Racionalidades – 103ª edição.

0
100

ELEITORADO – O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) divulgou o novo número de eleitores aptos a votar em todo o estado. Em Mossoró, houve uma alteração miúda, de 174.189 em 2018 para 175.932 este ano.

Nas últimas eleições municipais tínhamos 167.120 eleitores aptos, ou seja, um aumento de aproximadamente oito mil eleitores entre uma eleição municipal e outra.

A se manter a média, só teremos segundo turno em Mossoró nas eleições de 2032 ou 2036.

O Rio Grande do Norte possui 2,4 milhões de eleitores.

*

BOLSONARO NO RN – O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, confirmou que o presidente Jair Bolsonaro cumprirá agenda no Rio Grande do Norte no próximo dia 21 de agosto. Ele participará da entrega de 20 mil títulos de propriedade no Vale do Açu e também visitará as obras da Reta Tabajara.

Ainda não foi informado se o presidente comerá uma buchada de bode, gesto típico de políticos que visitam o Nordeste.

*

RITMO DE TARTARUGA – O ITEP de Mossoró só faz quarenta Registros Gerais de Identidade (RGs) por semana, incluindo primeiras e segundas vias. Como a demanda é alta, o cidadão está esperando mais de 30 dias para ser atendido. A solicitação deve ser feita pelo telefone 99487-5100, e o atendimento só é feito às segundas e quartas, das 08h às 12h.

Não dá pra entender tamanha limitação.

*

SANTO DO PAU OCO – A Justiça Eleitoral de São Paulo, através do juiz Marco Antonio Vargas, determinou o bloqueio de R$ 11,3 milhões das contas do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB). Há fundados indícios de que Alckmin recebeu, da Odebrecht, R$ 2 milhões em espécie na campanha ao governo de São Paulo em 2010 e R$ 9,3 milhões quando disputou a reeleição. Os pagamentos não foram contabilizados nas prestações de contas, sugerindo assim caixa 02.

*

MORAL – Em audiência pública havida na comissão mista temporária da reforma tributária, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que nem o presidente Jair Bolsonaro pode interditar o debate sobre a nova CPMF.

*

LINHA BRANCA – Segundo Guedes, no mesmo evento, o próximo passo do governo será enviar um projeto que elimina o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) da chamada linha branca (fogão, geladeira, máquina de lavar…) e cria um imposto seletivo sobre produtos prejudiciais à saúde, como bebidas alcoólicas e cigarros.

*

LIVROS – Desde a Constituição Federal de 1946 os livros são isentos de alguns tributos, regra que foi mantida na Constituição Federal de 1988 e que vale até hoje, mas que corre riscos ante a proposta de reforma tributária apresentada pelo governo federal. O novo texto abre brecha para que os livros também recebam uma alíquota de 12%, o que caberia por encarecê-los. Num país onde a leitura já não é prioridade, um aumento no valor dos livros representará um grande retrocesso. Espero que algum parlamentar apresente uma emenda para que os livros continuem isentos desses 12% de imposto.

*

VACINA – Em audiência na Câmara dos Deputados, o secretário nacional de Vigilância em Saúde, Arnaldo Correa, disse que o Brasil pretende comprar a primeira vacina que chegar ao mercado, independentemente do país de origem.

O posicionamento não bate com o do presidente da República, o qual já afirmou ser contra a vacina produzida na China. No último dia 30, em live, Bolsonaro falou: “O governo está no consórcio de Oxford, e não daquele outro país”, referindo-se, indiretamente, à China.

Cá de minha parte, eu cedo o braço direito para vacina britânica, o braço esquerdo para a vacina chinesa, o centro para a vacina russa e por aí vai. Quero é ficar imune.

*

INVESTIMENTO – O empresário Luciano Hang, dono da rede Havan, esteve em Natal no meio da semana, onde posou para fotos no local onde instalará uma unidade de sua loja, na BR-101, Zona Sul, onde funcionou uma concessionária da Mercedes-Benz.

Não é prudente se animar muito. No ano passado o empresário esteve em João Pessoa (PB) fazendo anúncio semelhante, mas até hoje a loja não saiu da promessa.

*

TRANSPARÊNCIA – A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovou por unanimidade um projeto de lei que confere transparência total aos contratos realizados pelo estado em razão da pandemia do novo coronavírus. Segundo o projeto, de autoria do deputado Coronel Azevedo (PSC), todas as despesas deverão ser disponibilizadas de forma clara no site oficial do governo, com link exclusivo para tal fim.

A matéria já está com a governadora.

*

FALANDO NISSO – A Assembleia Legislativa decidiu retirar de pauta a PEC da Reforma da Previdência. Sem a pressão da data-limite, o projeto poderá ser melhor discutido com os deputados e as classes representativas de servidores.

Além do mais, chegou-se a um consenso de que é necessário ver as alterações que serão impostas com a reforma tributária. Tais mudanças devem pesar na hora de fazer as contas para a reforma previdenciária.

*

DECISÃO – Numa partida sem emoções, Corinthians x Palmeiras ficaram no 0 x 0 na primeira partida da final do Campeonato Paulista. A última e decisiva partida será amanhã (sábado), às 16h30, no Allianz Parque, sem vantagem. Novo empate leva a disputa para os pênaltis.

*

TURISMO – Segundo a Associação Brasileira  da Indústria de Hotéis do Rio Grande do Norte (ABIH-RN), praticamente 100% dos hotéis em Pipa (Tibau do Sul), São Miguel do Gostoso e Maxaranguape já reabriram as portas.

O setor está empolgado com a reprise, pela TV Globo, da novela Flor do Caribe, que foi ambientada no litoral do Rio Grande do Norte. Será uma publicidade diária, de quase quarenta minutos, em horário nobre, o que tende a impulsionar o turismo no estado.

*

FESTA DO BOI – A Associação Norte-Riograndense de Criadores (Anorc) anunciou o cancelamento da edição 2020 da tradicional Festa do Boi, evento que anualmente acontece no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim, e que no ano passado reuniu 300 mil pessoas.

O presidente da associação, Marcelo Passos, comentou sobre o cancelamento à Tribuna do Norte: “A justificativa é extremamente fácil de explicar: não temos controle da pandemia ainda”.

Realmente, simples assim.

*

OURO DE SÍLVIO SANTOS – Você provavelmente se recorda que o apresentador Sílvio Santos distribuía prêmios em tijolos de ouro, os quais, no seu dizer: “valiam mais do que dinheiro”.

O motivo não era bem esse.

Pela legislação pátria, apenas a Caixa Econômica Federal, através de suas loterias, pode oferecer prêmios em dinheiro. Assim, o prêmio em ouro era uma forma de burlar a regra.

A operação era meio complicada, envolvendo procuração, declaração de posse de bens, carimbos de cartórios etc., tudo para que o ouro se transformasse em dinheiro no final.   

*

HIGHLANDER – Após 103 dias internado com Covid-19, o paciente José Nelson Ferreira (56) enfim recebeu alta. Ele chegou a passar 60 dias intubado no Hospital Municipal Dr. Newton Azevedo, na Via Costeira. O senhor Nelson era sempre citado como exemplo de resistência. Com a alta, ele passará o Dia dos Pais em casa, na companhia da família.

*

PEI E BUFO

* A parda de receita no setor de turismo é estimada em R$ 300 milhões até agora, com projeção de R$ 450 milhões até o final do ano.

* Foram registrados 90 casos de estupro no Rio Grande do Norte entre março e maio deste ano. Aumento de 80% em relação ao mesmo período do ano passado, onde foram feitos 50 registros.

* De cada R$ 1,00 investido no Bolsa Família, R$ 1,80 retorna para a economia. Programa desta natureza não é gasto, é investimento.

* Thomas Mann, autor do clássico A Montanha Mágica, Nobel de Literatura em 1929, é filho da brasileira Júlia da Silva Bruhns.

* A Barragem de Oiticica está com 83% de suas obras concluídas. Expectativa de que até o final do ano essa percentagem chegue a 90%.

*

SUGESTÕES/CRÍTICAS – Esta coluna é atualizada às sextas-feiras, sempre às 04h59. Sugestões e críticas podem ser enviadas para o número 99648-2588 (WhatsApp).