PEI E BUFO – 62ª edição.

0
106

* Em Mossoró, a soberba de alguns apoiadores de Rosalba Ciarlini (PP) contribuiu para o insucesso dela nas urnas. Pessoas que ficaram nas redes sociais esnobando, chamando para apostar casas, carros e vultosas quantias de dinheiro. Não pegou bem.

* Dos 175.932 eleitores aptos a votar em Mossoró, 145.751 compareceram aos locais de votação, abstenção de 17,2%, superior a de 2016, que foi de 13,59%, mas não tão grande. Os idosos foram votar, ao contrário do que se pensava.

*Os votos em branco e os nulos foram menores em 2020 quando comparados a 2016. Em números percentuais, os brancos caíram de 2,06% para 2% e os nulos, de 6,54% para 3,33%.

* O DEM, em maior parte, e o PT, saem da campanha mais fracos do que entraram. O partido de José Agripino não conseguiu nem manter as duas cadeiras que tinha na Câmara Municipal, o que lamento, especialmente por causa de Petras Vinícius, um bom parlamentar.

* O grande vitorioso, óbvio, foi Allyson Bezerra (SD), que passou de mero desconhecido, até dois anos, para prefeito eleito de Mossoró. Tem grupo que há décadas tenta conquistar a prefeitura e nunca conseguiu, aí vem Allyson, lá do Chafariz, e brá.

* A partir de 01º de janeiro, alguns órgãos de imprensa voltarão a enxergar com lupa os erros da administração municipal. Aliás, o futuro prefeito enfrentará uma oposição muito forte, impiedosa até.

* Em Governador Dix-sept Rosado, o rompimento do atual prefeito com seu vice lhe custou a reeleição. Bolota (MDB) perdeu para Arthur Vale (DEM) por 457 votos. Aísa Martins (Republicanos), candidata do grupo político do vice, teve 564 votos.

* Os futuros prefeitos e vereadores do Rio Grande do Norte terão um desafio e tanto pela frente. No estado, 1,3 milhão de pessoas vivem abaixo da linha de pobreza, com menos de R$ 436 por pessoa.

* 8,2 mil agentes de segurança do Estado trabalharam no dia das eleições. Foram R$ 2,5 milhões em diárias operacionais.

* O MDB foi o partido que mais elegeu vereadores no Rio Grande do Norte, 320. Na sequência vem o PSDB (248), PL (183), PSD (142) e DEM (125). No Brasil também deu MDB, com 7.305, seguido do PP (6.315), PSD (5.653) e PSDB (4.317).

* Ontem, o sistema de apuração dos votos falhou, causando inquietação em todo o Brasil. O problema não macula a segurança das urnas eletrônicas. Foi apenas uma falha técnica envolvendo logística.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome