PEI E BUFO – 64ª edição.

0
111

* Antes mesmo de tomarem posse, os prefeitos eleitos já possuem obrigações junto ao Tribunal de Contas do Estado. Eles têm até o dia 27 de novembro para enviar aos atuais prefeitos os nomes dos integrantes da equipe de transição, inclusive apontando o coordenador.

* Quando o prefeito eleito informar o nome do coordenador da equipe de transição, este já receberá do Tribunal de Contas a chave online para ter acesso ao Portal do Gestor, com informações contábeis e financeiras do município.

* Dos 23 vereadores eleitos, 12 entraram diretamente pelo quociente partidário. São eles: Isaac da Casca, Carmem Júlia, Zé Peixeiro, Cb. Tony, Larissa Rosado, Ricardo de Dodoca, Naldo Feitosa, Pablo Aires, Lucas das Malhas, Lawrence, Marleide Cunha e Gideon Ismaias.

* No último domingo, 137.979 eleitores votaram em algum candidato a vereador ou então na legenda, mas para fins de quociente partidário o TSE considerou válidos 135.345 votos. Excluiu da contagem os votos dos que concorreram sub judice.

* No dia 01º de janeiro, a primeira sessão da nova legislatura será presidida pelo vereador Raério Cabeção (PSD), o mais velho dos eleitos, com 57 anos. Da lista, o mais novo é Lucas das Malhas (MDB), com 23 anos. A média de idade dos novos vereadores é de 41,2 anos.

* Sobre assunto tratado aqui ontem, o professor Robério Paulino (PSOL) optará pela vaga na Câmara Municipal de Natal. Assim, a vaga do deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL) será ocupada pelo segundo suplente, o professor Luis Carlos, natural de Apodi (RN).

* O turismo no Brasil deixou de faturar R$ 41,6 bilhões entre março e setembro deste ano, queda de 44% em relação ao mesmo período do ano passado. A estimativa é da FecomércioSP.

* O Comitê Científico de Natal, que analisa a pandemia do coronavírus, decidiu ontem que irá intensificar as fiscalizações em bares, restaurantes e na orla marítima. Pois é, só foi terminar a campanha… Bem que disseram.

* “Acenda uma vela, em vez de amaldiçoar a escuridão”. (provérbio chinês).

* Ao menos 25 transexuais ou travestis foram eleitos no último domingo, além de muitos representantes de minorias. O eleitor também optou por candidatos menos radicais. Foras as eleições do diálogo e das causas identitárias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome