filha de imigrantes italianos. Ela estava quase cedendo aos encantos quando avistou um jovem muito bem apessoado, de nome Charles, filho de norte-americanos.

Ao final, Chesa terminou a noite de braços dados com Charles, e dali namoraram sério, noivaram, casaram e tiveram filhos, entre estes Rita Lee, cantora e compositora.

A cantora comenta: “Difícil me imaginar uma Rita Guimarães, filha de Ulysses, deputada do PMDB, defensora dos frascos e comprimidos, praticamente uma Neusinha Brizola coxinha”.

Tudo está no livro Rita Lee, uma Autobiografia.

*

SEM DRAMA – Noutra parte ela faz uma revelação de um fato de seu passado em tom não convencional. O que muitas revelariam com cores dramáticas e traumatizantes, ela o faz de forma até bem-humorada.

Conta que, quando criança, a mãe recebeu em sua casa um homem desconhecido para consertar a máquina de costura Singer. Lá pelas tantas a mãe se ausentou e ela ficou sozinha com ele no cômodo. Ao voltar, a mãe se deparou com uma cena muito forte: a filha estava com um cabo de chave de fenda enfiado na vagina, que sangrava. O homem havia sumido.

A cantora diz no livro que este episódio, pessoalmente, não lhe causou nenhum trauma, mas que dali em diante ele marcaria sua vida, pois sua mãe atribuía a ele todo seu comportamento atípico. Pra dona Chesa, a porra-louquice da cantora advinha do lamentável fato.

*

TIO COLORAU PICTURES – O filme Todos Já Sabem gira em torno de um sequestro, mas passa longe de ser do gênero policial ou ação. Após o crime, que ocorre numa festa de casamento, vários segredos da família passam a ser descobertos, exatamente por todos estarem presentes para a celebração.

A película reúne grandes atores latinos, como Penélope Cruz, Javier Bardem, Ricardo Darín e Jaime Lorente (O Denver de La Casa de Papel).

Apesar de não ter polícia em confronto com sequestradores, o filme não deixa de ser um suspense. Afinal, quem sequestrou e por quê? Eu diria que é um drama com suspense no meio. Recomendo. Está no Prime Vídeo.

*

PEI E BUFO

* E aí, o queijo muçarela já baixou de preço? Já posso chegar perto da seção de laticínios?

* Por falar em preços, impressionante como o da pitaya difere de um supermercado pro outro, vai de R$ 8,90 a R$ 24,90 o kg.

* Não ocorre crase em palavras repetidas, como “frente a frente”, “cara a cara”, “passo a passo”…

* O romance “2020”, do mossoroense David de Medeiros Leite, vem recebendo efusivos elogios de quem o leu.

* Em junho foram comercializados 3.432.710 pneus no Brasil.

* Em 2019, a Cosern investiu R$ 325,6 milhões em expansão da rede elétrica e renovação de ativos.

* O ouro é o segundo metal mais valioso do mundo.

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas para o número 99648-2588 (WhatsApp).